Esqueceu a senha?

As TJs e a deidade de Jesus Cristo

por Pr. Natanael Rinaldi - ter nov 25, 4:26 pm

tj-homemO ensino das Testemunhas de Jeová diz que em sua pré-existência, Jesus era um arcanjo descrito na Bíblia como Miguel. Ele só tem a natureza e poder de um ser angélico criado. A Sociedade tem chegado a essas conclusões da leitura de certas referências bíblicas como (Jo. 1.1;Cl. 1.15-17; Ap. 3.14).

“… em Isaías 9:6 Jesus Cristo é descrito como “Deus Poderoso”, mas unicamente seu Pai é mencionado na Bíblia como “Deus Todo-poderoso”. E note que em João 17:3 Jesus fala de seu Pai como “o único Deus verdadeiro”. Portanto, no máximo Jesus é apenas um reflexo do verdadeiro Deus” (Raciocínios à Base das Escrituras, p. 418).

“Visto que Jesus disse que ele é “Filho de Deus” e que “o Pai me enviou”, as Testemunhas de Jeová creem que Deus é maior do que Jesus (Jo. 6:57; 10:36). O próprio Jesus reconheceu: “O Pai é maior do que eu” (Jo. 8:28; 14:28). Assim, não cremos que Jesus seja igual ao Pai, como ensina a doutrina da Trindade. Em vez disso, cremos que ele foi criado por Deus e que lhe está subordinado” (Em Que Creem as Testemunhas de Jeová, p. 2-3).

O que a Bíblia diz acerca da deidade de Jesus:

1) A Sociedade Torre de Vigia tem alterado as palavras e significados da Bíblia, para adequá-las ao seu ponto de vista particular, quanto à pessoa de Jesus Cristo.

Palavras modificadas pela STV: o sentido da palavra “princípio” – A Sociedade Torre de Vigia interpreta que a palavra “princípio” tem o sentido de integrar à própria criação como parte dela, em Ap. 3.14. A Bíblia, porém, traz a palavra “princípio” (arche) como significando “origem”, “fonte”, “primeira causa”, “soberano da coisa criada”.

Palavras modificadas pela STV: o sentido da palavra “primogênito”:

  • a) Prioridade, preeminência, posição ímpar (Cl. 1.15);
  • b) Embora Esaú fosse o primogênito, ele passou a legitimidade da sua posição para seu irmão por um prato de lentilhas (Gn. 24.31);
  • c) Primogenitura transferida (1Cr. 5.1);
  • d) Manassés, primogênito de José, perdeu sua primogenitura para seu irmão Efraim (Gn. 41.51-52);
  • e) Efraim é meu primogênito (Jr. 31.9);
  • f) Davi é o primogênito, embora Davi fosse o mais novo dos filhos de Jessé (Sl. 89.27);

Frases alteradas:

  • a) Inserida a palavra “outras” quatro vezes em Cl. 1.16-17 (TNM, 1967);
  • b) Acrescentada a palavra “um” e a palavra “deus” está grafada com letra minúscula em Jo. 1.1.

        2) Fato: A Bíblia revela que existe um só Deus:

  • a) “Não existe Deus além de mim” (Dt. 32.39);
  • b) “Nenhum Deus foi formado antes de mim” (Is. 43.10-11);
  • c) “Além de mim não há Deus” (Is. 44.6-8; 45.5-6,21);
  • d) “Não há outro semelhante a mim” (Is. 46.9).

3) Fato: A Bíblia ensina que Jesus é Deus:

  • a) “A Palavra era Deus” (Jo. 1.1);
  • b) Tomé disse: “Senhor meu! Deus meu!” (Jo. 20.28);
  • c) Deus chama Jesus de “Ó Deus” (Hb. 1.8);
  • d) “Eu Sou” é o nome de Deus no Velho Testamento (Ex. 3.14);
  • e) “Eu Sou antes de Abraão” (Jo. 8.58);
  • f) “Não usurpou ser igual a Deus” (Fp. 2.6).

4) Fato: A Bíblia ensina que Jesus é divino:

  • a) Assim foi profetizado (Is. 9.6);
  • b) Foi reconhecido por Tomé (Jo. 20.8);
  • c) Afirmado pelos apóstolos (Rm. 9.5; Hb. 1.18);
  • d) Aclamado por testemunhas (Jo. 1.14-18).

5) Fato: A Bíblia ensina que Jesus tem os atributos de Deus, o Pai:

  • a) Todo poder (Mt. 28.18);
  • b) Todo conhecimento (Cl. 2.3);
  • c) Eternamente presente (Mt. 18.20);
  • d) Eterno (Jo. 1.14-18).

 

6) Fato: A Bíblia ensina que Jesus é adorado:

  • a) Pelos santos do Velho Testamento (Js. 5.13-15);
  • b) Pelos demônios (Mc. 5.6);
  • c) Por certo homem cego (Jo. 9.38);
  • d) Pelos anjos (Hb. 1.6);
  • e) Pelos discípulos (Lc. 24.52);
  • f) Pelos santos na glória (Ap. 7.9).

 

7) Fato: A Bíblia ensina que Jesus não é anjo:

  • a) Nenhum anjo pode ser chamado Filho de Deus (Hb. 1.5-6);
  • b) O mundo futuro não será governado por anjos (Hb. 2.5);
  • c) Jesus não tomou a natureza de anjos (Hb. 2.16);
  • d) Jesus foi glorificado com Deus e não com anjos (Jo. 17.5);
  • e) Todo poder foi-lhe dado no céu e na terra (Mt. 28.18);
  • f) Ele tem um nome que é sobre todo nome (Fp. 2.9-10);
  • g) Deus não reparte sua glória com outrem (Is. 42.8).

Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

6 Comentários

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Um Grande erros das Testemunhas de Jeová e rejeitaram a Divindade do Senhor Jesus Cristo.eles pensam que Jesus foi criado e é subordinado ao Pai.pensam que O Pai é Maior do que Jesus.quando eu era um Estudante da bíblia das Testemunhas de Jeová eu pensava assim.

  2. A Tradução do Novo Mundo foi adaptada segundo a Doutrina das Testemunhas de Jeová para Negarem a Divindade de Jesus.sempre se refere a Divindade de Jesus o Texto Bíblico foi Alterando na Versão deles da Bíblia.

  3. Até mesmo fizeram Citações dos Pais da Igreja(Antigos Cristãos) do Século II e III foram do Contexto ou pela incompletas para que se pense que eles Não acreditavam na Divindade de Jesus na Publicação”:Deve ser crer na Trindade?”.

  4. Porem Pesquisei as Crenças dos Pais da Igreja do Século II e III e notei que esses Cristão Antigos acreditavam que Jesus era Deus.isso muito Antes do Concilio de Niceia no Século IV.

  5. A Verdade Bíblica é que Jesus Cristo é Deus(João 1:1;João 10:30).Jesus é a segunda Pessoa da Trindade.a Bíblia ensina que Deus é Uno e Trino.eu Hoje acredito que Jesus é Deus.

  6. Louvo a Deus por sua vida, Frankmar. Que maravilha você ter encontrado a verdade da Palavra de Deus. Que o Senhor cada dia lhe abençoe dando lhe mais conhecimento e temor ao nome de Cristo.

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement