Esqueceu a senha?

Alguém se importa

por Artigo compilado - ter dez 06, 9:48 am

pai-e-filha

Leandro, que residia no Nordeste, tinha se separado da esposa há mais de três anos. E ela, para privá-lo da companhia da filha, levou-a para São Paulo. Durante este período, ele tudo fez para rever a pequena e graciosa Patrícia. Mas em vão.

A saudade era grande. Torturava e machucava o pobre pai.

Como se aproximasse o quinto aniversário da filha, Leandro não queria estar ausente mais uma vez numa data tão importante. Mas como parabenizá-la? Ele nem sabia onde a filhinha se encontrava.

Lançando mão de sua experiência como publicitário, Leandro mandou fixar esta mensagem pelas principais cidades do país:

  • Patrícia. Viva 9 de maio!
  • Parabéns! Venha ver papai.

Conseguiria Leandro rever a filhinha que tanto amava?

O amor deste pai é realmente grande, intenso, admirável. Mas não passa de um pálido reflexo do amor de Deus. Diante da infinitude deste amor, declarou certa vez um dedicado discípulo de Cristo: “O amor de Deus é mais abundante do que a atmosfera. O ar se eleva em camadas sob a terra até a altura de cinquenta quilômetros, enquanto o amor de Deus atinge o próprio céu e preenche o Universo”.

Veja, agora, como Jesus se expressou sobre o amor divino: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3.16).

Sim, Deus entregou o seu único Filho para morrer em nosso lugar. Que bela prova de amor! Foi a maneira mais forte e mais clara de Ele lhe dizer: “Eu me importo com você”. Assim como Leandro espalhou aqueles cartazes, tentando entrar em contato com a filhinha que tanto amava, o Pai celeste, hoje, age de igual forma. Para onde você for, encontrará a mensagem do Evangelho explicitando-lhe o amor que Deus lhe quer dispensar.

Através da morte de seu Filho, Jesus Cristo, Ele anseia conceder-lhe uma nova vida. Ele quer libertá-lo das garras do pecado. Basta tão-somente você aceitar a Jesus como o seu único e suficiente Salvador.

Assim como a mensagem de Leandro comoveu a pequena Patrícia e a própria mãe, voltando a unir aquela família, Deus espera, neste momento, tocar profundamente o seu coração. Reconheça a Cristo, pois, como o seu Salvador.

Ele se importa com você!

“Mas Deus prova o seu amor para conosco,em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores”. (Romanos 5.6-8)

————–

Fonte: Folheto evangelístico da CPAD.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement