Esqueceu a senha?

Calvino e o arcanjo Miguel

por Pr. João Flávio Martinez - qua jul 30, 7:17 pm

calvin-720x380

A doutrina de que Jesus é o arcanjo Miguel é considerada por muitos como uma heresia peculiar das Testemunhas de Jeová. De fato, as Testemunhas ensinam com frequência que Jesus é idêntico a Miguel, tanto em sua existência pré-humana, como depois de ter voltado ao céu após sua ressurreição. O que dizem as páginas 828 e 829 do manual da Torre de Vigia intitulado ESTUDO PERSPICAZ DAS ESCRITURAS (1991, vol. II) é um exemplo disso.

Os Adventistas do Sétimo Dia também comentam essa tamanha heresia afirmando que:

“Moisés passou pela morte, mas Cristo desceu e lhe deu vida antes que seu corpo visse a corrupção. Satanás procurou reter o corpo, pretendendo-o como seu; mas Miguel ressuscitou Moisés e levou-o ao Céu. […] Satanás maldisse amargamente a Deus, acusando-o de injusto por permitir que sua presa lhe fosse tirada; Cristo, porém, não repreendeu a Seu adversário, embora fosse por sua tentação que o servo de Deus houvesse caído. Mansamente remeteu-o a Seu Pai, dizendo: ‘O Senhor te repreenda’.” (WHITE, Ellen G. Primeiros Escritos. Tatuí – SP: Casa Publicadora, 1995. p. 164)

Talvez alguém queira, então, saber o que isso tem a ver com esta obra literária chamada Calvinismo Recalcitrante (clique aqui pra adquirir). Explico, é que João Calvino cometeu a mesma conjectura dizendo que: “Alguns acreditam que a palavra Miguel representa Cristo, e eu não me oponho a esta ideia […] eu incluo o sentido que eles relacionaram este à pessoa de Cristo”. (CALVINO, João. Um comentário sobre Daniel. Edimburgo, reimpressão de 1995, vol. II, p. 253 – 369).

Claro que os calvinistas também rechaçam isso como uma heresia, mas relutam em admitir qualquer questionamento na doutrina “tulipiana” dos pontos Soteriológicos de João Calvino. Quando os remonstrantes (arminianos) quiseram e solicitaram, para reavaliar as conjecturas da doutrina, foram enxovalhados e pejorativamente adjetivados de sectários (alguns até foram mortos e queimados como hereges). Desde então, os calvinistas têm se colocado em uma posição jactanciosa diante de uma questão que é teologicamente complexa ante a magnitude do tema. Assim como ele errou em comparar Jesus a um anjo, com certeza outros pontos precisam ser reavaliados sem medo e pela simplicidade da Palavra.

Mas por que é heresia chamar Jesus de Anjo?

Porque Jesus é Criador (Jo. 1.3; Cl. 1.15-16) e Miguel é uma criatura celestial, criada pelo próprio Jesus. Os anjos não podem ser adorados (Cl. 2.18; Ap. 22.8-9) ao passo que Jesus é adorado pelos próprios anjos (Hb. 1.6; Ap. 5.11-13). Miguel é um dos primeiros príncipes (Dn. 10.13) indicando com isso que existem outros iguais a ele; entretanto, Jesus é o Unigênito do Pai, mostrando que não existe outro igual a Ele (Jo. 1.14; 3.16).

Extraído do livro “Calvinismo Recalcitrante” – clique aqui pra adquirir


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

13 Comentários

Comentários 1 - 13 de 13Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Calvino diz “não me oponho a esta ideia, incluo o sentido que eles relacionaram [Arc.miguel] à pessoa de Cristo”. Se for assim, então João Batista é Elias mesmo ? 
    HEY PRESBITERO ! ACORDA PEÃO !

  2. Quando eu era Estudante das Testemunhas de Jeová. eu acreditava nesse Doutrina errada de que Jesus era o Arcanjo Miguel.Porem Hoje rejeito totalmente essa ideia.Porque Jesus é Deus e Miguel é um Arcanjo.

  3. Jesus é diferente de Miguel.Porque Jesus é superior a Miguel,Jesus sempre existiu e Miguel foi criado,Jesus é Deus e Miguel é um Arcanjo subordinado a Deus.

  4. Quem é o Anjo da aliança em Malaquias 3:1??
    nessa profecia o mensageiro vem preparar o caminho para o messias, que esta sendo descrito também como “Anjo da aliança” a quem vós aguardais. 😀 
    Arcanjo só existe 1, e significa “O primeiro anjo”.

    1. Em Daniel 10:13 está escrito que Miguel é “UM DOS PRIMEIROS PRÍNCIPES”, evidenciando que Miguel não é único. Só JESUS CRISTO é ÚNICO, pois Ele é “O PRÍNCIPE DA PAZ”, e não “um dos PRIMEIROS príncipes”, como é Miguel.

  5. Há quem pensa que a palavra Miguel “representa” Cristo, e não faço objeção a essa opinião. Quem Moisés representava? E Josué? E Davi? E por aí vai… Terrível se querer atribuir a alguém aquilo que ele não falou, assim como os Fariseus faziam com Cristo.

    1. Quando ele disse que não era contra, é porque concordava. HOMENS falham e cometem heresias. Você está superestimando Calvino. E, essa heresia que ele cometeu, como os TJ e os ASD, não é a única heresia que ele cometeu. O único que não falhou e nunca falhará é nosso Salvador Jesus Cristo.

  6. Quem diria que Miguel Serveto e Calvino tinham tanto em comum. Ambos eram HEREGES

  7. Calvino não defende uma posição, ele apenas não se opõe, não disse nem que sim, nem que não. Creio que pra essa posição há uma possibilidade remota de Miguel ser, há indícios, mas não é, por isso mesmo ele ficou em cima do muro.

    1. seu jogo de palavras é “incrível” – és mestre do malabarismo exegético. Contudo, Jesus disse.

      seja seu SIM, SIM e NÃO, NÃO; o que passa disso é procedência maligna _ Mt 5.37

      aqui neste verso cai seu argumento por terra estrebuchando pelo chão e espumando pela boca kkkkkkk

    2. Omissão também é pecado!

  8. Dizer que Jesus é Miguel é uma blasfêmia, rebaixa o Criador ao nível da criatura. Mais uma das heresias terríveis que as seitas adventista e torre de vigia levam seus fiéis a cometer.

  9. Site incrível, de conteúdo denso, com matérias sucintas, porém bem fundamentadas. Parabéns. Que Deus continue te abençoando, professor.

Comentários 1 - 13 de 13Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement