Esqueceu a senha?

Candidatos se aproximam de lideranças religiosas

por Artigo compilado - seg abr 28, 1:03 pm

Candidatos à Presidência se aproximam de lideranças religiosas. Católicos representam 60% da população brasileira e 30% dos eleitores

O senador Aécio Neves (PSDB), pré-candidato a Presidência da República, participou da procissão do enterro de Cristo no feriado da Sexta-Feira da Paixão na cidade de São João Del Rey (MG).

Carregando a Lanterna de Prata, o presidenciável fez questão de participar da festividade católica na terra natal de seu falecido avô, Tancredo Neves.

Aécio Neves não foi o único que aproveitou o feriado religioso para se aproximar dos fiéis católicos. O ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha (PT0 – pré-candidato ao Governo de São Paulo – e o ex-governador Eduardo Campos (PE) também participaram de missas católicas no período de Páscoa.

De acordo com o blog Coluna Esplanada não há notícias recentes, ou de até anos atrás, de que três pré-candidatos participaram de celebrações da Páscoa, o que levanta suspeitas de que o interesse seria o voto dos católicos.

Apesar das constantes quedas do número de fiéis da Igreja Católica, a religião ainda representa 60% dos brasileiros e cerca de 30% dos eleitores.

Não por acaso Eduardo Campos aproveitou sua participação na missa de Páscoa na cidade de Aparecida, interior de São Paulo, para se posicionar contra o aborto, assunto que interessa aos católicos e evangélicos.

O senador Aécio não entrou no tema, participou da cerimônia como um devoto, seguindo a procissão até o final sendo acompanhado por deputados estaduais e federais.

Extraído do site gospelprime em 28/04/2014


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement