Esqueceu a senha?

Cometa o pecado da gula no mosteiro de São Bento

por Pr. Natanael Rinaldi - qui ago 30, 4:31 pm

O jornal A TRIBUNA de 12 de junho de 2011 traz um artigo com um título estranho em se tratando do local onde se realiza COMETA O PECADO DA GULA NO MOSTEIRO DE SÃO BENTO. Diz a notícia, “Canto gregoriano, espetáculo de música ou dança, exposição de arte sacra barroca e contemporânea, além de um delicioso bruch. Tudo junto e em sequência bem coordenadinha. Boa pedida, não? Pois é, esse é um programa que teve início no Mosteiro de São Bento, na Capital, em 2007, para a visita do Papa Bento 16. E deu tão certo que se manteve até hoje. Mas apesar de ser um programa e tanto, só acontece no último domingo de cada mês. A procura é tão grande que as reservas já estão preenchidas até julho, mesmo com o preço salgado de R$130,00 por pessoa.”… “O bruch é um capítulo à parte no roteiro. O cardápio é tão bom que, mesmo sem querer, a gente cai, literalmente, de boca em um dos sete pecados capitais: a gula. E sem nenhum constrangimento.”

PR. NATANAEL: Quase não se houve falar sobre os sete pecados capitais, mas quais são eles?

1. Luxúria: apego e valorização extrema aos prazeres carnais, à sensualidade e sexualidade; desrespeito aos costumes; lascívia. 2. Gula: comer somente por prazer, em quantidade superior àquela necessária para o corpo humano.3. Avareza: apego ao dinheiro de forma exagerada, desejo de adquirir bens materiais e de acumular riquezas. 4. Ira: raiva contra alguém, vontade de vingança. 5. Soberba: manifestação de orgulho e arrogância. 6. Vaidade: preocupação excessiva com o aspecto físico para conquistar a admiração dos outros. 7. Preguiça: negligência ou falta de vontade para o trabalho ou atividades. importantes.

E qual foi a religião que definiu os sete pecados capitais?

Os sete pecados capitais são atitudes humanas contrárias às leis divinas. Foram definidos pela Igreja Católica, no final do século VI, durante o papado de Gregório MagnoOs sete pecados capitais são atitudes humanas contrárias às leis divinas. Foram definidos pela Igreja Católica, no final do século VI, durante o papado de Gregório Magno.

Permanece ainda essa lista de sete pecados capitais ou já houve mudança na indicação desses pecados, por exemplo, os chamados pecados modernos?

Sim, já houve mudança e os novos pecados capitais são assim indicados,
em função das mudanças ocorridas na sociedade atual, o Vaticano criou, em março de 2008, um conjunto de novos pecados adaptados à era da globalização. 1) – Experimentos “moralmente dúbios” com células-tronco: a Igreja Católica defende a idéia de que a vida se forma no momento da formação do embrião. Portanto, condena qualquer tipo de pesquisa científica com embriões humanos e células-tronco embrionárias. 2) – Uso de drogas: as drogas causam dependência física e psicológica nos usuários e prejudicam o funcionamento harmonioso da família. É uma atitude contra a vida humana. 3) – Poluição do meio ambiente: a poluição do ar, água e solo trazem prejuízos sérios ao meio ambiente e a saúde das pessoas. 4) Agravamento da injustiça social: o capitalismo criou, em muitos países, uma má distribuição de renda, deixando à margem da sociedade grande parcela da população (os excluídos sociais). 5) – Riqueza excessiva: o capitalismo favoreceu a concentração de renda, muitas vezes, de forma excessiva. Algumas pessoas concentram bilhões de dólares, enquanto outros, não têm se quer o que comer.

A indicação desses sete pecados capitais e os novos indicados têm apoio na Bíblia? Como a Bíblia define a gravidade de pecados? 

Em duas partes da Bíblia há indicação de pecados que, se os que os cometem não se arrependerem enquanto tem vida, irão para a perdição eterna. Apocalipse 21:8 – “Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.” Apocalipse 22:15 – “Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.”

Qual o pecado considerado imperdoável na Bíblia?

Mateus 12:31 – “Portanto, eu vos digo: Todo o pecado e blasfêmia se perdoará aos homens; mas a blasfêmia contra o Espírito não será perdoada aos homens.32 – E, se qualquer disser alguma palavra contra o Filho do homem, ser-lhe-á perdoado; mas, se alguém falar contra o Espírito Santo, não lhe será perdoado, nem neste século nem no futuro. Diz ainda a Bíblia que há pecados para a morte em I João 5:16 – Se alguém vir pecar seu irmão, pecado que não é para morte, orará, e Deus dará a vida àqueles que não pecarem para morte. Há pecado para morte, e por esse não digo que ore.17 – Toda a iniqüidade é pecado, e há pecado que não é para morte.”

Qual a característica do pecado da gula?

É aquele pecado que se constitui um deus para determinadas pessoas. Escrevendo aos filipenses Paulo se refere àqueles cujo “deus é o ventre” (3.19), isto é, o alimento. O pecado da gula provoca outros pecados preguiça, paixões, doenças, etc.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement