Esqueceu a senha?

A Igreja de Tiatira

por Pr. João Flávio Martinez - ter set 11, 12:32 pm

TIATIRA: Significa “Sacrifício de Perfume”, isto é, repleta de muitos sacrifícios. Representa a Igreja dos anos 500 a 1517 d.C., mas também se expressa hoje. Todas as Igrejas do Livro de Apocalipse estão em eminência de alguma forma. Se não é integralmente, é pelo menos parcialmente. As boas e as más características das sete Igrejas existem hoje e precisamos detectá-las para não cometermos os mesmos erros e praticarmos o que foi louvado por Jesus.

OS OLHOS E PÉS DO SENHOR 

“Ao anjo da igreja em Tiatira escreve: Isto diz o Filho de Deus, que tem os olhos como chama de fogo, e os pés semelhantes a latão reluzente”. (Ap 2.18)

As palavras do Senhor tornam-se cada vez mais fortes. O Senhor diz que Ele é o que tem “olhos como chama de fogo”. Nada pode ocultar-se dos seus olhos. Ele é a luz; Ele é a iluminação. Ao mesmo tempo Ele diz que tem “pés semelhantes ao bronze polido”. Na Bíblia, bronze significa julgamento (interpretação teológica). O que os olhos vêem, os pés julgam. Aleluia por isso!!!

A IGREJA CATÓLICA ROMANA

Todos os estudiosos da Bíblia concordam que a Igreja de Tiatira representa a Igreja Católica, mas queremos deixar bem claro que temos “Igrejas Evangélicas” que apresentam o mesmo quadro aqui descrito pelo Senhor. A idolatria, prostituição, doutrinas erradas e heréticas que somados a tantos pequenos detalhes de infrações constitui uma Igreja estilo Tiatira.

MUITA OBRA E SERVIÇO

“Conheço as tuas obras, e o teu amor, e a tua fé, e o teu serviço, e a tua perseverança, e sei que as tuas últimas obras são mais numerosas que as primeiras”. (Ap 2.19)

O Senhor reconheceu realidades boas dentro dessa Igreja, muito trabalho, amor pelos pobres, demonstrações de fé, obras assistenciais de grande tamanho, só que: Mas tenho contra ti que toleras a mulher Jezabel, que se diz profetisa; ela ensina e seduz os meus servos a se prostituírem e a comerem das coisas sacrificadas a ídolos. (Ap 2.20) Não basta esta Igreja ter as qualidades especificadas acima, tem que haver temor do Senhor, respeito pela sua Palavra, santificação dos seus membros, ensinamento de renuncia pelo mundo, busca do Reino dos céus, unidade do corpo de Cristo. Vemos hoje a Igreja Católica e algumas denominações evangélicas, fazendo o que está no vrs 20, mas ao mesmo tempo ensinam os seus membros a se prostituírem com Jezabel. A Igreja Católica cada dia mais se volta à idolatria: pau, pedra, gesso, ferro fundido e tantos outros abascantos e imagens de esculturas. Leiamos: “Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam” (Êx 20.4)

“Mas o nosso Deus está nos céus; ele faz tudo o que lhe apraz. Os ídolos deles são prata e ouro, obra das mãos do homem. Têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem; têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram; têm mãos, mas não apalpam; têm pés, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta. Semelhantes a eles sejam os que fazem, e todos os que neles confiam”. (Sl 115)

Será que vemos isso nas Igrejas Evangélicas?

Vejamos: “Exterminai, pois, as vossas inclinações carnais; a prostituição, a impureza, a paixão, a vil concupiscência, e a avareza, que é idolatria”. (Cl 3.5) É duro admitir, mas muitas de nossas Igrejas não têm imagens de esculturas, mas são mais idolatras que os próprios católicos. A pregação da Palavra de Deus gira só ao redor do dinheiro e do que se deve fazer para ganhá-lo. Fala-se mais de uma hora em dinheiro, e louvor só alguns minutos, palavras de salvação quase não se escuta, mensagem de santificação o povo quase nunca ouve. Enchem-se as Igrejas de gente avarenta que só pensam nos seus umbigos e nada mais. Será que não estamos andando com Jezabel? Será que o centro das atenções em nossas Igrejas não é andar e praticar as obras dessa mulher? Pensemos nisso e vivamos mais atentamente ao que o Senhor quer de nós.

POR QUE AMAMOS NOSSO PAI?

Quando visitamos nossos pais, independe se eles moram em mansões ou em casebres, se são pobres ou ricos, pretos ou brancos, a motivação é o amor que sentimos por eles. Simplesmente nós os amamos incondicionalmente. Dando eles alguma coisa ou até pedindo algo, nós os amamos.

Hoje, nas Igrejas, as pessoas estão amando a Deus pelo que Ele é ou pelo que Ele pode dar? Já ouvi crentes e líderes dizendo: “Se Deus não me abençoar eu não O sirvo mais”; “Se eu não receber a prosperidade não vou mais à Igreja”. Quando ouço essas coisas percebo o quanto somos avarentos e por conseqüência idolatras. Deveríamos amar a Deus não pelo que Ele pode nos dar, mas pelo o que Ele significa para nós.

Leiamos:

“Ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto nas vides; ainda que falhe o produto da oliveira, e os campos não produzam mantimento; ainda que o rebanho seja exterminado da malhada e nos currais não haja gado. todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus da minha salvação. O Senhor Deus é minha força, ele fará os meus pés como os da corça, e me fará andar sobre os meus lugares altos”. (Hb 3.17-19)

“Buscai antes o seu reino, e estas coisas(benções financeiras) vos serão acrescentadas”. (Lc 12.31)

Esse tem que ser o sentimento cristão, independente de tudo, Jesus Cristo sempre deverá ser glorificado em nossas vidas pelo que Ele é. Ele é nosso salvador, auxiliador, Amigo e Deus forte, Ele é tudo para nós independentes das lutas, das circunstâncias e dos problemas. ELE É NOSSO PAI CELESTE!

REALIDADES BOAS NÃO BASTAM

O Senhor reconhece boas realidades dentro desta Igreja (Ap 2.19). Temos que saber que mesmo dentro da Igreja Católica e dessas “Igrejas Evangélicas” existem pessoas que têm as qualidades descrita no vrs 19. São pessoas que conhecem o Senhor e acham esperanças para, quem sabe, tentar mudar o sistema maligno dessas Igrejas. Talvez você que esteja lendo este estudo seja uma dessas pessoas. Quero que o meu amado leitor saiba que infelizmente é impossível derrubar esse sistema. Não ficar numa Igreja dessas é o melhor que se faz. Ainda que pareçam estar dispostos a mudar é perigoso, pois você poderá estar fazendo negócio com o diabo. Veja o exemplo dos carismáticos católicos, Eles oram como os evangélicos – de acordo com a Bíblia, buscam a Deus e cantam louvores espirituais, mas no meio dessa pseudoespiritualidade introduz-se a idolatria, a mariolatria, ceia de maneira errada e muitos outros erros heréticos que sorrateiramente envenenam o verdadeiro cristianismo, por isso FUJA DISSO.

“Mas tenho contra ti que toleras a mulher Jezabel, que se diz profetisa; ela ensina e seduz os meus servos a se prostituírem e a comerem das coisas sacrificadas a ídolos”. (Ap 2.20)

As doutrinas falsas sempre têm assolado a Igreja através dos séculos. Doutrinas que não são totalmente falsas, mas adulteradas. Essas são ainda piores, pois somente a visão e discernimento do Espírito podem dirigir os fiéis na separação entre o “trigo” e “joio”. O diabo é pior quando vem como anjo de luz (II Co 11.14) e ministro de justiça, do que como lobo devorador. No primeiro caso ele vem todo inofensivo (aí é que mora o perigo), mas no segundo ele vem rugindo, o que facilita a sua detecção.

Jezabel é o terceiro elemento pernicioso citados nessas cartas às sete Igrejas. Primeiro, foram os nicolaítas (Ap 2.6); depois Balaão (Ap 2.14), e por último Jezabel. Por isso fiquemos de olhos abertos para ver o próximo ser pernicioso, que provavelmente, está por ai.

É interessante notarmos que os hereges têm suas vidas amaldiçoadas ( Ap 2.21, 22 e 23). Deus ama até esses tais e dá um tempo para que haja arrependimento, mas persistindo o erro, Deus executa o juízo contra eles.

AS PROFUNDEZAS DE SATANÁS

“ Digo-vos, porém, a vós os demais que estão em Tiatira, a todos quantos não têm esta doutrina, e não conhecem as chamadas profundezas de Satanás, que outra carga vos não porei” (Ap 2.24)

Quando falamos do diabo devemos sempre ficar com o que está revelado na Palavra e nunca irmos além do que está escrito (ICo 4.6). Ouvi um caso de certa pregadora, que querendo saber mais sobre o diabo resolveu interrogá-lo. Ela descobriu coisas notáveis e, lamentavelmente, temas malignos e heréticos. Essa “cidadã” tem pregado pelo Brasil todas as suas “revelações” adquiridas com interrogatórios a demônios.

Vejamos se tais “revelações” podem ser levadas em consideração, leiamos:

“Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira”. (Jo 8.44)

A Bíblia é clara e não deixa dúvida, o diabo só fala mentiras, como vamos crer nele? Não podemos aceitar nada que saia das bocas dos demônios, temos que fazer como o Senhor Jesus; e expulsou muitos demônios; mas não permitia que os demônios falassem, porque o conheciam. (Mc 1.34)

Meu querido irmão se preocupe em aprender mais de Deus e da Sua Palavra e assim não terá demônio que lhe resistirá. Fique sempre com a Bíblia e o que está revelado nela (Dt 29.29) e oremos por esses que querendo saber mais sobre o inimigo tornaram-se seus pregadores.

RETENDO O QUE O SENHOR NOS DEU

“O que tendes, rende-o até que eu venha”(Ap 2.25).

O que nós cristãos temos de mais valioso nesse mundo? É claro que é a VIDA ETERNA. O Senhor está nos alertando para “RETER”, sim temos que proteger o que Deus nos deu. O diabo enganou Adão e vai querer enganar você também. O ladrão está por ai, por isso “GUARDE’’ a tua alma, ela é preciosa.

JESUS: A RESPLANDECENTE ESTRELA DA MANHÃ

“Ao que vencer, e ao que guardar as minhas obras até o fim, eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com vara de ferro as regerá, quebrando-as do modo como são quebrados os vasos do oleiro, assim como eu recebi autoridade de meu Pai; também lhe darei a estrela da manhã”(Ap.2.26-28).

A compreensão da estrela da manhã vai ajuntar-se ao simbolismo do Apocalipse. Na representação da estrela matutina esta o significado que o apocalipse propõe.

Neste caso o caminho para a compreensão é este: Tem início no versículo 26 até o 29, verifiquemos o que o texto nos diz:

“Ao que vencer, e ao que guardar as minhas obras até o fim, eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com vara de ferro as regerá, quebrando-as do modo como são quebrados os vasos do oleiro, assim como eu recebi autoridade de meu Pai; também lhe darei a estrela da manhã. Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito dia às igrejas.” (Apocalipse 2,26-29) Bíblia Almeida.

A autoridade sobre as nações citada no versículo 26 se ajunta ao simbolismo da Estrela da manhã. O cristão, o que segue os ensinamentos de Jesus vai ser glorificado com ele. E como a estrela da manhã a brilhar soberana nos céus será a presença e ação do cristão no seu mundo, será vitoriosa, pois está força e presença vem de Jesus Cristo.

“Esta autoridade eu recebi do um Pai. E ao que vencer, eu darei a estrela da manhã. E assim como a estrela da manhã anuncia o despertar do sol e do novo dia, assim ao vencedor eu darei um despertar de nova vida, para todo o sempre no céu” (Ap 2.28 parafraseado).

Que nesse estudo sua vida possa ter sido ricamente abençoada pela Palavra de Deus.

Bibliografia:

Biblia Anotada, ed. Mundo Cristão;

Livros da EETAD;

Site http://www.abiblia.org/ver.php?id=8820

Anotações do autor.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

2 Comentários

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. A paz do Sr. pastor! É um prazer e satisfação poder aprender com os seus estudos, pois eu estou começando meu ministério de professor da EBD e tem me ajudado muito, que o SR. Jesus continua te iluminando.

  2. Paz do Senhor pastor, este estudo me ajudou muito em entendimento sobre este igreja de Tiatira, Deus abençoe pela publicação.

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário