Esqueceu a senha?

A Menina de Casaco Vermelho

por Artigo compilado - qua mar 06, 1:17 pm

Filme a ‘Lista de Schindler’ traumatizou atriz que interpretou a menina do casaco vermelho

Oliwia Dabrowska interpretou, aos três anos de idade, a menina de casaco vermelho no filme ‘A Lista de Schindler’. Hoje, aos 23, Oliwia gostaria de ter escutado o conselho dado por Steven Spielberg no final das gravações: não assista ao filme enquanto não tiver 18 anos.

Mas ela não resistiu a curiosidade. Em uma entrevista ao jornal britânico “The Times”, a atriz disse ter visto a história sobre Holocausto aos 11 anos, o que a deixou “horrorizada” e “traumatizada” por muito tempo.

“Foi horrível”, disse Oliwia, 20 anos depois de ter participado do filme. “Eu não conseguia entender o suficiente, mas tinha certeza de que não queria vê-lo nunca mais.”

Dabrowska, que só participou de mais um longa após a sua estreia, vivia na cidade de Cracóvia (Polônia) quando Spielberg a escolheu para dar vida à única personagem que tinha cores em seu filme. Apesar de ser uma parte essencial da história e de uma produção que ganhou o Oscar de Melhor Filme e Melhor Diretor, a estudante universitária não ficou feliz com o resultado.

“Eu tinha vergonha de ter feito o filme e não gostava quando meus pais falavam para as pessoas sobre a minha seleção para o personagem”, explica Oliwia. “As pessoas dizem: ‘Deve ser muito importante para você, você deve saber muito sobre o Holocausto”. “Mas eu estava frustrada com a coisa toda”, afirmou.

Sua vergonha era tanta que manteve sua participação no filme em segredo por um longo tempo, “mas as crianças do instituto descobriram pela internet”, contou a atriz.

Embora a “Lista de Schindler” seja um clássico por excelência dos filmes de Steven Spielberg, e um drama chocante sobre o Holocausto, é difícil imaginar os sentimentos que a história levou até uma menina de 11 anos, que viu “sua” morte exibida nos cinemas, em uma realidade histórica muito dura.

No entanto, ao longo dos anos Oliwia foi mudando sua opinão, e depois de muito tempo negando sua experiência, ela finalmente percebeu o quanto era importante o seu papel na história. E, mesmo prometendo para si mesma que nunca mais assistiria ao filme, a jovem deu-lhe uma segunda chance aos 18 anos, como sugerido Spielberg. “Eu fui parte de algo que eu posso ter orgulho”, diz Oliwia agora.

Extraído do site do Yahoo no dia 06/03/2013


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

2 Comentários

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. O povo judeu foi e é muito importante para nós … sem eles praticamente não teriamos uma religião de crença em Deus Único. Para o crédito aos israelitas, cito capitulo inteiro de Carta de Paulo aos Romanos 11.

  2. É por isso que devemos olhar para os meios de comunicação, (televisão, Vídeo Game, e computador, entre outros) com muita criticidade, pois muitos não sabem que tipo de influencia ela pode ter se vc não fizer o uso inadequado e isso tem tudo a ver com educação e desenvolvimento cognitivo. devemos pesquisar mais sobre o assunto, gostaria de deixar dois nomes aqui, um é o doutor Valdemar Setzer professor da Usp, tem um blog com todos os seus artigos sobre o assunto e o outro é do Professor Elias Vasconcelos do blog: http://midiaeclesia.blogspot.com.br/ muito bom também… abração e ótima pesquisa.

Comentários 1 - 2 de 2Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement