Esqueceu a senha?

“A estrutura da Petrobras era do PT”

por Artigo compilado - qua dez 16, 5:03 pm

À PF, Bumlai diz que “estrutura da Petrobras era do PT”

Lula
Foto apreendida na casa de José Carlos Bumlai mostra o pecuarista ao lado de Lula(Polícia Federal/Divulgação)

O empresário e pecuarista José Carlos Bumlai decidiu contar ao menos parte do que sabe no depoimento que prestou à Polícia Federal na segunda-feira. Além de ter confessado que repassou os 12 milhões de reais emprestados do banco Schahin para o PT, o amigo do ex-presidente Lula reforçou que o partido exercia forte influência sobre a cúpula da Petrobras. “Que o interrogando [Bumlai] sabia que a estrutura da Petrobras era do Partido dos Trabalhadores”, diz a transcrição do depoimento concedido à PF. A afirmação chamou a atenção do delegado, que conduzia o interrogatório, e ele foi indagado a se explicar melhor sobre a frase. Bumlai, então, respondeu que “sabia que o partido indicava grande parte dos nomes para a ocupação de cargos essenciais”. Depois, o empresário complementou que também “havia indicação por parte de outros partidos da base governista”. Com base em depoimento de delatores, a PF trabalha com as versões de que o PT foi o responsável pela indicação na diretoria de Serviços, enquanto o PP e o PMDB ficavam com a de Abastecimento e Internacional, respectivamente.

No depoimento, Bumlai afirmou que aceitou tomar o empréstimo “por constrangimento” e porque “não queria se indispor com representantes do PT”. Por fim, disse acreditar que “foi usado como um testa de ferro” na transação. A PF suspeita que, em troca do empréstimo ao PT, o grupo Schahin ganhou um contrato de operação do navio-sonda 10.000, da Petrobras. Preso na 24ª fase da Lava Jato, Bumlai foi denunciado pelos crimes de lavagem de dinheiro, gestão fraudulenta, corrupção ativa e passiva. O juiz Sergio Moro aceitou a denúncia nesta terça-feira, tornando-o réu.

(Eduardo Gonçalves, de São Paulo) do site da Revista Veja em 16/12/2015


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement