Esqueceu a senha?

Alimento Sólido: a base para se julgar!

por Pr. Aureo Ribeiro - dom out 13, 4:58 pm

Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento. Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal. (Hebreus 5.12 ao 14)

Nos anos 80, em minha cidade, surgiu um movimento chamado de Comunidade em Rio Preto, que congregava pessoas dissidentes da igreja Metodista e alguns de outras denominações.

Nessa época, eu não era ainda batizado nas águas, mas conhecia um pouco a palavra de Deus. Aconteceu que uma irmã, jovem, que era amiga de minha família, um dia, chegou até mim e disse-me que a Comunidade de Rio Preto fazia parte da restauração do louvor que Deus traria a sua igreja nos últimos tempos. Como na minha igreja cantávamos corinhos e tinha banda de música, aquilo parecia algo extraordinário: restauração do louvor. Quem já ouviu essa frase?

Essa irmã, inclusive, uma ocasião, disse-me que eles eram a “faculdade” da igreja de Jesus, porque tinha a “visão”. As outras igrejas eram o “ginásio”. Eu ouvi aquilo e, quando aquilo soou arrogante demais para minha pouca sabedoria, eu já fiquei revoltado. Não queria a tal restauração de louvor. Para que? Para me achar superior?

Aquela comunidade se dividiu umas “trocentas” vezes e sinto até pena de muitos que ali congregavam. Não sobrou quase nada. Tinham um louvor lindo, mas não era nada demais, além de uma visão diferente de música. Não digo nem de louvor, mas de capacidades pessoais nas equipes de música. Hoje, eu perguntaria a qualquer um que viesse me falar disso novamente: amada irmã, onde você encontrou isso na Bíblia? O Novo Testamento nem sequer fala em louvor de igrejas!”

Isso passou e então chegamos no início dos anos 90. Começaram a aparecer mais comunidades, pessoas que só falavam em restauração disso, restauração daquilo, etc etc. Vieram os primeiros dentes de ouro, começaram as pessoas a caírem na oração, novas músicas, congressos que se faziam em Brasília, onde profetizavam que este país seria do Senhor Jesus, pessoas que oravam nos trevos das cidades, pessoas que repreendiam demônios nos espaços, etc etc etc. Meus amados, até hoje fico me perguntando como eu consegui escapar disso tudo? Olha que sempre fui pentecostal e pentecostal dos barulhentos!

Também me pergunto onde isso tudo nos levou? Um país que se diz evangélico com 40% de evangélicos, mas que não consegue sequer mudar um projeto sobre aborto, que grita menos que os ativistas GLBT, que se torna mais corrupto a cada dia, onde se abre uma igreja a cada dia e onde se tem mais apóstolos que membros. Oh, igreja brasileira, que o Senhor tenha misericórdia de nós! Onde fomos parar?

Hoje, a coisa está ainda pior, porque aquilo que era ilusão boba pela falta de conhecimento da palavra de Deus, hoje já não apenas algo bobo, mas o fato real é que estamos vivendo uma das fases de maior apostasia que se pode notar na história da igreja no Brasil. Eu diria que 60% a 70% de nossas igrejas hoje, em especial as que estão enquadradas como pentecostais ou neopentecostais, estão totalmente mergulhadas na apostasia. Uma das principais características disso é a simples observação da idolatria que se tornaram os cantores evangélicos.

Mas hoje não quero falar do engano. Quero falar sobre algo tremendo da Palavra do Senhor: o verdadeiro alimento!

Vou comentar algumas coisas que o Senhor nos aponta no texto em epigrafe:

1) devendo já ser mestres pelo tempo

Quantos de nós hoje, com mais de 10 anos de conversão, nunca leu a Bíblia inteira? Quantos sequer a leiam diariamente? Lembro que, em Jo 5.39, o Senhor Jesus advertiu sobre a importância de investigarmos a Palavra, pois ela testifica do Senhor Jesus e por ela cuidamos ter a vida eterna. Pessoas que eram para ser mestres pelo tempo que possuem de igreja ainda precisam tomar leite.

2) ainda necessitais de que se vos torne a ensinar

É por essa razão que o escritor aos Hebreus diz que esses que estão há tempos na igreja precisam ainda de leite. Eles não podem receber alimento mais forte, porque vão ser enganados facilmente. Não conseguem entender as santas revelações da Palavra de Deus. De fato, precisam retornar aos primeiros rudimentos das palavras de Deus (3) e precisam tomar leite (4).

5) alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino.

Esse tipo de crente, ainda que tenha o título de patriarca, apóstolo, ancião, bispo, pastor, enfim, qualquer título, é alguém que não sabe julgar ou avaliar ensinamentos, porque não sendo experimentado na palavra de justiça não sabe exercer a justiça. Aqui tem um ponto que muitos ficam bravos comigo, mas o que o autor da carta aos Hebreus diz sobre esse tipo de gente? Que são meninos! Vou repetir: m e n i n o s !

Então, um cantor que canta com católicos romanos, um pastor que deixa seu povo perder consciência quando ora, um líder que usa estratégias comerciais de marketing dentro de sua igreja, um pregador que alega ouvir Deus o tempo todo, um pregador que estimula o povo a ofertar uma quantia determinada prometendo uma benção específica para aqueles que derem aquela quantia (a promessa é para quem oferta o que desejar no coração e para quem dizima, não porque foi dado a um ministério um valor específico e revelado por Deus), etc etc etc,,,,, é um M E N I N O !. Quem entra nesse engano é tão menino ou mais ainda porque foi atrás de homem e não da palavra.

6) Mas o mantimento sólido é para os perfeitos

Aleluia por isso. O Mantimento Sólido é para os adultos. Para os que podem comer. Mas observe algo: o sólido na realidade é o simples. O sólido não é algo tão complicado, mas é aquilo que Deus já revelou. Desta forma, o mantimento sólido é aquele que nos leva para o céu, aquele que aponta o caminho da glória. E em razão da experiência que se obtém na vida cristã, ou seja, em razão do costume (7)aqueles que se alimentam de comida sólida, podem julgar os falsos profetas, podem apontar para a igreja qual o caminho a não tomar, enfim, estão aptos para discernir tanto o bem como o mal (8)Os sentidos, as faculdades estão capacitadas para mostrar quem tem e quem não tem o fundamento da igreja do Senhor, ou seja, o fundamento dos apóstolos, os fundamentos de Paulo e os ensinos de João, NADA MAIS. O que sai disso é do MALIGNO. Mas o que mais temos hoje são líderes que atribuem todas suas decisões a uma ordem de Deus.

TODOS, EM DIFERENTES PARTES DO MUNDO, OUVEM DEUS DAR UMA ESTRATÉGIA E, DE CERTO MODO, CADA UMA DE UM JEITO OU COM CARACTERÍSTICAS DESIGUAIS. EU QUERIA SABER QUE DEUS É ESSE QUE DEIXOU TUDO PRONTO E AGORA FICA DANDO NOVAS REVELAÇÕES A CADA DIA E CADA UMA DIFERENTE DA OUTRA. COM CERTEZA ESSE NÃO É JEOVÁ! ESSE NÃO É O DEUS DE ABRAÃO, DE ISAQUE, DE JACÓ E MUITO MENOS O DEUS DOS PROFETAS E APÓSTOLOS. ESSE NÃO É O DEUS DA BÍBLIA.

Extraído do blog restauracaodapalavra.blogspot.com.br em 13/10/2013


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Que Deus nos auxilie através da iluminação do Espírito Santo que é o espírtio a discernir a vontade de Deus para as nossas vidas e pautarmos as nossas vidas de acordo com os princípios revelados na Palavra de Deus.
    Um abraço a todos
    Deus abençoe

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement