Esqueceu a senha?

A bíblia ensina o Universalismo?

por Norman Geisler - sex jul 04, 12:01 am

cruz_28-300x220

COLOSSENSES 1.20 – Esse versículo ensina que todos serão salvos (universalismo)?

PROBLEMA: O apóstolo Paulo escreveu aos colossenses: “porque aprouve a Deus que,… havendo feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele [Cristo], reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus” (Cl 1.19-20). Se Paulo diz que todas as coisas são reconciliadas com Cristo, mediante a sua morte e ressurreição, isso parece implicar que todas as pessoas serão salvas. Mas outros textos das Escrituras declaram que muitos se perderão (por exemplo, Mt 7:13-14; 25:41; Ap 20:11-15).

SOLUÇÃO: Antes de tudo, Paulo não está falando acerca da salvação universal, mas apenas da soberania universal de Jesus Cristo. Em outras palavras, toda autoridade foi dada a Jesus Cristo no céu e na ter-(Mt 28:18). Em virtude de sua morte e ressurreição, Cristo, como o Ultimo Adão, é Senhor sobre tudo o que foi perdido pelo Primeiro Adão (cf. 1 Co 15:45-49).

Note o contraste entre essas duas passagens cruciais de Paulo:

 

EFÉSIOS / COLOSSENSES

FILIPENSES

Todos que estão em Cristo

Todos que se dobrarão diante de Cristo

Todos

Todos

no céu

no céu

na terra

na terra

debaixo da terra

Todos os que são salvos

Todos os que lhe estão sujeitos

 

Quando Paulo fala dos que estão “em Cristo” (i.e., dos que são salvos), não inclui “os que estão debaixo da terra” (i.e., os perdidos). Entretanto, todas as pessoas, salvas e não salvas, um dia se dobrarão diante de Cristo e reconhecerão o seu senhorio universal. Mas em parte alguma das Escrituras há o ensino de que todas as pessoas serão salvas (Não por falta de vontade de Deus – I Tm 2.4 – mas pela recusa dos seres humanos). A muitos Jesus dirá: “Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” (Mt 25:41).

João disse que o diabo, a besta e o falso profeta, e todos aqueles cujos nomes não estão escritos no Livro da Vida serão lançados no lago de fogo para sempre (Ap 20:10-15). Lucas fala do grande e intransponível abismo existente entre o céu e o lugar, chamado inferno, em que os que rejeitaram a Deus vivem em tormentos (Lc 16:19-31). Paulo fala a respeito da punição dos ímpios como sendo “eterna destruição, banidos da face do Senhor” (2 Ts 1:7-9). Jesus declarou que Judas estava perdido, e chamou-o de “filho da perdição” (Jo 17:12). É evidente, por todas essas passagens, que nem todos serão salvos.

Extraído do livro MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e “Contradições” da Bíblia. Norman Geisler – Thomas Howe


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement