Esqueceu a senha?

A Nova Era e a antiga mentira

por Artigo compilado - qui jan 12, 10:31 am

new age glossario

Em sua edição de 4 de maio de 1988, a revista VEJA publicou um artigo sobre o Movimento da Nova Era (New Age), também chamada “Era de Aquarius”, do qual extraímos algumas partes:

A Corrente Mística

“Os temas esotéricos conquistam leitores e Shirley MacLaine se afirma como arauto da Nova Era. …Como ela própria se define, Shirley é um arauto da Nova Era, um movimento que vem ganhando força em diversos países, inclusive no Brasil, e que combina num mesmo caldeirão uma formidável coleção de cultos, crenças esotéricas e superstições. Para os adeptos da Nova Era, tudo o que desafia a imaginação do homem e foge à sua compreensão imediata pode ser um caminho para o autoconhecimento, e uma ponte para o que chamam de novo período da humanidade.

Nessa busca de aperfeiçoamento espiritual, também batizada de “nova consciência cósmica”, os adeptos da Nova Era creem na reencarnação, no poder mágico das pirâmides e na capacidade dos cristais de rocha de curar doenças. A astrologia, a numerologia, o tarô e o l-Ching são usados como uma forma segura de prever o futuro. O pêndulo teria poderes de afastar as más vibrações, assim como a mentalização seria capaz de mover montanhas. Fazem parte desse conjunto também as viagens cósmicas, as viagens mentais ao passado e os contatos com extraterrestres…”

O que é o movimento da “Nova Era”? Não se trata de um movimento identificável, organizado, mas as “tendências da Nova Era” são encontradas atualmente em todas as camadas sociais. Isso inclui os níveis políticos, militares, econômicos e especialmente religiosos. Em resumo, o movimento da “Nova Era” é uma tentativa de fazer surgir uma nova sociedade, que substituirá todos os sistemas anteriores e trará verdadeira paz, o grande sonho dos homens há milênios. Quem estuda a Bíblia, sabe que não haverá paz real, enquanto o Príncipe da Paz, Jesus Cristo, não governar a Terra. Além disso, sabe também que não é com métodos e procedimentos condenados claramente por Deus, que o homem alcançará algum aperfeiçoamento espiritual. Lemos em Deuteronômio 18.10-12a: “Não se achará entre ti… adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem necromante, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação [que é detestável, que causa repulsa] ao Senhor”.

Como em todos as falsas doutrinas e seitas, a auto-redenção (autoconhecimento, auto-aperfeiçoamento etc.) é o centro do seu ensino, enquanto a Bíblia diz claramente: “…pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós é dom de Deus; não de obras para que ninguém se glorie” (Efésios 2.8-9). Por estar sob o domínio do pecado, o homem não pode salvar a si mesmo, necessitando que alguém o tire e liberte da sua situação — e somente Jesus, o Redentor, o Salvador, pode fazer isso.

A ideia original do movimento da “Nova Era” não é, na verdade, nova, mas muito velha. Ela surgiu logo após a criação do homem, quando Satanás, em forma de serpente, dirigiu-se a Eva com a promessa muito tentadora: “Certamente não morrereis… se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal” (Gênesis 3.4-5; Ed. Revista e Corrigida). Essa promessa, feita ao homem pela serpente, contradizia a clara afirmação de Deus. Ao aceitá-la, ele caiu no pecado e ficou separado de Deus. Desde aquele tempo, o homem não parou de procurar uma nova era, um novo reino de paz, sem, entretanto, querer seguir as orientações de Deus. O resultado final de todas as tentativas têm sido guerras, destruições e derramamento de sangue, confirmando que a promessa do diabo era uma grande mentira.

Para onde levará esse movimento? Ele realmente conduzirá ao estabelecimento de uma nova ordem mundial, mas não sob o governo do Senhor Jesus Cristo. As profecias bíblicas indicam, que antes da volta de Jesus, o mundo ficará por um curto período sob o domínio do anticristo, que realizará coisas à primeira vista impressionantes e empolgantes, mas do qual o apóstolo Paulo diz em I Tessalonicenses 2.9-10: “o aparecimento do iníquo é segundo a eficácia de Satanás, com todo poder, e sinais e prodígios da mentira, e com todo engano de injustiça aos que perecem, porque não acolheram o amor da verdade para serem salvos”. Consequentemente, a “Nova Era” que ele trará ao mundo, será, na verdade, um tempo ‘‘de tamanha tribulação como nunca houve desde o princípio do mundo que Deus criou, até agora e nunca jamais haverá”, segundo a palavras do próprio Senhor Jesus em Marcos 13.19 (leia também Mateus 24).

Se você está realmente interessado em uma profunda renovação interior, em obter paz e ter certeza sobre seu futuro, o único que pode lhe oferecer isso é Jesus Cristo! Aceite-O como seu Salvador pessoal, e poderá confirmar a experiência de milhões: “…se alguém está em Cristo, é nova criatura: as cousas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (II Coríntios 5.17). Assim, começará uma “nova era” de verdade em sua vida!

Nota: Folheto evangelístico da Obra Missionária Chamada da Meia Noite – Pr. Wim Malgo.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement