Esqueceu a senha?

A mentira do ofício medianeiro de Maria

por Pr. Aureo Ribeiro - seg out 28, 1:59 pm

Nos dogmas da Igreja Católica Apostólica Romana, há uma farta documentação referente a Mediação de Maria. Em uma dessas coletâneas (Maria Santíssima), extraída do sitio (http://www.derradeirasgracas.com) pode-se ler o seguinte (convido a você que leia em voz alta e isento de qualquer crença):

Com diáfana (aquilo que traz a luz) clareza o Papa Leão XIII, na Encíclica “Fidentem piumque” de 20 de setembro de 1896, nos prova esta asserção:

“Há quem ache ousada a grande confiança no patrocínio da Virgem e queira repreender-nos. Em verdade, somente a CRISTO compete o nome e partilha de Medianeiro, a CRISTO que é uma só pessoa DEUS e Homem, e assim restaurou o gênero humano na graça: “Há um só Medianeiro entre DEUS e os homens, o Homem JESUS CRISTO, que se deu a Si mesmo, em Redenção por todos.” (1 Tm. 2, 5-6).

Mas, como ensina o “Anjo da Escola” (São Tomaz de Aquino), nada se opõe a que também outros se designem medianeiros entre DEUS e os homens, enquanto como ministros e instrumentos, cooperam na união dos homens com DEUS(Suma Teológica 3, q. 26, a.1,2), como os Anjos e Santos do Céus, os profetas e sacerdotes de ambos os Testamentos.

Esta dignidade gloriosa cabe, em ponto mais elevado, à Santíssima VIRGEM. Pois não se pode imaginar uma só personalidade que operasse na reconciliação dos homens com DEUS como MARIA, ou pudesse jamais operar como ELA.

Quando os homens tinham incorrido na eterna perdição, MARIA deu-nos o SALVADOR. Pois foi ELA quem, em lugar de todo o gênero humano deu o Seu consentimento, quando o Anjo anunciou o Mistério da Paz (Suma Teológica 3, q. 30, a. 1). É Dela que nasceu JESUS, e ELA é verdadeiramente SUA MÃE e, por esta causa, Digna e Legítima Medianeira do Medianeiro.

É, pois, este o pensamento do papa Leão XIII: “Há um só Medianeiro, e esse é JESUS CRISTO. Mas há junto de JESUS CRISTO, a Santíssima Virgem, MÃE de DEUS, que por sua íntima cooperação com a Obra da Redenção, foi constituída Medianeira, e nesta Sua posição central, MARIA supera a todos os Anjos e Santos; é Medianeira num sentido, como nenhum Anjo e Santo o pode ser”.

Muito bem, voltando com minhas palavras, quero mostrar como é tão notória, no catolicismo romano, a inclusão de coisas que não estão na Bíblia. O próprio Papa Leão XIII acha forte essa atribuição de poder mediador à Maria. Veja que ele mesmo disse que havia pessoas que achavam ousada a grande confiança no patrocínio da Virgem e queria repreendê-los. Isso era algo que o incomodava. Ora, está claro que mais uma inclusão de algo que, definitivamente, não está na Bíblia Sagrada.

O próprio São Tomaz de Aquino, fugindo ao escrito sagrado e baseado sabe-se lá onde, ensinou que se podiam adotar outros medianeiros. Mas isso não é referenciado na Bíblia e sim em Sumas Teológicas. Claro que não se pode aceitar isso, a não ser que tenhamos a convicção que estamos no erro por decisão própria. A Bíblia nunca, jamais conferiu autoridade alguma para que alguém falasse em lugar de Deus.

Em Hebreus, existe uma gama enorme de alusões ao Senhor Jesus Cristo como o Sumo Sacerdote diante do Pai. Se Ele assim O é, ninguém pode substituí-lo. Do mesmo modo, não há como incluir coisas a mais para fazer Maria uma medianeira (intermediadora).

Paulo nos exorta em Romanos 3.4: “Seja Deus Verdadeiro e todo o homem mentiroso”. O homem é falível e, por isso, em algum momento não será verdadeiro, ao passo que Deus jamais falhará ou jamais mentirá. O único modo, entretanto, de ouvirmos Deus é pelas Escrituras Sagradas (Heb 1.1).

Com isso, quero concluir apenas lembrando mais uma vez que o engano é sempre uma consequência de incluir coisas que não estão na Bíblia. Jesus nos ensinou que a única verdade é a Palavra de Deus (Jo 17.17). Mas, para muitos, isso não basta, então inventam doutrinas, indo além do que está na Bíblia. Oficio de MEDIADOR é exclusivo de JESUS. Se tivesse saído em II Timóteo que MARIA assim o receberia, então todos os evangélicos de bom grado acreditariam. Entretanto, como isso foi colocado por pessoas e pessoas são falíveis, não há como aceitar. Não vem e não veio de Deus.

“Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro” (Apoc 22.18)

Infelizmente, uma das coisas que foram acrescentadas é essa doutrina do Ofício Medianeiro de Maria. Aqueles que acrescentaram isso na Bíblia ou na doutrina, podem ter certeza que correrão os riscos das pragas descritas por Deus em Apocalipse.

Do blog restauracaodapalavra.blogspot.com.br em 28/10/2013


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

8 Comentários

Comentários 1 - 8 de 8Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. O dogma católico usa a demagogia da “mamãe, mamãe” : temos que ter uma mãe” – então logicamente tudo se encaixa na pessoa de Maria.
    Jesus nunca chamou Maria de “mamãe”, mas de “mulher” o que seria um tanto estranho para um filho israelita, o qual na lei diz para honrar pai e mãe, até parece um paradoxo, nem ao menos Ele a chama de “mamãe”, e ainda põe em dúvida : “quem é minha mãe e irmãos ? são aqueles que ouvem e obedecem a palavra de Deus …” Mas quem poderá responder a essa provavel contradição, ora a própria Maria, ” ..minha alma alegrou-se em Deus meu salvador.”
    O Deus salvador é Jesus … portanto, ela não pode ser mãe de Deus, por que Deus é eterno, nunca teve começo e nunca terá fim..
    a devoção mariana é um sincretismo das divindades diana grega ou outra romana, assim como no espiritismo afro maria é iemanja.
    mas todo esse culto mariano é apelativo : mamãe, mamãe. e NÃO TEM SUSTENTO NA TEOLOGIA BIBLICA.

  2. Isso que dá TORCAR as divindades pagãs pelos nomes bíblicos. Em Éfeso tinha a deusa Diana e em Roma tem a deusa Maria. No mar tem Iemanjá, no catolicismo tem Maria do Roccio e por aí vai, a criatividade do padres não para, tem até uma igreja com o nome de ´nossa senhora da cabeça´!!!

  3. Esse título que os papas deram para Maria é tão GRAVE biblicamente que fico assustado pela IGNORÂNCIA dos padres. Estudam tanto e sabem da verdade más tem MEDO de contrariar os papas. Hebreus 08:04. Nem Jesus se tornou SACERD ou MEDIAD antes da cruzificação pois já existiam sacerdotes…

  4. Vejam que Deus fez uma NOVA ALIANÇA e nos Evangélicos temos UM Sumo Sacerdote Hebreu 6:20. Agora pergunto paras o padres, Maria foi ou é sacerdotisa? Se for sim, ela pode ser MEDIANEIRA, pois só o sacerdote pode oferecer sacrifício pelo povo! Más mulher no catolicismo pode ser sacerdote? NÂO!

  5. Nos Evang temos um ÚNICO Sumo Sacerdote, cabeça da Igreja, Pedra Angular, Rocha de Fundamento e é Cristo Jesus Filho de Deus. A Bilbia diz: ´somos como pedras vivas´. ´reis e sacerdote´. Somos parte do corpo, da PETRA, temos autoridade e abençoamos e tudo isso é pelo NOME de JESUS. Heb6.13

  6. Quem está cheiro do Espírito fala o que o Espírito quer: lucas 1:28. Lucas 1:41.  Lucas 1:46-55.
    Que geração é essa?

  7. Que bom que os católicos são pecados, porque é para o pecadores que Jesus olha, não para o fariseus doutores da lei que ficam gritando os versículos, para serem vistos e elogiados.   

  8. Embora o relato bíblico realmente não registra muita coisa sobre Maria, a segunda carta de João é inteiramente um rogo para a senhora eleita, Maria. E Lucas 1:48 e 1 Pedro 5:13 deixa claro que Maria tinha um papel importante na primitiva igreja. 

Comentários 1 - 8 de 8Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement