Esqueceu a senha?

50 razões pelas quais Maomé não era um Profeta

por Enviado por email - sex nov 18, 12:13 am

Maome-ultimo profeta

Por que o mundo inteiro deveria rejeitar Maomé como profeta? Aqui estão 50 razões, organizadas por categoria.

PROBLEMAS ESPIRITUAIS DE MAOMÉ

Quando Maomé começou a receber revelações, sua primeira impressão dessas revelações foi que eram demoníacas.

Maomé estava tão traumatizado por seu encontro com “Gabriel” que repetidamente tentou se lançar de um penhasco para suicidar-se.

De acordo com fontes muçulmanas, Maomé uma vez deu uma revelação do diabo (os “Versos Satânicos”).

Maomé afirmou que ele foi vítima de um feitiço mágico que lhe deu pensamentos delirantes e falsas crenças.

PROBLEMAS DE MAOMÉ COM O PAGANISMO E IDOLATRIA

O Islã promove a idolatria (por exemplo, se curvar para a Kaaba e beijar a pedra negra).

O Islã promove rituais pagãos (por exemplo, a peregrinação a Meca).

O Islã deifica Maomé, exigindo obediência incondicional a ele e exigindo que os muçulmanos conversem com ele durante suas orações diárias.

PROBLEMAS DE MAOMÉ COM A VIOLÊNCIA

Depois de deixar Meca, Maomé sustentou sua religião roubando pessoas.

Maomé ordenou que seus seguidores torturassem um homem chamado Kinana para descobrir onde algum dinheiro estava escondido. Maomé então matou Kinana, e tomou sua esposa para si.

Maomé ordenou seus seguidores a matar os críticos do Islã.

Maomé ordenou que seus seguidores matassem os apóstatas, mesmo que estes tivessem boas razões para deixar o Islã.

O Alcorão ordena aos muçulmanos subjugar violentamente judeus e cristãos.

PROBLEMAS CIENTÍFICOS DE MAOMÉ

O Alcorão afirma que as estrelas são mísseis que Alá usa para atirar em demônios.

O Alcorão afirma que o sol se põe em uma poça de água turva.

Os ensinamentos de Maomé sobre higiene pessoal levariam à morte se os muçulmanos os levassem a sério.

Maomé alegou que Gabriel lhe explicou por que as crianças parecem com um dos pais. A resposta de Gabriel é completamente falsa.

PROBLEMAS EVIDENCIAIS DE MAOMÉ

Quando Maomé estava muito tímido para dizer aos seus convidados do jantar para irem embora, Allah entrou em cena com uma revelação especial que deve fazer todos se perguntarem se as revelações de Maomé realmente tem algo a ver com Deus.

O Alcorão declara que os cristãos vêem Maomé mencionado em nossas escrituras. No entanto, nossas escrituras chamam Maomé de anticristo.

No Alcorão, Allah promete matar Maomé cortando sua aorta se Maomé inventasse uma falsa revelação. Quando Maomé morreu, ele disse que podia sentir sua aorta sendo cortada.

O Alcorão contém uma profecia que não foi cumprida.

O Alcorão apresenta um teste para a inspiração divina, mas falha no teste.

O argumento central para a inspiração do Alcorão é o “Argumento da Excelência Literária”, que é um absurdo em múltiplos níveis.

O autor do Alcorão não sabe que Miriã, a irmã de Aarão e Moisés, é uma pessoa diferente de Maria, a mãe de Jesus (porque seus nomes são os mesmos em árabe).

O Alcorão afirma que Alexandre, o Grande e Esopo, eram muçulmanos devotos.

Allah promete proteger o Alcorão da corrupção, mas o Alcorão foi corrompido (segundo os padrões muçulmanos).

Os Muçulmanos acreditam que o Alcorão é a Palavra eterna de Allah. No entanto, Allah muda repetidamente sua mente eterna sobre sua Palavra eterna por meio da ab-rogação.

No Alcorão está faltando pelo menos dois versos em que Allah ordena as mulheres adultas a amamentarem homens crescidos a fim impedir a má conduta sexual.

O Alcorão contém inúmeras histórias falsas que foram plagiadas de outras fontes.

PROBLEMAS DE MAOMÉ COM AS MULHERES

Maomé permitiu que seus seguidores contratassem prostitutas.

O Alcorão permite que homens muçulmanos tenham até quatro esposas de cada vez. Mas Maomé recebeu uma revelação especial dando-lhe (e só a ele) o direito de quebrar o limite de quatro mulheres.

Maomé teve relações sexuais com uma menina pré-púbere de nove anos chamada Aisha.

O Alcorão permite que homens muçulmanos batam em suas esposas para exigir submissão.

O Islã permite que homens muçulmanos violem suas mulheres cativas e escravas.

Maomé casou com a esposa divorciada de seu próprio filho adotivo (depois que o próprio Maomé causou o divórcio), e o Alcorão oferece uma defesa absurda dessas ações de Maomé.

Quando a esposa de Maomé, chamada Sauda, ficou gorda e pouco atraente, Maomé pretendeu divorciar-se dela. Sauda teve que renunciar a alguns de seus direitos conjugais para evitar ser abandonada.

Depois que Maomé foi pego tendo relações sexuais com sua escrava no leito de uma de suas esposas, ele jurou que iria parar de ter relações sexuais com sua escrava. Allah ordenou que ele quebrasse esse juramento.

Maomé afirmou que as mulheres são menos inteligentes e menos morais do que os homens.

Quando as esposas de Maomé perguntaram por que ele estava dando privilégios especiais a Aisha, ele justificou suas ações dizendo que ele recebeu revelações usando o vestido de Aisha!

PROBLEMAS TEOLÓGICOS DE MAOMÉ

De acordo com o Alcorão, Allah não tem amor pelos incrédulos.

De acordo com o Alcorão, Allah é o “melhor dos enganadores”.

Segundo Maomé, Deus quer que as pessoas pequem, e ele nos ameaça com a aniquilação se recusarmos pecar.

Visto que Deus nos destruiria por não pecar, o verdadeiro salvador da humanidade, segundo o Islã, é Satanás, que tenta os seres humanos ao pecado e, portanto, nos protege de sermos destruídos.

Maomé não sabia se ele iria para o céu ou para o inferno quando morresse.

O Islã ensina que Deus  punirá judeus e cristãos no inferno pelos pecados dos muçulmanos.

Maomé promete a seus seguidores um paraíso no qual Allah os abençoará com ereções eternas para que eles possam deflorar continuamente suas virgens.

PROBLEMAS DE MAOMÉ COM O CRISTIANISMO

O Islã afirma a inspiração, preservação e autoridade das escrituras judaicas e cristãs, mas o Islã contradiz essas escrituras em um nível básico.

O Islã reivindica respeitar e honrar Jesus, mas retrata-o como um completo fracasso.

Os muçulmanos acreditam que o Evangelho foi corrompido. Mas, de acordo com o Islã, parte do Evangelho foi corrompido pelo próprio Alá.

O Islã inverte o Evangelho ao fazer com que o Judas culpado morra em favor do inocente Jesus, em vez de o inocente Jesus morrer em favor dos pecadores.

O cristianismo é confirmado pela ressurreição de Jesus dos mortos. Uma vez que o Islã contradiz o Cristianismo, e não tem nenhuma confirmação comparável de Deus, devemos rejeitar o Islã.

http://www.answeringmuslims.com/search/label/50%20Reasons%20Muhammad%20Is%20Not%20a%20Prophet


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

2 Comentários

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Muito top esse artigo !!!

  2. A paz do Senhor!
    Que doutrina demoníaca e completamente carnal existe neste livro sagrado dos muslins, o Alcorão! Estes homens estão presos pelos seus desejos sexuais, literalmente escravizados! Quanta diferença se compararmos com a Bíblia Sagrada! Eu amo a Palavra de Deus, a Bíblia Sagrada!

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement