Esqueceu a senha?

As TJs e a questão da Trindade

por Pr. Natanael Rinaldi - seg dez 01, 10:26 am

TJs livros_1

As Testemunhas de Jeová negam a doutrina da Trindade. Elas afirmam que Deus, o Pai, é o Todo-poderoso; Jesus é um deus poderoso; e que o Espírito Santo é uma força ativa.

“Quem é Deus? O Ser Supremo, cujo nome distintivo é Jeová. Em contraste com o verdadeiro Deus, há muitos deuses. Alguns desses fizeram de si mesmos deuses; outros foram feitos objetos de adoração pelos que o servem” (Raciocínios à Base das Escrituras, p.120).

“As Testemunhas de Jeová creem que Jeová é o inigualável Soberano Senhor do Universo” (O Homem em Busca de Deus, p. 356). “Sem dúvida, a doutrina da Trindade confundiu e diluiu o entendimento das pessoas a respeito da verdadeira posição de Deus. Ela impede que as pessoas conheçam com exatidão o Soberano Universal, Jeová, Deus” (Deve-se Crer na Trindade? Brochura, p. 30). “A Trindade não é ensinada na Bíblia” (Poderá Viver para Sempre no Paraíso na Terra, p. 40).

“Não cremos que Jesus seja igual ao Pai, como ensina a doutrina da Trindade. Em vez disso, cremos que ele foi criado por Deus e Lhe está subordinado” (Em que Creem as Testemunhas de Jeová, p. 2-3).

“PERGUNTA: Jesus é na verdade Deus? RESPOSTA: Não. Jesus nunca se considerou igual a Deus. Pelo contrário, ele repetidas vezes mostrou que era submisso a Jeová. Por exemplo, referiu-se a Jeová como ‘meu Deus’ e “o único Deus verdadeiro” (Mateus 27:46; João 17:3). Somente alguém subordinado a outra pessoa usaria expressões assim para se referir a ela. Um funcionário que se refere a seu empregador como “meu chefe” ou “o responsável” está assumindo claramente uma posição inferior. Jesus também mostrou que ele e Deus não são a mesma pessoa. Certa vez, ele disse a opositores que desafiaram sua autoridade: “Na vossa própria Lei está escrito: ‘O testemunho de dois homens é verdadeiro.’ Eu sou um que dá testemunho de mim mesmo, e o Pai que me enviou dá testemunho de mim” (João 8:17-18). Sem dúvida, Jesus e Jeová são duas pessoas distintas. Se não, como seriam considerados duas testemunhas? (A Sentinela, 01/04/2012, p. 4-7).

“O ‘Espírito Santo’, a suposta terceira pessoa da Trindade, não se trata duma pessoa, mas da força ativa de Deus. João, o batizador, disse que Jesus batizaria com o espírito santo, assim como João batizava em água. Portanto, assim como a água não é uma pessoa, tampouco o espírito santo é pessoa” (Poderá Viver para Sempre no Paraíso na Terra, p. 40).

O que a Bíblia diz acerca da Trindade – A doutrina da Trindade está implícita no Velho Testamento (Gn. 1.26; 3.22 e 11.7) e revelada no Novo Testamento (Mt. 3.16-17; 28.19 e 2Co. 13.13). A Trindade significa existirem três pessoas num único Deus verdadeiro: Pai, Filho e Espírito Santo. Cada uma das pessoas é distinta uma da outra em suas características pessoais, mas elas são iguais em poder, glória e natureza.

 

Existe um só Deus:

a) O Senhor nosso Deus é um só Senhor (Dt. 6.4);
b) Não existe outro Deus (Dt. 32.39);
c) Nenhum Deus foi formado antes ou depois dele (Is. 43.10);
d) Não existe outro Deus (Is. 44.6).

Cada uma dessas pessoas é chamada Deus:

a) O Pai (Ef. 4.6);
b) O Filho (Jo. 1.1, Jo. 20.28; Tt. 2.13; Hb. 1.8; 1Jo. 5.20);
c) O Espírito Santo (At. 5.3-4).

Cada uma dessas pessoas é descrita como Deus:

a) O Pai (Is. 44.24);
b) O Filho (Jo. 1.1-3);
c) O Espírito Santo (Jó 26.13 e 33.4).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como eterna:

a) O Pai (Sl. 93.2);
b) O Filho (Mq. 5.2; Hb. 1.8);
c) O Espírito Santo (Hb. 9.14).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como inspirada

a) O Pai (2Tm. 3.16);
b) O Filho (1Pe. 1.10-11 );
c) O Espírito Santo (2Pe. 1.21).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como onipresente:

a) O Pai (Jr. 23.24);
b) O Filho (Mt. 28.20);
c) O Espírito Santo (Sl. 139.7-10).

 Cada uma dessas Pessoas é descrita como onisciente

a) O Pai (Jr. 17.10);
b) O Filho (Jo. 2.24);
c) O Espírito Santo (1Co. 2.10-12).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como onipotente

a) O Pai (Mt. 19.26);
b) O Filho (Hb. 1.3);
c) O Espírito Santo (Rm. 15.19).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como santo

a) O Pai (Hc. 1.12);
b) O Filho (At. 3.14);
c) O Espírito Santo (Jo. 14.26).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como ressuscitador

a) O Pai (1Ts. 1.10);
b) O Filho (Jo. 2.19-21);
c) O Espírito Santo (Rm. 8.11).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como a verdade

a) O Pai (1Ts. 1.9);
b) O Filho (Jo. 14.6);
c) O Espírito Santo (Jo. 14.17).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como dirigindo os crentes

a) O Pai (Dt. 32.12);
b) O Filho (1Co. 10.1-4);
c) O Espírito Santo (Is. 63.11-14).

Cada uma dessas Pessoas atrai o povo para si

a) O Pai (Jo. 6.44);
b) O Filho (Jo. 12.32);
c) O Espírito Santo (1Co. 12.3).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como preservando a salvação do cristão

a) O Pai (Jo. 10.29);
b) O Filho (Jo. 10.28);
c) O Espírito Santo (Ef. 4.30).

Cada uma dessas Pessoas é descrita como santificando o cristão

a) O Pai (Jo. 10.29);
b) O Filho (Hb. 2.11);
c) O Espírito Santo (1Co. 6.11).

A Bíblia apresenta Jesus como o Jeová do Velho Testamento:

a) “Preparai o caminho de Jeová” (Is. 40.3 – TNM);
b) “Preparai o caminho de Jeová (Mt. 3.1-3 – TNM);

Com relação à adoração:

a) Jeová – “todo joelho se dobrará” (Is. 45.23);
b) Jesus – “ao nome de Jesus se dobrará todo joelho” (Fp. 2.10).

Com relação ao título:

a) Jeová – “Eu Sou” ehyeh em hebraico é Jeová (Ex. 3.14);
b) Jesus – “Ego Eimi” no grego é Jesus (Jo. 8.58 e 18.5).

Quem está vindo? – Quem é o Primeiro e o Último?

a) Jeová é o primeiro e o último (Is. 44.6);
b) Jesus é o que vem e é o Alfa e o Ômega (Ap. 22.12-16).


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement