Esqueceu a senha?

Barroso é suspeito para julgar união gay

por Artigo compilado - sex jul 12, 9:03 am

Barroso é suspeito para julgar união gay; entenda o caso

Luís Roberto Barroso ainda não participou nem mesmo de sua primeira sessão deliberativa do Supremo Tribunal Federal (STF) e já está sendo alvo de um pedido de suspeição. Informou Lauro Jardim, em sua coluna no site da Veja.

Como Ayres Britto foi o relator da ação que liberou a união gay em 2011 e Barroso herdou seus processos ao assumir a cadeira no STF, esse também foi enviado a seu gabinete.

Acontece que Barroso advogou a favor da união homossexual. Com isso, a Associação Eduardo Banks, que entrou com recurso contra a decisão do Supremo, enviou um pedido de suspeição para que Barroso deixe a relatoria da matéria.

Ao que tudo indica, nesse pedido a Associação será vitoriosa, uma vez que, mesmo sem a iniciativa, o próprio Barroso já se daria por impedido no processo.

Agora, no recurso contra a decisão, a chance de reversão do julgamento que liberou a união gay é igual a zero.

Fonte: Veja


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement