- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

Determinismo – Uma crítica a canção: “Raridade”

▶ Determinismo e conformismo – Uma crítica a canção: “Raridade”

Repare que a expressão: “O pecado não consegue esconder a marca de Jesus que existe em você” está no tempo presente. Já a frase seguinte: “O que você fez ou deixou de fazer não mudou o início, Deus escolheu você”, embora esteja no passado, tem por base a eleição incondicional. Ou seja, o que o crente fez ou deixou de fazer no passado não pode alterar o fato de que o indivíduo já foi escolhido por Deus. E se for assim, então, não apenas as ações passadas como também as presentes e futuras não serão capazes de alterar o status daquele que foi escolhido, você pode até desistir de Deus, pois a canção garante que Deus jamais desistirá de você. Você está garantido! Não se preocupe com o pecado! Acho tal mensagem tremendamente perigosa para os crentes, por isto, chamei a atenção para uma série de textos bíblicos que contrariam a ensino desta canção. A canção é publica, alcançando muita gente, senti-me na obrigação de alertar minha igreja e aqueles que me conhecem dos perigos implícitos em mensagens desta natureza. Sem jamais faltar com respeito ao autor, pois considerei na minha própria pregação, a hipótese dele ter se expressado mal. Acontece nas melhores famílias. Nem sabia que ele era wesleyano, pensei, a princípio, tratar-se de um calvinista devido defender eleição incondicional. Os metodistas wesleyanos são muito amados e possuem a mesma doutrina e missão dos metodistas livres. Amo muito ao Bispo Calegari e demais bispos, pastores e líderes desta amada igreja. Depois de saber tratar-se de um metodista wesleyano, fui pesquisar e vi que ele compôs diversas lindas canções que cantamos em nossa igreja! Ele é um excelente compositor, mas, nesta canção em particular, acabou escorregou! No mínimo, ele precisará reconhecer que sua poesia dá margem para a minha interpretação. Muita gente me escreveu, dizendo ter tido a mesma interpretação mesmo antes de ouvir meu sermão. E continuo entendendo que existe o perigo de crentes relaxarem na vigilância em relação ao pecado incentivados por mensagens desta natureza. Um grande abraço!

Veja o estudo no vídeo:

[1] [2]Compartilhar [3]