Esqueceu a senha?

A origem da palavra Lúcifer

por Artigo compilado - qua nov 27, 10:30 am

“Como surgiu a palavra Lúcifer?” Lúcifer, do latim “lúcifer”, vem do hebraico “hêlêl”, e significa brilhante, esplendoroso, e tem sido traduzido por por­tador de luz, o que leva o archote, filho da alva, estrela da manhã. É o nome que os latinos davam ao planeta Vênus, que tam­bém chamavam “estrela da alva”, “estrela da manhã”, “estrela vespertina”, por ser o mais brilhante astro (depois do Sol e da Lua) que, à nossa vista, aparece na abóboda celeste. O profeta Isaías aplicou esse termo ao rei da Babilônia, certamente pela grandeza e esplendor em que vivia o mo­narca, do que é exemplo a suntuosa obra “Os jardins suspensos da Babilônia” -uma das sete maravilhas do Mundo Anti­go. Essa palavra aparece no Velho Testa­mento, em Isaías 14.12. Na Bíblia traduzida ao português na forma latina: “Como caíste do céu, ó Lúcifer, tu que ao ponto do dia parecias tão brilhante?” Isaías também apresentou o rei da Babilônia, que se considerava um deus,  como inimigo de Deus: “E tu que dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei… subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo”, w.13,14. Por esse motivo, pelo desafio à autoridade de Deus, pela pretendida usurpação, foi sendo, pelos comentadores das Escrituras, gradativamente, aplicado o nome “Lúcifer” a Satanás, que também lhe assentava, visto que fora “anjo de luz” e “querubim ungido”, Ez 28.13-15.

Extraído do livro “A Bíblia Responde” da Editora CPAD


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement