Esqueceu a senha?

A parábola do filho pródigo

por Pr. Natanael Rinaldi - seg maio 15, 9:55 am

Pergunta: Em Lucas 15.11-19 Jesus contou a Parábola do Filho Pródigo. Que lição principal podemos extrair dessa parábola?

Resposta: A lição principal é que Deus, embora odeie o pecado, ama o pecador e está disposto a conceder-lhe a bênção do perdão, no momento em que esse pecador, caindo em si, se volte para Ele, arrependido dos seus pecados.

 

Pergunta: Por que Jesus teria contado essa parábola? Houve algo que motivou essa parábola?

Resposta: Sim. Jesus tinha em mente repreender os fariseus e os escribas, que O censuraram por dar atenção aos publicanos e pecadores e comer com eles (Lucas 15.1), pelo desprezo que votavam àqueles gentios, tão dignos de compaixão, aos quais Deus também amava, desejando muito vê-los, à semelhança do filho pródigo, arrependidos dos seus pecados e voltando-se humildemente para ele.

 

Pergunta: Existem muitas pessoas que não sabem o que significa pródigo. O que significa a palavra pródigo?

Resposta: A palavra pródigo significa aquele que gasta em excesso, generoso demais, dissipador, esbanjador; diz-se do filho perdulário que depois de longa ausência volta ao seio da família.

 

Pergunta: Que lições podemos tirar dessa parábola contada por Jesus?

Resposta: Podemos tirar três lições: 1) os pecados do filho pródigo; 2) seu arrependimento e 3) a recepção festiva do filho pródigo.

 

Pergunta: Quem representam o Pai e o filho pródigo?

Resposta: O Pai é Deus e o filho pródigo representa o pecador que se arrepende de seus pecados e volta-se para Deus. Pode também representar um filho de Deus fora da comunhão, porque o pródigo já é um filho.

 

Pergunta: Que pecados cometidos pelo filho pródigo podemos apontar?

Resposta: Ele cometeu os seguintes pecados: a) deixou o lar (v.13); b) desperdiçou sua herança (v. 13); c) viveu dissolutamente (v. 13); d) gastou tudo (v. 14). Muitos jovens hoje vivem como o pródigo da parábola. Vivendo dentro do lar, são como hospedes dentro do próprio lar: perderam o amor e o respeito pelos pais; são jovens que fazem chorar os próprios pais com suas atitudes indelicadas e desrespeitosas (Efésios 6.1-2). Cairá sobre eles tremendo castigo do qual não escaparão se não se arrependerem.

 

Pergunta: Como se nota que foi verdadeiro o arrependimento do filho pródigo?

Resposta: Os passos dados pelo filho são os seguintes: a) convicção do pecado (v. 17); b) confiança na misericórdia divina (v. 18); c) confissão do pecado (v. 18); d) arrependimento do pecado (v. 19); e) conversão e abandono do pecado (v.20). 

Pergunta: Como pode ser demonstrada a recepção festiva do filho pródigo?

Resposta: O Pai aguardava ansioso a volta do filho (v.20); b) o Pai ordenou a mudança das vestes e sandálias (v.21); o Pai ofereceu uma vida nova (Efésios 4.22-23); c) houve grande regozijo (v. 24) e alegria da salvação (Lucas 15.7-10).


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Deus odeia o pecado mas ama pecador? não tem como separar um do outro? Pelo q sei em Crisþo somos livres da ira de Deus, Deua ama os que o amam e cedo o buscam, Sl 11:5 ……

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement