Esqueceu a senha?

A Assembleia de Deus, a Lei e o Sábado – Parte 1

por Prof. Paulo Cristiano da Silva - qui dez 31, 4:40 pm

A Assembleia de Deus, a Lei e o Sábado – Parte 1

Mais um exemplo de desonestidade intelectual

Introdução

Esta é uma série de pequenos textos que tem por objetivo responder às falsas conclusões constantes no primeiro capítulo do livro “O despertar de um mandamento”, intitulado: “A Assembléia de Deus, a lei e o sábado”  de autoria dos adventistas Natan F. Silva, Gilberto G. Theiss e Azenilton G. Brito.[1]

Este primeiro capítulo trata sobre o pretenso crédito dispensado por teólogos assembleianos a respeito da lei dos dez mandamentos e o sábado. O capítulo isolado do restante do livro foi espalhado pela internet no formato de artigo e encontra-se atualmente publicado em diversos sites adventistas, em alguns deles, inclusive, com complementos de obras assembleianas que não constam no original do livro[2].

O Livro

O livro é de publicação própria, possui 150 páginas e um formato modesto. O texto em si, não traz nenhuma novidade, são os mesmos argumentos surrados, usados diuturnamente pelos apologistas adventistas. A primeira parte do livro é destinada a apresentar várias citações de autoridades religiosas de diversas denominações sobre a lei e o sábado, cada parte ou capítulo estampa o nome da denominação seguido pela expressão a lei e o sábado, tais como, “Os presbiterianos a lei e o sábado”, “Os batistas a lei e o sábado”, os católicos, os metodistas e assim por diante. Há partes destinadas especialmente a citações de Spurgeon e Billy Grahan sobre o tema. Foi acrescentada uma série de testemunhos de igrejas e pastores que estão abraçando a causa sabática, uma análise de Balchiochi sobre o argumento do pastor batista Harold Camping no tocante ao descanso dominical e por fim a obsessão quanto ao domingo ser a marca da besta com um pequeno “tira dúvidas” segundo a visão adventista. É um livro de apologética adventista popular que pode ser encontrada facilmente em qualquer website pela internet, mas que, no entanto, mereceu minha atenção pela leviandade e desonestidade para com os fatos.

Entretanto, não se trata de uma resposta geral ao livro, para quem preferir uma resposta geral sobre a lei e o sábado sugiro acessar o site www.cacp.org.br, link adventismo, http://www.cacp.org.br/category/seitas/adventismo/ .[3]  Meu foco e esforços se concentrarão na refutação da primeira parte do livro que aborda citações de teólogos de minha denominação – a Assembleia de Deus, mas que pode, por dedução, ser estendido às outras denominações ali elencadas.

Uma Pesquisa Despretensiosa e uma Surpresa

Dias atrás estava realizando pesquisas na internet relacionadas à minha denominação, a “Assembléia de Deus”, quando deparei com um site de domínio adventista. O link acessado direcionava para um artigo que chamou minha atenção pelo teor capcioso estampado no título: “A Assembleia de Deus, a Lei e o sábado”[4]. Assim que comecei a leitura não precisou mais que alguns parágrafos para perceber o que estava acontecendo: era mais uma tentativa desesperada dos adventistas para justificar a guarda do sábado mediante citações de terceiros. Era o famoso “apelo à autoridade”, só que desta vez, com a grei assembleiana. O artigo foi montado mediante um amontoado de frases pinçadas fora do contexto e violentamente arrancadas do pensamento mais amplo de seus autores para dar credibilidade aos argumentos do articulista. Além disso, a fraude possui outro agravante já que muitas dessas citações foram extraídas de renomadas autoridades da teologia assembleiana que se encontram in memoriam, portanto, impedidas de desmascarar o embuste por expor oralmente seu real pensamento.

Mas, mesmo lidando com o obstáculo de não termos mais os autores aqui conosco, não é difícil desmascarar a farsa adventista. Na verdade, é bem fácil: basta recorrermos ao contexto de onde estas citações foram extraídas e em seguida compará-las com o pensamento geral da liderança da denominação sobre o assunto e depois deixar que os leitores submetam ao bom senso e a lógica o seu julgamento sobre o resultado final da nossa refutação.

Nosso objetivo, portanto, é desmascarar o artigo, “A Assembleia de Deus, a Lei e o Sábado”, corrigindo o verdadeiro pensamento da maior denominação pentecostal do Brasil sobre o tema que, longe de apoiar o ponto de vista sabatista, antes, o condena.

Confesso que nem foi preciso cavar tão fundo, logo de cara, na superfície mesmo, já deparamos com a primeira discrepância: a autoria do artigo. No site adventista o artigo leva a autoria de Azenilto G. Brito[5], mas este mesmo texto aparece em um livro escrito por três adventistas (incluindo o Sr. Azenilto) intitulado, “O despertar de um mandamento”. No entanto, no livro impresso, a autoria de Azenilto simplesmente desaparece dando lugar a de Natan F. Silva.

Surge então a incógnita: quem é o pai da criança, digo, do artigo afinal? Quem plagiou quem? Houve transferência de crédito num acordo de cavalheiros? Ou, quem sabe, foi erro de revisão? Bem, seja como for, isso não é problema meu! No frigir dos ovos o que interessa é simplesmente mostrar a confusão em que essa gente está enfiada, pois, se não conseguem decidir a autoria de um artigo deles mesmos, como pretendem convencer seus leitores de que são confiáveis quando citam escritores dos quais nem ao menos conhecem, e, pior, discordam de sua doutrina?

[1] O despertar de um mandamento.

[2] Como, por exemplo, neste site https://sites.google.com/site/iasdonline/home/adicional/iead01.

[3] Também há bons artigos sobre a lei no seguinte site: http://adventismonamiradaverdade.blogspot.com.br/2012/11/os-dez-mandamentos.html

[4]  https://setimodia.wordpress.com/2012/05/15/as-principais-religioes-e-o-sabado/

[5] https://setimodia.wordpress.com/2012/05/15/as-principais-religioes-e-o-sabado/

Leia as demais matérias sobre o tema:

A Assembleia de Deus, a Lei e o sábado Parte 2

 

 


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

20 Comentários

Comentários fechados neste artigo.
Comentários 1 - 20 de 20Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. isso é o que eu chamo de uma tentativa pífia dos cultistas do “grande deus infernalis “sabadón”
    vulgo “adventismo 7ª” em tentar assediar os protestantes com essa heresia. se se guardar “sábado” fosse importante, sério, valoroso, S.Paulo nunca teria escrito Colossenses 2:16-17 

  2. O próprio Jesus quebrantava o sábado, em João 5, Jesus cura um paralítico e manda ele pra casa carregando a cama, coisa que não era permitido pela lei. Graças a Deus, que estamos livre do aio, como fala o apóstolo Paulo, vivemos o tempo da graça. Coitados desses hereges!

  3. Muito obrigado, presbítero Paulo Cristiano; pelo seu esmero no estudo da palavra e combate ás seitas e heresias. Rogo as bênçãos de Deus sobre a sua vida.

  4. O apóstolo Paulo disse que a lei foi dada por Moisés;  e a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo.  João 1:16-17

  5. como asim Jesus quebrou o sabado marcelo? Vc errou feio filho sobre isso, se Jesus transqgrediu o sabado ele nao pode ser salvador, a Palavra da verdade é bem clara, Jesus suportou os nosso pecado com a sua obediencia, nao com sua desobediencia, e te garanto firmimente, meu Jesus é diferente

    1. mais um adventista dizendo que “Jesus não pode ser salvador” por causa de dózinho do “sabadón”.
      Ei fulano, em nenhum lugar do N.T temos nada explicito ensinando ou texto exortando acerca de guardar sabado. isso é mentira da EGW, voces a julgam melhor que Cristo e os apostolos.

  6. Sr. Jcp, exatamente: colossenses diz para não julgar.
    Ou seja: se eu acho a Lei importante, está gravada no meu coração, não é da sua conta.
    Prestarás conta depois por julgar a Lei infernal.

    1. sr. renan, o sr. diz “eu acho a Lei importante”, deveras é, porém o Verbo se fez Carne, a Palavra de Deus encarnou entre nós, não precisamos do decalogo porque Jesus ratificou-o menos o sabado. 
      leia atentamente “colossences” e não tenha medo do escrever 2:16-17.

    2. o sr. diz “eu acho a lei importante” o seu “achometro” está descalibrado. e as heresias que vocês pregam postulando a partir de EGW é da minha conta sim, pois vocês prejudicam as pessoas com esse culto a “sabadón”.  estou rolando de rir deste seu “prestarás conta depois”. ah ah.

    3. meu filho jcp
      que te falou que Jesus confirmou toda a Lei menos o sábado?
      de onde tirou isso?
      nem um j nem um til será tirado da Lei
      não foi o que Jesus disse?

    4. Sr. Ferreira, o sr. jcp/pastor cacp só lê as partes que interessam a ele, com a interpretação que lhe interessa.
      Além, é claro, de usar as famosas frases de efeito denegridoras, como dizer que os outros expelem coisas.

  7. não precisam do decálogo?
    então, com base me que os protestantes fundamentam seus preceitos de definição de idolatria?
    agora entendo porque arrancaram sete livros da Bíblia

    1. Ferreira dom jan 03 at 1:05 am “meu filho jcp”

      ei “r.dias” silvana, o seu estilo te denuncia. agora é adventista ? você é um antro de iniquidade.

    2. “r.dias silvana” mal começou o ano e continua resoluto em ser mentiroso e dissoluto. não tem vergonha nessa cara. 

  8. o que está em discussão aqui são suas contradições heréticas falso pastor jcp
    e ainda mutila a Bíblia falando o que não deve
    Jesus disse: nem tilç nem jota será tirado da lei
    como vc  que Jesus ratificou tudo menos sábado?
    vc não sabe ler nem interpretar

    1. você acertou em chamar me de “falso pastor jcp” porque deveras não sou pastor. 

      certo “r.dias-silvana”?

  9. não sr
    antro de iniquidade é seu espírito de falar no nome de Jesus e usar sua boca para falar sandices e palavrões
    vcs fundamentalistas mentirosos sujos soberbos condenam a modernidade mas se utilizam dela para seus propósitos espúrios
    leia karen armstrong e se veja lá

    1. shut up “r.dias-silvana”

  10. Infelizmente há pessoas que usam de má fé, usando de artifícios como esse dos adventistas para tentar apoiar suas “ideias”. Lamentável.

  11. Sei que há adventistas sérios e respeito a religião deles. Porém, a atitude dos que se valeram desse artifício citando autores e frases sem ética é horrível.

Comentários 1 - 20 de 20Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement