Esqueceu a senha?

Bolsonaro condena legalização do aborto na Argentina

por Artigo compilado - qui dez 31, 12:03 pm

Em comentário em sua conta de Twitter em 30 de dezembro de 2020, o Presidente Jair Bolsonaro disse sobre a legalização do aborto na Argentina:

  • “Lamento profundamente pelas vidas das crianças argentinas, agora sujeitas a serem ceifadas no ventre de suas mães com anuência do Estado. No que depender de mim e do meu governo, o aborto jamais será aprovado em nosso solo. Lutaremos sempre para proteger a vida dos inocentes!”

A preocupação dele com as vidas dos bebês que serão mortos na Argentina é uma atitude nobre. Mas a declaração dele de que, no que depender dele, o aborto jamais será legalizado no Brasil é uma atitude muito mais nobre.

São essas atitudes nobres que me fazem ficar feliz com o voto que dei a ele, embora eu fique triste com atitudes dele em outras questões que não são tão nobres.

Contudo, como não elogiar um presidente que diz “Lutaremos sempre para proteger a vida dos inocentes!”?

Muitas vezes, presidentes preferem não interferir nas questões de outros países. Mas o aborto é questão de morte de inocentes e merece ser tratada internacionalmente.

Damares Alves, a ministra dos Direitos Humanos, também opinou. Ela disse:

  • “Agradeço a Deus por nosso país ser majoritariamente pró-vida. Nosso governo trabalha para proteger a vida de nossas crianças antes mesmo de elas nascerem. Essa é a vontade do povo. Essa é nossa missão: educar para o planejamento familiar e lutar pelo fim da violência sexual.”

Fonte: www.juliosevero.com


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement