- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

A igreja que Jesus construiu

igrejas777

Durante o seu ministério público, o nosso Senhor anunciou a sua intenção de construir (edificar) a sua igreja (Mateus 16:15-18). Certamente, ele não pretendia construir uma estrutura tipo catedral (um prédio de “igreja”); ele planejava chamar os pecadores por meio do evangelho para experimentar a salvação pela sua graça (2 Tessalonicenses 2:13-14; Efésios 1:6). Todos aqueles que respondessem ao convite divino seriam “chamados”, ou seja, chamados para sair do mundo. De fato, a palavra grega traduzida como “igreja” no Novo Testamento significa exatamente isto – um grupo de pessoas que foram chamadas para sair.

Este aspecto do plano de redenção de Deus foi colocado em ação no primeiro dia de Pentecostes depois da morte e ressurreição do Senhor. Os apóstolos pregaram a mensagem da salvação, e as pessoas responderam, sendo batizadas em Cristo para o perdão de seus pecados (Atos 2:22-47). Todos que responderam de maneira semelhante nos dias seguintes tornaram-se parte deste grupo de pessoas “chamadas”, conhecido como a igreja.

Há uma indicação clara no Novo Testamento de que Jesus nunca pretendia a situação religiosa atual. Deve ser muito triste para aquele que orou que todos os seus discípulos gozassem da mesma união que ele e seu Pai (João 17:20-23) testemunhar a confusão que existe hoje em dia. É evidente que o Senhor pretendia que a mensagem de salvação não fosse mudada (Gálatas 1:6-9). Obviamente, ele pretendia que os seus discípulos posteriores louvassem da mesma maneira que os primeiros membros da igreja louvavam (veja, por exemplo, 1 Coríntios 11:23-34).

“Mas o mundo de hoje é diferente”. Está certo que vestimos de maneira diferente do que as pessoas do primeiro século no Oriente Médio e que temos tecnologia avançada, mas a natureza do homem não mudou, nem a sua necessidade pela salvação. Será que nos tornamos sofisticados demais para o tipo de religião que Deus prescreve? Durante os séculos que têm passado desde o estabelecimento da igreja do Senhor, os homens têm deixado a tradição alterar e acrescentar àquilo que é ensinado no evangelho de Cristo. Quem está disposto a amputar tal crescimento cancerígeno e voltar ao cristianismo do Novo Testamento?

Temos o ensinamento dos apóstolos e profetas inspirados no Novo Testamento. Podemos descrever a organização, missão e louvor da igreja primitiva quando lemos as Escrituras. Não só é possível voltar ao ensino e à prática simples de igreja primitiva, como é absolutamente necessário (2 João 9)!

por Allen Dvorak do site estudosdabiblia.net em 28/09/2014

[1] [2]Compartilhar [3]