Esqueceu a senha?

Curas – Perguntas e Respostas

por Artigo compilado - ter abr 05, 10:03 am

O Novo Testamento usa a expressão grega therapeuõ (Jo 5.10) para retratar o ato de curar trazendo restauração da saúde, tanto física, mental ou espiritual. A Bíblia cita inúmeros casos de curas promovidas pela intervenção divina através dos mensageiros de Deus, os profetas e apóstolos (lRs 17.22-24; Mt 10.8).

  • DEUS AINDA REALIZA CURAS MILAGROSAS HOJE EM DIA?

Não devemos duvidar de forma alguma que curas milagrosas possam ocorrer ainda hoje. A Bíblia em lugar algum afirma que Deus deixaria de intervir de forma milagrosa na vida de alguém promovendo ira. O próprio Tiago, o irmão do Senhor, declarou que a cura é um benefício que está ao alcance dos que creem (Tg 5.14-15). Em que Memos nos fundamentar para afirmar que Tiago ensinou algo que não mais possível hoje?

  • TODAS AS CURAS MILAGROSAS TÊM PROCEDÊNCIA DIVINA?

As Escrituras Sagradas são muito claras em demonstrar várias ocasiões em que milagres ou mágicas ocorreram por intervenção d; Diabo para confundir ou mesmo enganar as pessoas que presenciavam tais fatos (os magos do Egito [Ex.7:8-12] e Elimas, o mágico (At 13.4-12). O próprio Jesus declarou que muitos alegariam milagres como prova de sua fidelidade e conhecimento do Senhor, quando na verdade não seguiam (Mt 7.21-23). O “falso profeta”, que se levantará nos últimos dias, poderá usar este meio para enganar os incautos (Ap 19.20-21).

  • AS CURAS MILAGROSAS SÃO PROVA DA VERACIDAD DE UMA DOUTRINA?

O apóstolo Paulo afirma em uma de suas epístolas que até próprio Satanás pode se transfigurar em um anjo de luz para enganar os que são incautos, usando, se possível, até mesmo os seus falsos ministros religiosos para promoverem o engano e a mentira (2Co 11.13-15).

Ver resposta à pergunta anterior.

  • QUEM PROMOVE AS CURAS MILAGROSAS ALCANÇADAS ATRAVÉS DA PRECE ÀS IMAGENS?

Não temos em toda a Bíblia uma única referência onde Deus promoveu algum tipo de milagre através da oração de alguém a uma imagem. As Escrituras demonstram de forma clara que quando alguém faz um pedido, por mais sincero que seja, a uma imagem, não é Deus quem responde esta oração e sim um “espírito do engano” (Os 4.12 pois o Senhor considera tal ato pecado (SI 115.3-8).

A serpente de bronze feita por Moisés não era para ser cultuada e nem mesmo ser objeto de preces e devoção, os israelitas deviam apenas fixar seus olhos nela (Nm 21.8-9). Quando a serpente se tornou objeto de idolatria ela foi destruída, séculos depois de ter sido feita, pelo fiel rei Ezequias em sua restauração do culto ao Senhor (2Rs 18.3- 4).

  • POR QUE ALGUNS CRISTÃOS DO I SÉCULO TINHAM A CAPACIDADE DE RELIZAR CURAS MILAGROSAS?

Não eram só os cristãos do I Século que possuíam capacidade de realizar curas milagrosas (todos os crentes podem ser usados ainda hoje por Deus para este fim se Ele assim o desejar). Tiago afirma que cura era um bem disponível também através da oração dos pastores (presbíteros), sem afirmar que somente durante pouco tempo (I Século) que esta graça estaria disponível a igreja (Tg 5.14-15).

  • SOMENTE OS DOZE APÓSTOLOS POSSUÍAM O PODER PARA CURAR, SENDO ASSIM, NÃO PODE HAVER CURAS FÍSICAS HOJE, POIS NÃO HÁ APÓSTOLOS ATUAIS.

Não eram somente os doze apóstolos que realizavam curas milagrosas, a Igreja cristã possuía membros congregados que tinham o dom de curar e realizar milagres (ICo 12. 4-6,9-10). O próprio Jesus enviou, além dos doze apóstolos (Lc 9.1-2), outros discípulos para realizarem os mesmos milagres (Lc 10.9,17-20).

  • A CURA MILAGROSA DE TODAS AS NOSAS ENFERMIDADES É UMA GARANTIA BÍBLICA, SEGUNDO ISAÍAS (Is 53.4)?

Não podemos afirmar que todos os crentes em Cristo Jesus serão curados de suas enfermidades com base em Isaías 53.4. O texto não nos garante isto, e deve ser compreendido dentro do seu contexto profético que aponta o seu cumprimento ainda durante o ministério terreno de Cristo, antes da morte na cruz, segundo Mateus (Mt 8.14). Portanto, o texto não é uma afirmação de que todos os crentes em Cristo terão garantias de cura com base no seu sacrifício por nós na cruz, umas que os que se chegassem a Jesus (durante o seu ministério terreno) com fé seriam curados por Ele. O apóstolo Paulo mesmo sendo fiel acometido de enfermidade nos olhos (G1 4.13-14); Timóteo tinha uma frequente enfermidade (lTm 5.23); e Trófimo, companheiro de Paulo foi deixado enfermo em Mileto (2Tm 4.20).

Quando Paulo clamou ao Senhor para vencer um “espinho carne” a resposta que teve foi que a graça do Senhor era suficiente p vencer qualquer adversidade que viesse sobre ele, porque o poder aperfeiçoa na fraqueza (2Co 12.7-10).

—————–

Fonte: Livro – Manual de Respostas Bíblicas, Paulo Sérgio Batista, 2006.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement