- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

Como sabemos que existe o inferno?

Pergunta: Uma pergunta que frequentemente fazem é: Como vocês cristãos sabem que existe um inferno? O inferno não é a qui mesmo neste mundo? O Pastor poderia responder?

Resposta: Sim, e baseamos nossa resposta na Bíblia, pois Jesus disse dela: “A tua Palavra é a verdade” (João 17.17). E Jesus mesmo afirmou a existência desse lugar chamado inferno, nos seguintes termos: “Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos” (Mateus 25.410. Jesus referiu-se ainda ao inferno em Mateus 22.13, dizendo: “Amarrai-os de pés e mãos e lançai-os nas trevas exteriores; ali haverá pranto a ranger de dentes”.

 

Pergunta? Alguma pessoa terá direito de reclamar sobre o inferno e o castigo eterno, achando que o homem não merece tal castigo?

Resposta: Certamente não, pois como lemos em Mateus 25.41 o inferno não foi preparado para o homem, mas para o diabo e seus anjos. O homem, se vai para o inferno, é porque vive uma vida de pecado e assim colhe o que semeia. Semeia-se uma vida de pecado, colhe-se uma eternidade de tormentos. Uma vida sem Cristo, uma eternidade sem Cristo: “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso ceifará. Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espirito ceifará a vida eterna” (Gálatas 6.7-8).

 

Pergunta: Por que hoje se fala pouco do inferno, será que é para não desagradar as pessoas?

Resposta: Na verdade, existem pessoas que para agradar seus ouvintes até aboliram de suas Bíblias a palavra inferno. Uma dessas traduções que aboliu a palavra inferno é a Tradução do Novo Mundo, das testemunhas de Jeová. Os que usam essa Bíblia chegam a afirmar que o inferno é a sepultura. Sendo a sepultura um lugar de inconsciência, afirmam o seguinte: “Inferno é um lugar de descanso com esperança de se sair dele”. Mas, enquanto isso, lemos nas suas publicações: “Os ímpios serão lançados no inferno e todas as gentes que se esquecem de Deus.” Ora, se o inferno fosse a sepultura, e no inferno só seriam lançadas as pessoas que se esquecem de Deus, onde ficariam os corpos das pessoas que se lembram de Deus? Na sepultura não, porque sendo sepultura o inferno, e só os ímpios vão para lá, então onde os corpos dos justos seriam colocados? Lemos em Jeremias 9.5: “E zombará cada um do seu próximo e não falam a verdade; ensinam a sua língua a falar a mentira”. Muitos guias religiosos ensinam a sua língua a falar a mentira, dizendo que o inferno é a sepultura, quando, na verdade, a sepultura é o lugar do corpo e não o lugar da alma. Quanto à alma, Jesus disse: “No inferno, estando em tormentos, levantou os o lhos e viu ao longe Abraão” (Lucas 16.23). Jesus afirmou que a alma do rico no hades (ou inferno) estava consciente e em tormentos, e não que estava em descanso. Em descanso estava a alma de Lázaro. “E agora este é consolado e tu atormentado” (Lucas 16.35).

 

Pergunta: Quantas pessoas caminham por esta via, indiferentes quanto ao problema a salvação de suas almas, esquecendo-se que a morte pode estar tão perto e elas nem desconfiam que podem perder-se eternamente, não é verdade?

Resposta: Sim. Quão distante está a morte do homem?, perguntam muitos. Não muito, responde a Bíblia. Somente um passo, há apenas um passo entre eu e a morte (1 Samuel 20.3). Na infância e na juventude o homem está tão próximo da morte quanto na idade adulta ou na velhice. Diariamente os fatos à nossa volta confirmam isso, e eu pergunto a você: Qual a sua situação hoje diante de Deus? Se você não está reconciliado com Deus, através de Jesus Cristo, a morte é uma mensageira terrível para quem exige tudo e ama muitas coisas. “Põe em ordem a tua casa, porque morrerás e não viverás” (Isaías 38.1). E, após a morte, segue-se o juízo (Hebreus 9.27).

 

[1] [2]Compartilhar [3]