Esqueceu a senha?

Culto budista aos mortos

por Pr. Natanael Rinaldi - sáb jan 07, 9:18 am

budistassss

Pergunta: O que o Pastor nos diz sobre o culto que os budistas prestam aos mortos? Notícia do jornal o Estado de S. Paulo, de 04/08/1996 C-8 diz que mais de mil famílias de imigrantes japoneses participam da cerimônia do Obon, em que veneram os espíritos dos antepassados com cânticos e oferendas.

Resposta: Esse culto aos antepassados é feito dentro da tradição budista, na crença de que os mortos podem ajudar ou prejudicar os vivos, devendo por isso ser aplacados com a cerimônia do Obon, quando se cultua os mortos com alimentos, flores, velas e incenso. Há também, pequenos tabletes pretos ou brancos, chamados de ihai, que trazem os nomes terrenos e espirituais dos mortos. Os alimentos são presentes para os antepassados. Embora devamos respeitar a crença de cada pessoa, não podemos deixar de apontar que à luz da Bíblia tal costume religioso não tem apoio.

 ———————-

Pergunta: A Bíblia recomenda o correto e devido respeito para com os pais vivos, não é verdade?

Resposta: Sem dúvida, como lemos em Êxodo 21.17; Deuteronômio 5.16; Provérbios 23.22 e 19.26.

———————-

Pergunta: Até onde é devida a obediência aos pais?

Resposta: A obediência aos pais deve estar subordinada, em primeiro lugar, à obediência a Deus Mateus 10.35 e 19.29; Atos 5.29; Efésios 6.14.

———————-

Pergunta: O Pastor afirmou que o culto aos antepassados prestado pelos budistas tem por finalidade aplacar os mortos, porque eles podem ajudar ou prejudicar os vivos. O que diz a Bíblia acerca disso, ou seja, dos mortos?

Resposta: A Bíblia mostra que o homem tem uma parte espiritual, que vive consciente e inteligentemente fora do corpo (Gênesis 35.18; Mateus 10.28), mas que o nosso espírito (ou alma), quando mornemos, vai estar com Cristo se somos cristãos (Lucas 23.43; Atos 7.59; IICoríntios 5.6-8; Filipenses 1.21-23) e lá permanece em estado consciente de felicidade (Apocalipse 6.9-11) ou nosso espírito parte para o lado oposto que chamaos o Seol ou Hades, lugar dos espíritos dos mortos em estado consciente de tormento (Lucas 16.22-25). 

———————-

Pergunta: Quer dizer então que os mortos não nos podem fazer o bem ou o mal?

Resposta: Exatamente. Nem nós podemos fazer algo em favor deles, como eles não podem nos ajudar ou prejudicar, de modo que o culto aos antepassados com alimentos, flores, velas e incenso é condenada na Bíblia como adoração de criaturas (Mateus 10.37; Romanos 1.25) e a adoração é exclusiva a Deus (João 4.23-24). 

———————-

Pergunta: Quem foi Buda?

Resposta: Buda, o iluminado, nasceu cerca de 560 a.C. na Índia. Seu nome de família era Gautama, e seu prenome era Siddhartha. Era filho de um rajá, ou governador. Sua mãe morreu quando ele tinha apenas uma semana de idade, pelo que foi criado pela irmã de sua mãe, que também se tornou a segunda esposa do rajá. Abandonou a família abastada de seu pai, a esposa e um filho e foi viver como um esmoler. Ficou seis dias debaixo de uma figueira e recebeu iluminação, ficando como conhecida como Buda, o iluminado. 

———————-

Pergunta: Qual a diferença entre o Budismo e o Cristianismo?

Resposta: Há diferenças radicais entre o Budismo e o Cristianismo, que tornam impossível qualquer tentativa de conciliação. O budismo nega a existência de um Criador Senhor pessoal. Há aqueles que deificam Buda e ainda adoram outros deuses (Isaías 44.6; João 10.7-9). No Budismo não há tal coisa como o pecado contra um Ser supremo. No Cristianismo o pecado é uma ofensa praticada contra Deus (Salmo 51.4). Em face disso, o homem precisa de um salvador que o liberte dos pecados e Jesus é esse Salvador (Mateus 1.21; João 1.29; Romanos 6.23).


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement