Esqueceu a senha?

Como Israel escapou do juízo que veio para o Egito?

por Norman Geisler - sáb jul 12, 12:52 pm

israel no deserto

ÊXODO 7.19 – Como Israel pôde escapar do juízo que veio para o Egito?

PROBLEMA: Diversas vezes, no relato das pragas, a Escritura afirma que o juízo cairia sobre “toda a terra do Egito” (7:19; 8:16, 24; 9:22). Entretanto, outras passagens declaram que Deus protegeu Israel dos efeitos das diferentes pragas (8:22). Não é uma contradição algumas passagens dizerem que as pragas afetariam toda a terra do Egito, e outras indicarem que Israel não foi atingida por essas pragas?

SOLUÇÃO: No hebraico, a palavra normalmente traduzida por “todo” ou “toda” não tem um sentido necessariamente absoluto. O contexto é que determina se o termo deve ser entendido como absoluto ou não. Deus disse a Moisés que este se certificasse de que Faraó sabia que Israel não estava sendo atingido pelas pragas que estavam sendo trazidas sobre o Egito. “Dize-lhe: …Naquele dia, separarei a terra de Gósen, em que habita o meu povo, para que nela não haja enxames de moscas, e saibas que eu sou o Senhor no meio desta terra” (Êx 8:20,22).

O versículo 24 diz: “E vieram grandes enxames de moscas à casa de Faraó, e às casas dos seus oficiais, e sobre toda a terra do Egito”. Entretanto, de acordo com a mensagem de Deus dada a Faraó, isso não afetou a terra de Gósen nem os israelitas. Encontramos isso de novo noutra passagem (9:6), que afirma: “E o Senhor o fez no dia seguinte, e todo o rebanho dos egípcios morreu; porém, do rebanho dos israelitas não morreu nem um”.

            No contexto dos juízos de Deus sobre o Egito, há uma clara distinção entre o povo de Faraó e o povo de Deus. Não há contradição entre essas referências, pois os juízos de Deus foram sobre toda a terra dos egípcios, sobre todo o povo de Faraó, mas Deus separou e protegeu o seu povo desses terríveis eventos.

Extraído do livro MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e “Contradições” da Bíblia. Norman Geisler – Thomas Howe.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement