Esqueceu a senha?

Brasileiros islâmicos são ensinados a bater nas esposas

por Artigo compilado - qui nov 19, 10:17 am

Clérigo muçulmano no Brasil ensina como bater em esposas

Members of a family receive treatment at a hospital after being attacked with acid at their home by unknown gunmen in Kunduz

  • O Alcorão na Surata 4.34 diz:“… àquelas de quem temeis a desobediência, exortai-as, pois, e abandonai-as no leito, e batei-lhes”.

Cadê as campanhas da Globo contra esses escândalos? Cadê a Rede Record para detalhar a pedofilia do Profeta Maomé, que estuprou sua “esposa” de nove anos de idade? Onde está a Maria do Rosário, que não aparece para defender as muçulmanas?

Cadê, enfim, as VADIAS feministas a gritarem para que tirem os suaks de suas vaginas? Onde estão Jean Wyllys e os gayzistas a descerem o pau nas mesquitas, fazendo seu showzinho patético? Onde está Serginho Groismann e a ralé dos programas da Globo a fazerem críticas aos muçulmanos?

Mulher não é propriedade, é companheira; não é dependente, é fiadora do marido; não é empregada do lar, é zeladora do que lhe pertence; não é escrava, mas legítima Rainha de um Reino cujo Rei deve ser defensor e condutor, não um tirano.

O Islamismo radical é a versão masculinizada da mesma tirania pela qual as feministas anseiam: a que submeta o outro pelo MEDO!

E A ZUEIRA NEVER ENDS! 😮 Assista também abaixo:

 

Extraído do site http://ebrael.info/ em 19/11/2015


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

10 Comentários

Comentários 1 - 10 de 10Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Esse mustafá deveria ser indiciado pelas autoridades na lei maria da penha. 
    Será que esse calhorda tem filhas casadas e gostaria de saber que as filhas apanham ?
    Repara que “homem bomba” é só tonto e pobre, vê se tem algum marajá rico se explodindo ?
    suicidas são otários!

    1. Depois que as filhas são casadas com os marmanjos, os pais não têm mais qualquer poder sobre elas no Islã. Segundo a fé deles, as mulheres passam, literalmente, a pertencer ao homem.

    2. Esses “marmanjos” estando no Brasil tem que obedecer a lei brasileira, aqui é crime bater ou agredir uma mulher. se não querem ser submissos as nossas leis, façam as malas e caiam fora para os seus países arbitrarios ou voltem ao deserto do saara de onde sairam esse povo ruim.

  2. Infelizmente essa religião é um perigo para o mundo civilizado.

  3. È satãnico isto que eles fazem com as mulheres e saber que esta seita existem milhoes de sequidores pelo mundo é ou não o fim do mundo

  4. yazeed sou muculmano vivo em mocambique
    esses videos sao muitos explicitos no assunto nenhum desses muculmanos disse que pode se espancar a sua mulher . simplismente e permissivel bater com o miswak que serve pa escovar os dentes nunca ia aleijar .

  5. todas casais brigam e a certos que chegam a violencia das 2 partes tanto mulher como homem podem cometar atos de violencia pa se vigarem um do outro e nao culpa da religiao
    um dos videos explica bem se voce espancar a sua mulher sem seguir as regras de DEUS voce ira acertas as contas com DEUS

  6. vcs tao ai a flar que deviamos ser eliminados somos terroristas mas nessas guerras ilegais quem mais morreu sao muslim criancas,velhos ,mulheres e os homens tao a sair pa se juntar ao regime contra o isis tamos ajudar a combater o isis nao estams do lado deles .

  7. prs voces e normal quererem matar muculmanos tirarem essa religiao da sociedade . o que isso faz de vcs salvadores ? seres humanos que desejam morte aos outros pk sao muculmanos vvcs sao iguias aos isis entao sao assinos tb

    1. Para os cristãos nao é normal matar mulçumanos, pra nós é normal ser morto por mulçumanos. Aqui no brasil e em varios paises democráticos vcs sao livres para abrirem mesquitas. E nos países mulçumanos? Pode um missionário abrir igrejas ou falar do amor de Cristo para um mulçumano?

Comentários 1 - 10 de 10Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement