Esqueceu a senha?

A Imagem do Divino Pai Eterno: um show de idolatria

por Prof. Paulo Cristiano da Silva - qua ago 29, 10:03 am

O título deste artigo pode, a primeira vista, parecer um tanto duro e provocador à fé e devoção dos nossos amigos católicos, mas na verdade se torna brando demais quando analisado dentro do real contexto dos acontecimentos que o motivaram a ser escrito. Estou me referindo ao chamado “culto às imagens” promovido pela Igreja Católica Romana.

Antes, porém, urge salientar que o presente artigo não possui pura e simplesmente a pretensão de polemizar, ainda que sua análise retome pontos exegéticos e perspectivas teológicas conflitantes entre a fé católica e a evangélica.

Nosso intuito é sim, analisar de maneira sucinta dentro de uma perspectiva bíblica a dissonância da fé católica com relação aos verdadeiros preceitos divinos e com isso alertar nossos amigos católicos sobre o perigo da idolatria envolvendo o culto às imagens.

Para isso, selecionamos como nosso objeto de análise, um acontecimento recente ocorrido na cidade de São José do Rio Preto, interior do Estado de São Paulo. Trata-se da visita da imagem do Divino Pai Eterno a esta cidade. Este ícone e a devoção relacionada a ele nos fornecerão subsídios para desenvolvermos nossa crítica a respeito do culto às imagens.

 

A visita da imagem

Há várias semanas os católicos anunciavam por meio de outdoors e cartazes a chegada do ícone ao estádio Benedito Teixeira, o Teixeirão.Para comemorar aquela que seria a primeira visita da imagem à região, os correios cogitaram em lançar até um selo oficial para homenagear o acontecimento.

Dias antes do evento que ocorreu na data de 31 de maio, o site católico “paieterno.com.br”, já criava a expectativa de uma grande festa católica para comemorar com a chegada da imagem, a festa de pentecostes. Além da imagem o evento ofereceu como atração extra a presença do reitor do Santuário Basílica de Trindade-GO, o jovem Pe. Robson de Oliveira.

De fato milhares de pessoas compareceram à festividade, sendo que oito horas antes já havia romeiros esperando pela chegada da imagem.*
A imagem foi apresentada ao povo como de praxe acontece com as imagens católicas. O gesto tinha a intenção não apenas de apresentá-la, mas de que por meio dela o devoto pudesse receber alguma graça. E de fato a esperança de receber alguma graça pela chegada da imagem era visível na face das pessoas que se espremiam para vê-la.

Breve histórico 

A devoção à imagem do Divino Pai Eterno teve início por volta de 1840, quando um casal de agricultores nas proximidades do Córrego do Barro Preto (atual município de Trindade), região de Campinas(Goiás), encontraram no campo, onde trabalhavam, um pequeno medalhão de barro onde estava representada a Trindade coroando a virgem Maria.

Eles beijaram o medalhão sagrado e o levaram para casa onde começaram a rezar diante dele. A notícia se espalhou e aos poucos outros moradores locais passaram a rezar juntos ao objeto. Como crescia a devoção, foi construído um santuário e uma réplica em madeira foi confeccionada. Em 2006 o atual papa Bento XVI, elevou o santuário ao status de Basílica Menor e a imagem se tornou peregrina.

Análise do assunto sob várias dimensões 

Muito embora reconheçamos que sob à ótica da devoção popular tais manifestações como estas são aceitáveis principalmente nos populachos menos favorecidos e geograficamente isolados e por isso mesmo mais sucetíveis a este tipo de superstição, o que não entendemos, porém, é como homens que estudaram a Bíblia durante vários anos em um seminário, ao invés de erradicar este mal, conseguem promovê-lo ainda mais.

Histórica – Grosso modo, o processo do culto às imagens se dá da seguinte forma: a superstição de um ou mais católicos gera(m) a devoção que cresce e pressiona a paróquia. Esta por sua vez, para não perder os fiéis, tolera a crença e justifica a prática com a presença de sacerdotes e missas no local. Há também questões políticas que influenciam a aceitação das devoções. Há a possibilidade que com o aparecimento destas novas imagens e o crescimento contínuo das devoções, a diocese juntamente com o município possam se projetar no cenário nacional. Sacerdotes e bispo locais então pressionam a cúpula da Igreja para que legitimem tal prática oficializando o culto. Ao redor destes santuários cresce também a exploração comercial por meio da venda de objetos e principalmente da réplica das estatuetas. Temos na cidade de Trindade(GO) e Aparecida (SP) um exemplo típico deste processo.

Teológica – A questão teológica diz respeito ao próprio conceito da palavra Trindade. Pode não parecer mas a presença de Maria vai aos poucos amalgamando-se à da Trindade, quase que formando uma quaternidade. Isso traz confusão à mente do fiel que passa a ver em Maria cada vez mais a representação de uma personagem praticamente divina, tão poderosa quanto os demais membros da Trindade entre os quais ela se encontra e se funde.
A Maria criada pelo catolicismo está se distanciando cada vez mais da Maria
apresentada nos Evangelhos!

Outra problemática diz respeito à própria devoção católica. Será que o devoto ao se dobrar perante esta imagem para rezar irá conseguir fazer a “cuidadosa” diferença entre o culto de latria e de hiperdulia? Porventura conseguiria ele distinguir entre os diferentes cultos prestados por meio da imagem à Maria e a Deus? Improvável!

Simbólica – A dimensão simbólica do ícone é tão ou mais importante do que sua dimensão puramente estética, isto é, como um ícone em si mesmo. O simbolismo oculta e projeta simultaneamente mensagens subliminares.

Nesta perspectiva é interessante observarmos a posição de Maria no conjunto todo. A cena mostra ela projetada ligeiramente à frente das três figuras divinas com um destaque sutil. Na verdade, o tema por trás da cena não projeta o “Pai Eterno”, mas Maria. É a representação plástica do chamado “quinto mistério” do terço. Nela é Maria quem recebe o destaque maior. A questão da coroação que é o verdadeiro tema da representação, remete a uma antiga honraria que a Igreja criou para Maria – para os católicos Maria é a rainha do céu. Cabe aqui destacar que a Bíblia não dá nenhuma base para este título mariano. Aliás, a única vez que o título “rainha do céu” aparece na Bíblia é para identificar e condenar o culto a uma antiga deusa pagã (Conf. Jr. 7.18). Outra, observando melhor percebemos que as mesmas coroas que o Pai e o Filho trazem, Maria traz igualmente. Podemos ver neste gesto silencioso e anacrônico a autoridade do governo divino sendo compartilhada com ela. A mensagem simbólica por meio dos signos é que Maria então governa e rege universo juntamente com a Trindade. Portanto, tão poderosa quanto as outras personagens.

Definitivamente não entendemos porque a imagem foi alcunhada de Divino Pai Eterno, haja vista a coroação de Maria ser a protagonista da cena, sendo o Pai, mero coadjuvante. Talvez a vasta coleção de ícones marianos em suas diversas manifestações tenha criado a possibilidade desta devoção ter desviado a projeção de Maria para o Pai que ainda não possuia nenhuma representação no panteão católico romano.

Bíblica – Além da própria presença do ícone ser em si a quebra explícita do segundo mandamento do decálogo, que proíbe a confecção e o culto às imagens (Conf. Ex. 20.4,5), a representação plástica de Deus Pai neste ícone como um ancião potencializa este erro a graus infinitamente superiores já que vários textos bíblicos proibem categoricamente capturar ou representar imagens de Deus. Observe a ordem que Deus deu a Moisés:

Guardai, pois, com diligência as vossas almas, porque não vistes forma alguma no dia em que o Senhor vosso Deus, em Horebe, falou convosco do meio do fogo; para que não vos corrompais, fazendo para vós alguma imagem esculpida , na forma de qualquer figura, semelhança de homem ou de mulher (Dt. 4.15,16).

O texto é claro e dispensa exegeses mais sofisticadas. Em vários lugares a Bíblia proibe confeccionar e prestar culto às imagens. E o erro se torna pior na imagem do Divino Pai Eterno, quando sabemos que foi o próprio Jesus quem disse que ninguém jamais viu o Pai (Conf. Jo. 1.18) a não ser por meio do Filho (Jo. 14.9). Como então podemos representar o Pai por meio de uma imagem? Impossível!

Podemos destacar pelo menos cinco pontos onde esta prática transgride os preceitos bíblicos:

1) A imagem em si;
2) O culto desenvolvido em torno da imagem;
3) O “Pai Eterno” transformado em mais um ídolo católico;
4) A figura de Maria junto à Trindade;
5) Maria como rainha dos céus.

Depois desta breve análise o único conselho que podemos deixar aos nossos amigos católicos devotos do Divino Pai Eterno, não é outro se não o mesmo que o apóstolo João deu aos cristãos de sua época: filhinhos, guardai-vos dos ídolos (I Jo. 5.21).

Na ocasião, pesquisadores do CACP tiveram a oportunidade de cobrir de perto o evento com sua equipe de reportagem. 

Veja o vídeo feito pelo CACP:

___________________________________________________________________

Para saber mais sobre o Catolicismo – O CACP disponibiliza para você, por um preço especial, os seguintes produtos:

DVD
– A Rainha do Céu: Nesse DVD o Dr Paulo Romeiro discute a doutrina mais polêmica do Catolicismo – A Mariolatria. 

APOSTILA
-O Catolicismo: Você terá nessa apostilas a refutação de todos os dogmas do Catolicismo.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

43 Comentários

Comentários 1 - 43 de 43Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Da parte de Deus Pai  e de Nosso  Senhor Jesus  Cristo, paz e  bemm

    Quridos irmaos em Cristo, incorre entre voz um engano na fe.    Nao ha adoracao a imagem mas ao  Divino Pai Eterno.
    O icone e apenas uma representacao material de nossa fe.   O icone e nao cura nao faz milagre mas a e a fe que temos na Trindade .
    E nisto que cremos e a isto damos testemunho

    1. Aroldo não precisamos de imagem para representar algo, adoramos a Deus em Espírito e verdade …toda imagem feita não tem poder nenhuma e nada dela sai.

  2. Leandro Moreira,somos todos filhos de Deus, porque atacar nossa fé, e a Igreja criada por Jesus Cristo, acreditamos no Divino Pai Eterno, e a imagem representa a Santíssima Trindade coroando a Mãe de Jesus, ninguém adora imagem, quem não acredita respeita! Fique com Deus

  3. Exodo cap. 20 :.4 Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.5 Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que vis.

  4. Affz Vcs , Evangelicos querem dar uma de “estudadinhos” , Porq Nao vai Para a Igreja Rezar , em, vez de ficar Cuidando da vida dos outros e na suas Crenças ???! ,

    1. Creio que, antes, é melhor dar uma de “estudadinho” do que dar uma de “ignorantezinho” do que a própria Palavra diz. Não é melhor crer quando se há argumentos, evidências, do que seguir superstições que inclusive são reprovadas pela Palavra de Deus? Deus não se contradiz.

  5. Quando a ignorância fala, só nos resta rezar.
    Que o esclarecimento chegue aos vossos corações! 
    Paz e Bem!
    Adoramos ao pai eterno… Os senhores possuem fotos em casa?!

    1. nao nos ajoelhamos diante destas fotos e nao lhe pedimos nada

    2. Todos possuímos fotos em casa, mas não acendemos velas na frente delas, não nos postarmos diante delas é não oramos a elas para alcançar a graça de nosso Senhor Jesus. Simples assim

  6. O tempo que se perdeu fazendo essa reportagem poderia ter sido aproveitado em oração ou na ajuda aos necessitados. Cada igreja deve cuidar da sua fé, abstraindo-se de “analisar” a religião alheia. Cada um deve cuidar da sua vida. É o que eu penso.

    1. pessoas caminhando para o inferno e eu deveria me calar./;?:

  7. Uma grande parte do Brasil padece por falta de conhecimento, não tenham duvida que essa parte sabe da verdade, mas sabe que a verdade não é para todos deixar de lados os praceres da vida não é bom para eles, pra mim também, quem ler a biblia toda dificilmente pratica esse tipo de idolatria

  8. Não sou católico. Nem sou cristão. Qual a necessidade de alguma religião ou facção religiosa se empenhar em desmerecer ou desqualificar outras religiões ou crenças? No interesse de agradar a Deus? No interesse de convencer os seus seguidores que a “sua” religião ou facção é a melhor? 

    1. Kharllos, 
      “Errais, não conhecendo as Escrituras e nem o Poder de Deus .Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam; Mateus 22:29  João 5:39 
      Se não conhecer a verdade [Jesus], há um fim trágico, perigo de morte espiritual.

  9. Respeitar a devoção dos Católicos e a Igreja Católica Apostólica Romana criada por Jesus Cisto é o primeiro passo para unidade religiosa entre nós seres humanos, para não haja mais mortes como no Jornal Francês Charlie Abdo! Respeitar os outros é parte da educação do ser humano!

    1. Querido Daniel Deus nunca irá se unir a uma igreja que ensina heresias,e outra coisa Deus não criou religião foi o homem que fez toda essa lambança e agora nós verdadeiros cristão que ama a palavra de Deus que deve alertar o povo de não ir para o inferno..

  10. Cacp se diz Cristão! Respeitar a devoção dos Católicos e a Igreja Católica Apostólica Romana criada por Jesus Cisto é o primeiro passo para unidade religiosa entre nós seres humanos, para não haja mais mortes como no Jornal Francês Charlie Abdo! Respeitar os outros é parte

    1. Daniel Abreu, tu dissestes “para não haja mais mortes como no Jornal Francês”
      qualé a sua ? o site é de apologética (defesa da fé) e NÃO de apologia (promoção do erro).
      Se você “gostou” do ocorrido fique sabendo que o Sr. é um moralista duvidoso em sua retórica.
      bah para você !

  11. Cacp diz Cristão! Não respeita a devoção Católica e a Igreja Católica Apostólica Romana criada por Jesus Cisto, que é o primeiro passo a unidade religiosa entre os seres humanos, para que não haja mais mortes como no Jornal Francês Charlie Abdo! Respeitar os outros é parte da Educação!

  12. Respeitar a fé; é do ser humano que tem boa formação, quem não respeita a do irmão e faz matérias como essa Cacp criticando, é porque não tem Deus no coração, e nem sabe, mas o demônio os conduz ao mau e acaba acontecendo como o acontecido na França no Jornal Charlie Abdo!

    1. É justamente diante de um comentário dessa natureza que se perceber que o comentarista é divorciado do conhecimento da verdade que pode libertá-lo do pecado da adoração aos ídolos e levá-lo à adoração a Deus. Anjos do mal!!!

  13. Com muito respeito a todos, mas é de grande ignorância o ser humano ver a semelhança de um Deus todo poderoso incorruptível que criou céus e terra numa pequena e frágil imagem de gesso.
    Perecem por não conhecer a palavra de Deus..  

  14. Parabéns para o Prof. Paulo Cristiano da Silva, tudo que esta nesse texto é a mais pura verdade, e todos que não concordam esta faltando ler a Biblia, leiam e busquem conhecimento.

  15. A tds que pensar assim , vão a m……….a Tenham mais respeito. ou cale-se.

  16. Com todo respeito, mais vcs católicos deveriam ler mas a bíblia, pra quem não sabe os dez mandamentos está em êxodo 20, estudem um pouco, e que Deus possa retirar a venda que está em seus olhos.

  17. não é simples fato de ser estudadinho,como foi citado,mas pq vcs não leem a biblia,econhecereis a verdade e a verdade vos libertara joão 8:32 Mateus 22:29  Jesus,porem respondendo,disse-lhes,errais,não conhecendo as escrituras sagradas nem o poder de Deus. João 5:39  e Oséias 4:6

  18. O ato de cultuar imagens nem sempre e adoração ou idolatria!!!
    Deus não mandou que fizerem a arca da aliança,essa tal que o povo cultuava e conduziam em caminhadas e nem por isso Deus mandou que destruírem ou coisas do tipo…
    Eu não vou mas citar exemplos até por que são muitos.

  19. Meus irmãos uma coisa eu vos digo :
    Na terra JESUS deixou somente a Igreja Católica!!!!
    Por mais que tentem derrubala jamais iram conseguir porque o que Deus fez e faz homem nem um destroi!

    1. e vagos se esperto iria saber que a ARCA DA ALIAVA FOI CRIADA PARA GUARDA O SEUS ESCRITOS E SEUS MANDAMENTOS MEU AMIGO, V SABE MUITO BEM QUe NÃO TEVE ADORAÇÃO nela, não sejas hipócrita por favor.
      faça um curso de TEOLOGIA e VAIS SABER OQUe É CERTO E OQUE ESTÁ ERRADO

    2. Jesus deixou a igreja católica? Onde mesmo está isso na bíblia?

    3. Boa noite Lailton!
      Por gentileza o sr poderia me citar historicamente, ou biblicamente sua afirmação, que Jesus fundou uma Igreja na terra com nomenclatura?
      E se tratando com tanta veemência da Igreja Católica Apostólica Romana?
      Aguardo sua resposta.

  20. más será que Deus não foi claro ao falar, NÃO FAZER IMAGEM OU IDOLATRO ALGO ESCUPIDO PELO HOMEM?
    SE ELE DISSE ISSO DEVEMOS CUMPRIR, ELE FALA ISSO PORQUE SABE QUÉ O HOMEM É FRACO E IRIA ACABAR ESQUECENDO ELE E ADORANDO APENAS UMA MERA IMAGEM DE BARRO CoMO FAZEM HJ

  21. venha conhecer os pontos turísticos religiosos de Trindade no ônibus romeiros do pai eterno; temos o maior prazer em levar vc e sua caravanas em todos os pontos turisticos , faça sua reservas

  22. venha conhecer os pontos turísticos religiosos de Trindade no ônibus romeiros do pai eterno; temos o maior prazer em levar vc e sua caravanas em todos os pontos turísticos , faça sua reservas tel: (62)9 8595 08 30

    1. ” …hipócritas, porque rodeais o mar e a terra para fazer um prosélito; e, uma vez feito, o tornais filho do inferno duas vezes mais do que vós ..” Mateus 23:15

      Nesta sua oferta prefiro ficar em casa pesquisando na Bíblia do que ir ver idolatria (porta do inferno).

  23. Parabéns pelo texto devemos todos conlhecer a verdade….

  24. São evangélicos ou exodogélicos ?

  25. Quando os católicos veneram um santo, o que fazem é tão somente louvar a Deus e agradecer por Ele usar seres humanos, frágeis, para realizar a Sua obra.
    A imagem ou ícone feita por mãos humanas, não é colocada no lugar de Deus, mas remete a Ele.
    é uma janela que conduz para Deus.

    1. E onde biblicamente falando, a sra. fundamenta esse seu conceito ? prove biblicamente.

    2. vc precisa aceitar Jesus, ele e o unico caminho, não precisa de imagem.

  26. As religiões separam as pessoas, mais quando vos encontrarem a cristo, esse sim unem, ele e a verdade não as religiões citadas aí, mais o catolicismo esta levando muitos p o buraco com a suas cegueiras.

  27. Deus não criou nenhuma religião. A religião católica é um embuste. Deus é espírito e não um velho barbudo. Maria não é divina e, não tem nenhum dos atributos de Deus (nem onisciência, nem onipresença, nem onipotência) e não faz parte da trindade divina.

  28. É desta forma que o inimigo faz para entrar na vida dos outros! Falso adorador!

Comentários 1 - 43 de 43Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement