Esqueceu a senha?

As TJs e a geração de 1914

por Artigo compilado - sex maio 01, 12:07 am

TJs culto

Mateus 24.34 – Ern verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas essas coisas se cumpram.

Que geração? Este assunto é um ponto de debate entre os leitores cristãos d a Bíblia ‑ mas não entre as testemunhas‑de‑Jeová, porque sua organização disse especificamente que “a evidência aponta para a geração de 1914 como a geração sobre a qual Jesus falou. Assim, esta geração não passará, de forma alguma, até que estas coisas (incluindo o Apocalipse) ocorram’ ” (A Sentinela, 15/02/86,p.5,edição norte‑americana).

Por muitos anos, cada edição da revista Despertai! tem apresen­tado sua declaração de intenções na página 2: “Mais importante, esta revista edifica a fé na promessa do Criador de uma nova ordem pacífica e serena antes que a geração que viu os eventos de 1914 pereça.” A edição de Despertai!, de 8 de outubro de 1968, definiu essa geração ainda mais precisamente dizendo: “Jesus estava obviamente falando sobre aqueles que eram velhos o bastante para testemunhar com entendimento sobre o que aconteceu “,sugerindo que esses seriam “jovens de 15 anos de idade” (p. 13). Eles dis­seram com toda segurança que “a `geração’ logicamente não se aplicaria a bebês nascidos durante a I Guerra Mundial” (A Sen. tinela,01/10/78,p.31,edição norte‑americana).

É preciso apenas calcular que alguém que tivesse 15 anos em 1914 estaria com 25 anos em 1924,35 em 1934 ‑ e 85 em 1984 ‑ para perceber que a geração da Torre de Vigia “que não passará” estaria quase extinta em meados dos anos 80. A profecia estava quase fracassando. Mas eles não mudaram a profecia, antes os lideres das Testemunhas de Jeová simplesmente estenderam a geração. Ao invés de 15 anos de idade, de quem poderia teste­munhar “com entendimento” o que aconteceu em 1914, eles começaram a indicar que a geração seria formada daqueles que “nasceram por aquele tempo” (os mesmos bebês que haviam ex­cluído anteriormente!), dizendo: “Se Jesus usou ‘geração’ neste sentido e nós a aplicarmos para 1914, então os bebês daquela geração têm hoje 70 anos de idade ou mais” (A Sentinela, 15/05/84, p.5, edição norte‑americana).

Cristãos genuínos oram ansiosamente pelo retorno do Senhor. E nós esperamos e espreitamos a sua vinda. Mas aqueles que fazem falsas profecias se encaixam na categoria daqueles acerca dos quais o Senhor nos preveniu dizendo: “porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão grandes sinais e prodigios; de modo que, se possível fora, enganariam até os escolhidos” (Mat. 24:24).

Fonte de pesquisa: “As Testemunhas de Jeová refutadas versículo por versículo”, David A. Reed; trad. de Marcelus Virgílius Oliveira e Valéria Oliveira. ‑ 2. ed. Rio de janeiro: JUERP, 1990.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement