Esqueceu a senha?

A Bíblia e o Alcorão não são iguais

por Enviado por email - ter set 04, 9:29 am

Muitas pessoas de forma equivocada afirmam que a Bíblia e o Alcorão são iguais e que o Deus revelado na Bíblia é o mesmo Alá apresentado no Alcorão.

Não precisa de uma observação aprofundada para se perceber o abismo que difere o conteúdo de um do outro. A diferença do que inspirou ambos se percebe em seus preceitos e no caráter de Deus é de Alá apresentados respectivamente, ao serem folheadas ​ suas páginas.

Dentre tantos exemplos que existem, segue a observação de Paul Copan teólogo cristão e filósofo, que se dedica a estudar o assunto:

“Um amigo mulçumano Abdul, uma vez expressou suas dificuldades em aceitar Deus tornando- se ser humano e morrendo na cruz. ” É uma tamanha humilhação!”, exclamou. Para o mulçumano, Deus é absolutamente transcendente e distanciado de nós. No entanto, Filipenses 2 maravilhosamente exibe as profundezas em que Deus está disposto a ir para a nossa salvação: Deus, o Filho se humilha ( Esvazia) a si mesmo, tornando-se um escravo ( doulos) que morre totalmente nu, para que todos possam ver- a grande vergonha e humilhação ( vv 6-8). A crucificação de Jesus é uma imagem de humildade e grandeza. A humilhação de Deus passa a ser a sua própria marca distintiva e Seu momento de glória! … O Evangelho de João se refere a Jesus sendo” levantado” na cruz ( 12.32; cf. 3.14-15;8:28).Isto é literal e figurativo. Ser levantado é tanto um ato físico de ser levantado em uma cruz como referência figurativa de exaltação e honra a Deus, incluindo o ato de atrair as nações para a salvação ( Jo 12.32). É precisamente no momento em que sofre sua morte humilhante que Cristo é ” glorificado” ( Jo 12.23-24; 13.31-32). (COPAN, 2011, p.33).

Por Fabiana Ribeiro


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement