Esqueceu a senha?

Cristo morreu por aqueles que vão para o inferno?

por Artigo compilado - dom fev 09, 12:08 am

jesus-cruz

Se Cristo morreu por aqueles que vão para o inferno, qual benefício eles têm de Sua morte?

Resposta

Muitos. O próprio fato de estarem vivos é uma prova de que todos os homens foram beneficiados pela morte de Cristo. Tomar conhecimento de que lhes foi proporcionado um Salvador e que a salvação está à sua disposição são outros grandes benefícios. O mesmo se pode dizer daquele que vive sob o Evangelho: muitos benefícios recebe, sendo ou não finalmente salvo. Mas a objeção parece implicar que aqueles que vão para o inferno não recebem benefício salvífico. Sendo este o caso, vamos a outras considerações.

Na época de Moisés, em uma certa ocasião, o povo de Israel murmurou contra Deus. Como castigo, Deus enviou várias serpentes entre o povo e muita gente morreu. No entanto, em Sua misericórdia, Deus também proveu uma serpente de bronze, para que todo aquele que olhasse para a serpente de bronze não morresse.

Então disse o Senhor a Moisés: Faze uma serpente de bronze, e põe-na sobre uma haste; e será que todo mordido que olhar para ela viverá. Fez, pois, Moisés uma serpente de bronze, e pô-la sobre uma haste; e sucedia que, tendo uma serpente mordido a alguém, quando esse olhava para a serpente de bronze, vivia (Nm 21.8-9).

Pergunto: quais benefícios tiveram os israelitas picados pelas serpentes que se recusaram a olhar para a serpente de bronze que Deus lhes proporcionou? Nenhum, obviamente, mas Deus obteve a glória por ser generoso o suficiente para proporcionar livramento para eles também.

Da mesma forma acontece, como já foi dito na objeção anterior, com a morte de Cristo. Um ato de generosidade não é realizado somente quando se tem assegurado um resultado positivo. Os habitantes de Jerusalém não foram ajuntados, como Jesus queria (Mt 23.37); no entanto, mesmo sabendo que não conseguiria (por causa da obstinação do povo), Ele tentou.

A maioria dos fatalistas acredita que o Evangelho deve ser pregado a todas as pessoas, porque, primeiramente, é uma ordenança divina. Sabemos que nem todos que ouvem o Evangelho serão salvos. Quais benefícios esses que perecem terão das boas-novas de Cristo? Nenhum benefício salvífico, certamente, mas o importante é que a glória de Deus foi declarada.

É verdade que nenhum não-eleito jamais foi beneficiado com a graça salvífica pelo bom uso da graça comum. Independente disso, esta graça é comum a todos os homens.

Extraído do site jesusamouomundo.com em 08/02/2014


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement