Esqueceu a senha?

Davi e os Salmos

por Norman Geisler - sáb set 29, 10:46 am

SALMO 3.1 – Como pode ter Davi escrito este salmo, se os críticos insistem em dizer que a maioria dos salmos apareceu bem mais tarde?

PROBLEMA: A inscrição feita neste salmo, como em muitos outros, diz: “Salmo de Davi”. Entretanto, os críticos da Bíblia argumentam que a forma e o estilo deste salmo refletem um período bem posterior ao tempo de Davi.

SOLUÇÃO: A maioria dos eruditos crê que inscrições como esta não fazem parte do texto inspirado, mas que foram inseridas posteriormente. Entretanto, há uma forte evidência de que foi Davi quem realmente escreveu este salmo, bem como os cerca de 70 outros que lhe são atribuídos. Considere o seguinte:

Primeiro, essas inscrições são muito antigas, e refletem a evidência documentária mais antiga a respeito dos autores destes salmos.

Segundo, Davi, sendo um verdadeiro poeta (cf. 2 Sm 1.17-27), certamente era capaz de escrever estes salmos.

Terceiro, há evidência de que Davi era possuidor da rica imaginação necessária para escrever poesia hebraica (cf. 2 Sm 1.19-27).

Quarto, Davi era também um bom músico (cf. 1 Sm 16.18-23), o que lhe facilitaria muito a composição destes salmos, que eram o hinário primitivo do judaísmo.

Quinto, Davi provavelmente compôs a música usada no templo de Salomão (1 Cr 6.31-32) onde estes salmos foram mais tarde cantados.

Sexto, a Bíblia declara que Davi tinha o Espírito de Deus (1 Sm 16.13), capacitando-o assim a escrever estes inspirados poemas.

Sétimo, Davi era profundamente espiritual, tanto em carácter como em seu coração (cf. 2 Sm 7), características óbvias do autor dos salmos a ele atribuídos.

Oitavo, o Salmo 18, por exemplo, está registrado também em 2 Samuel 22, onde é explicitamente atribuído ao rei Davi.

Nono, Davi declarou, no seu leito de morte, que Deus falou por meio da sua boca como “mavioso salmista” de Israel (2 Sm 23.1).

Finalmente, tanto o nosso Senhor como escritores do NT certificaram nominalmente que foi Davi quem escreveu determinados salmos cuja autoria lhe é atribuída por essas inscrições no AT. Por exemplo:

O Salmo 2 é citado em Atos 4.25-26 como sendo de Davi.
O Salmo 32 é citado em Romanos 4.7-8 como sendo de Davi.
O Salmo 95 é citado em Hebreus 4.7 como sendo de Davi.
O Salmo 110 é citado em Mateus 22.44 como sendo de Davi.

Em resumo, há um ensino antigo que permanece intacto até o dia de hoje, praticado pelo Senhor e pelos apóstolos, de que foi Davi realmente o autor dos salmos que lhe são atribuídos. Ninguém apresentou nenhuma evidência em contrário; o que há são meras especulações quanto à forma literária, que geralmente não abordam a questão em si, ou que se baseiam no falacioso argumento da ignorância.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement