Esqueceu a senha?

Canadá concede cidadania à jovem Malala

por Artigo compilado - qui out 17, 10:29 am

O governo do Canadá anunciou nesta quarta-feira que vai conceder a cidadania honorária à jovem paquistanesa Malala Yousafzai, que foi gravemente ferida após um atentado talibã por defender a educação das meninas em seu país.

O governo canadense anunciou a medida durante o Discurso do Trono, que hoje foi pronunciado no Parlamento canadense pelo governador geral do Canadá, David Johnson, que atua como Chefe de Estado em representação da rainha da Inglaterra.

Malala será a sexta pessoa a receber a cidadania honorária canadense. Anteriormente, o Canadá concedeu essa honraria a Nelson Mandela, Raoul Wallenberg, Dalai Lama, Aung San Suu Kyi e Aga Khan.

O primeiro-ministro canadense, Stephen Harper, se reuniu com Malala no dia 26 de setembro em Nova York e a convidou a visitar o país.

A adolescente de 16 anos sobreviveu a um ataque feito pelos talibãs, que atiraram contra ela por sua defesa da educação feminina em seu país. Atualmente, a jovem vive na cidade inglesa de Birmingham.

Malala, que foi uma das apostas para receber o prêmio Nobel da Paz este ano, foi agraciada no dia 10 de outubro com o prêmio Sakharov para a Liberdade de Pensamento, concedido pela União Europeia.

Extraído do site da Folha em 17/10/2013


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement