Esqueceu a senha?

A voz mais poderosa do pop se cala

por cacp - dom set 16, 2:14 pm

O Jornal A TRIBUNA em sua edição de 13 de fevereiro de 2012 publica uma página inteira sobre a morte de Whitney Houston cujos termos trazemos ao conhecimento dos nossos leitores em seguido nossos comentários à luz da Bíblia. Lemos a manchete que acompanha a notícia: “WHITNEY HOUSTON MORRE AOS 48 ANOS. SUSPEITA É DE QUE A CANTORA TENHA SE AFOGADO NA BANHEIRA APÓS SOFRER UMA OVERDOSE E DESMAIAR. Segue-se a descrição da sua história: “Whitney Houston, uma das grandes vozes de sua geração, protagonista de uma história de glória absoluta e também de um declínio pessoal que envolveu cocaína e um casamento conturbado, morreu no fim da noite (Horário de Brasília) do último sábado aos 48 anos. A causa pode ter sido afogamento. Whitney teria desmaiado e se afogado.”… “Ela lapidou sua voz desde cedo, cantando em corais da igreja e ocasionalmente subindo ao palco com sua mãe.”

PR. NATANAEL: Notícia triste, muito triste, a da morte da cantora que ficou famosa em todo o mundo recebendo 415 prêmios durante toda a sua carreira, incluindo 6 Grammys. O que diz da sua morte por afogamento dentro de uma banheira de modo tão inesperado?

Considerando que nossos comentários são feitos à luz da Bíblia, não é fora de propósito mencionar o que lemos na Bíblia sobre a iminência da nossa morte que pode ocorrer a qualquer momento. Salmos 39.4-6 – “Faze-me conhecer, SENHOR, o meu fim, e a medida dos meus dias qual é, para que eu sinta quanto sou frágil. 5 – Eis que fizeste os meus dias como a palmos; o tempo da minha vida é como nada diante de ti; na verdade, todo homem, por mais firme que esteja, é totalmente vaidade. (Selá.) 6 – Na verdade, todo homem anda numa vã aparência; na verdade, em vão se inquietam; amontoam riquezas, e não sabem quem as levará.”

Essa famosa cantora e até aos 11 anos cantava no coral da sua igreja acompanhada de sua mãe, mas quando foi descoberta como exímia cantora deixou suas ocupações na igreja e ficou famosa no mundo inteira. Valeu a pena deixar sua igreja para alcançar a fama que conquistou?

Segundo o ensino de Jesus não. Mateus 16.24-26 – Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; 25 – Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. 26 – Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma, daí Jesus afirmar que não vale a pena ganhar o mundo inteiro e perder a alma. Ele garantiu a salvação da nossa alma mediante sua morte vicária e expiatória na cruz do Calvário. E a respeito dessa obra em nosso favor, escreveu o apóstolo Pedro: I Pedro 1.18-19 “Sabendo que não foi com coisas corruptíveis, como prata ou ouro, que fostes resgatados da vossa vã maneira de viver que por tradição recebestes dos vossos pais, 19 – Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,”

O que observo com tristeza que hoje parece que a nossa mocidade está ligada
às drogas que tomamos conhecimento não de jovens pobres que se tornam viciados, mas pessoas da classe rica e famosa também estão se envolvendo com o vício atroz, muito embora o esforço das autoridades mundiais em debelar esse vício maldito. Concorda que isso é uma realidade presente? 

Sim. Os vários meios de comunicação têm esclarecido o perigo do uso das drogas e de suas conseqüências tanto físicas quanto sociais para o usuário e seus familiares. E todos assistimos, chocados, como famílias inteiras têm sido destruídas devido ao consumo e tráfico de drogas. Basta assistir os noticiários na TV ou ouvir no rádio para constatarmos que se trata de uma crise mundial e pode ser considerado um dos flagelos apocalípticos, pois atinge a todas as classes sociais no mundo inteiro; ricos e pobres são igualmente atingidos por essa epidemia social. Quantos lares destruídos! Quantas vidas jovens ceifada

A Bíblia registra algo sobre o uso e resultados das drogas? 

Diretamente, quanto ao uso que se dá presentemente, não. Mas existem inferências do que podem fazer as drogas e isto está no livro do Apocalipse nos textos de Apocalipse verificamos que as palavras “feiticeiro” e“feitiçaria” f oram traduzidas do grego como “pharmakeia”, de onde se origina a nossa palavra farmácia, cujo significado literal é “manuseio de substâncias químicas, orgânicas e inorgânicas”. O termo “pharmakon”significa “droga”, porque as drogas desempenhavam papel importante na feitiçaria e vieram a ser associadas à prática das artes ocultas, como em muitos lugares ainda hoje usam “incensos” e “chás”, os quais levam a pessoa ao estado de “transe” ou “êxtase”, isto é “ficar fora dos sentidos”.

Deve-se considerar que, para a época em que os textos foram escritos, a feitiçaria realmente estava, em grande parte, associada ao misticismo, face ao desconhecimento da química como ciência, tal como a temos hoje. Assim, uma boa tradução para Apocalipse 21.8 seria: “quanto aos covardes, os incrédulos, os depravados, os assassinos, os que cometem imoralidade sexual, os idólatras, os mentirosos e os “que manipulam substâncias de forma ilegal (pharmakoi=feiticeiros). Esses, “ficarão de fora” (Apocalipse 22.15)


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement