Esqueceu a senha?

Deus convida a todos

por Artigo compilado - qui ago 28, 9:27 am

o-bom-pastor

DEUS CONVIDA TODOS QUE ESTÃO SEDENTOS PARA VIREM E BEBEREM LIVREMENTE — “1) Oh vós, todos os que tendes sede, vinde às águas, e os que não tendes dinheiro, vinde, comprai, e comei; sim, vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. 2) Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura. 3) Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá; porque convosco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências de Davi.” (Is 55:1-3 ACF).

Como em todas as outras passagens onde um convite geral é dado aos homens para serem salvos, os calvinistas tentam limitar esta passagem aos eleitos, mas é impossível fazê-lo. Este convite particular é para “todos que têm sede”. O convite é estendido não meramente pelo Deus de Israel mas pelo Deus do Universo, o Deus que “fez a terra e criou o homem sobre ela” (Is 45:12), o mesmo Deus que disse num verso anterior: “Olhai para mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra: porque Eu sou Deus e não há outro” (Is 45:22 ACF).

Deus promete fazer uma aliança permanente com aqueles que vêm para Ele e promete dar a tais “as verdadeiras misericórdias de Davi”. Isto não limita o convite só a Israel. A aliança de Deus com Davi é cumprida pelo Seu Grande Filho, o Messias e todos os salvos participam da aliança de um modo ou de outro (At 13.34-38).

DEUS AMA O MUNDO INTEIRO E DEU SEU FILHO PARA TODOS — “14) E, como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; 15) Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 16) Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. 17) Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. 18) Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus.” (Jo 3:14-18 ACF)

Arthur Pink (um radical do calvinismo) é típico ao afirmar que o mundo, nesta passagem: “não significa toda a família humana”, mas que é “é usado de modo geral” e ela “deve, em última análise, se referir ao mundo do povo de Deus” (A Soberania de Deus, págs 203-204).

Ao contrário, sabemos que o “mundo” (Jo 3:16) aqui significa todos os homens.

Primeiro, a universalidade desta passagem é clara pela expressão “para que todo aquele que” [uma só palavra, em grego], que é usada duas vezes no contexto. Se o termo “mundo” é usado para significar algo diferente que todo o mundo dos homens, o termo “para que todo aquele que” se torna sem sentido. Se “todo aquele que” não significa “todo aquele que”, então as palavras da Bíblia não têm significado certo e tudo é lançado à confusão. Os calvinistas dizem que só aqueles que são soberanamente eleitos crerão, mas a Bíblia diz quem quer que creia será salvo e é, portanto, eleito.

Segundo, a universalidade do “mundo” nesta passagem é clara pela tipologia que é usada. A serpente de bronze que foi levantada por Moisés no deserto foi suficiente para a salvação de todos os judeus que foram picados pelas cobras, mas só aqueles que olharam para ela [a serpente de bronze] pela fé foram salvos. Da mesma forma, a salvação que Jesus comprou no Calvário é suficiente para salvar qualquer pecador, mas só aqueles que creem são salvos.

TODO E QUALQUER (QUE QUEIRA) É CONVIDADO A VIR — “E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede,venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida.” (Ap 22:17 ACF)

Se este verso significa o que diz, ele refuta três das doutrinas de Calvino: que a salvação é apenas para os soberanamente pré-eleitos, que Deus não oferece efetivamente a salvação a todos. e que o pecador não pode receber salvação.

DEUS SALVARÁ TODOS QUE O INVOCAREM — “8 Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, 9 A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. 10 Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. 11 Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. 12 ¶ Porquanto não há diferença entre judeu e grego; porque um mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. 13 Porque todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” (Rm 10:8-13 ACF)

Esta é outra passagem que claramente ensina que a salvação é para todo e quem quer que invoque [o nome do Senhor Deus Jesus, o Cristo]. Os calvinistas protestam que os pecadores que são Totalmente Depravados não podem clamar ao Senhor e, portanto, só aqueles que são soberanamente eleitos e chamados e recebem “o dom da fé” poderá clamar ao Senhor. Isto é distorcer as Escrituras, é forçar a teologia de alguns para dentro da Bíblia. Se as doutrinas calvinistas da soberana eleição e da escravidão da vontade e do soberano chamado são corretas, então esta passagem realmente não significa o que diz, portanto um abençoado e glorioso convite universal para a salvação dos pecadores se torna algo reservado somente a um grupo pré-selecionado de pecadores.

Quanto à fé, esta passagem diz que ela está bem próximo de cada pecador. Em seus corações, [todos] os pecadores podem crer em Cristo. Eles podem confessar Cristo com suas bocas. Embora estejam totalmente sem justiça em si mesmos [ante Deus] e estejam totalmente mortos em suas transgressões e pecados, isto não significa que eles não possam crer no evangelho.

TODO E QUALQUER QUE CRER EM CRISTO (E, PORTANTO, INVOCAR SEU NOME) SERÁ SALVO — “Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas.” (Jo 12:46 ACF)
“E acontecerá que todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.” (At 2:21 ACF)

A Bíblia repetidamente diz que a salvação é para “todo aquele que”; portanto, um típico crente na Bíblia, mas que não é um teólogo, concluiria [a partir dessa multidão de versículos cristalinamente claros] que qualquer e todo pecador hoje é convidado a vir para Cristo e, pela graça de Deus, PODE vir para Cristo. Tratar os “todo aquele que irá” do Novo Testamento como Calvino fez, no entanto, é [anulá-lo,] fazê-lo de nenhum efeito. Segundo Calvino, “todo aquele que” não significa realmente “todo aquele que”; significa “qualquer dos eleitos”. Mesmo quando Calvino afirma, fora de um lado de sua boca (tal como no comentário sobre João 3:16), que ele concorda que a salvação é realmente oferecida para “quem quer que queira”, ele o nega com o outro lado afirmando que é óbvio que os não-eleitos “não o quererão”, assim ele [Calvino], num sentido prático, voltou para “todo aquele que, dentre os eleitos”.

JESUS CONVIDOU TODOS QUE TÊM SEDE A VIR E BEBER — “37 ¶ E no último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé, e clamou, dizendo: Se QUALQUER UM tem sede, venha a mim, e beba. 38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre.” (Jo 7:37-38 KJV)

Este é o mesmo tipo de convite que vimos em muitas outras passagens. É um convite a “qualquer um”. Jesus graciosamente convida todos os pecadores que reconhecem sua necessidade de salvação para virem a Ele para satisfazê-la. Além disso, o Espírito Santo veio ao mundo para mostrar aos homens sua necessidade de Cristo (Jô 16:8). O único requisito que Jesus exige é que tenham sede de águas vivas que só Deus pode prover e que venham só a Jesus para [receberem] aquela água e a nenhum outro. A Salvação está vinculada a beber da água. Que coisa tão simples!

JESUS CONVIDOU TODOS OS ESTÃO CANSADOS E OPRIMIDOS A VIREM A ELE PARA DESCANSO — “28 Vinde a mim, TODOS os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. 29 Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. 30 Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve.” (Mt 11:28-30 ACF)

Um convite mais amplo à salvação não pode ser dado. Qualquer pessoa que trabalhe e esteja pesadamente oprimido é convidado a vir a Jesus buscar repouso. Não é um convite que possa ser de alguma forma limitado a um seleto número de indivíduos que foram soberanamente predeterminados. A compaixão de Jesus se estende a todos os pecadores e é verdadeiro Seu desejo de salvar todos eles.

TANTOS QUANTOS RECEBEM JESUS TORNAM-SE FILHOS DE DEUS — “10 Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. 11 Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. 12 Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu nome; 13 Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” (Jo 1:10-13 ACF)

Jesus foi rejeitado por Seu próprio povo, a nação judaica. Só este fato demonstra que Deus pode ser rejeitado pelos homens. Mas todos os que recebem a Jesus crendo em Seu nome recebem o poder de se tornarem filhos de Deus. Não é dada qualquer limitação. Salvação é uma questão de “A TODOS QUANTOS” e “QUEM QUER QUE”. Note que a fé precede e é a causa de se tornar um filho de Deus. Não é que os homens nascem de novo para [consequentemente, possam ter] a fé, como disse Calvino, mas que através da fé os homens nascem de novo. Note também que, receber a Cristo crendo n’Ele não pode ser definido como “a vontade do homem”. Os calvinistas questionam que se o pecador pudesse crer em Cristo isto significaria que a salvação é da vontade do homem, mas esta passagem refuta tal lógica humana. Sabemos claramente em Jo 1:13 que o novo nascimento não é da “vontade da carne, nem da vontade do homem”, mas sabemos muito claramente que o novo nascimento ocorre recebendo Cristo pela fé, nos versículos anteriores. O que o versículo 13 significa é que este novo nascimento não é produto da vontade humana. Os homens não podem operar o novo nascimento. Eles não podem querer que aconteça. É um milagre da graça que Cristo opera na vida do pecador que crê.

DEUS TEM ORDENADO QUE O EVANGELHO SEJA PREGADO A CADA E TODO SER HUMANO E GARANTIU QUE TODOS QUE NELE CREREM SERÃO SALVOS — “15 E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. 16 Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.” (Mc 16:15-16 ACF)

Se apenas o eleito pode ser salvo, por que Deus comanda que o evangelho do “quem quer que queira” a salvação, seja pregado a cada pecador? Deus está zombando dos não eleitos, proclamando-lhes que Ele deu Seu único filho amado para que “todo aquele que nele crê não pereça” e que “Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.”? Alguns calvinistas dividem-se em duas amplas categorias chamadas “hiper” e “não hiper” (embora os “hiper” não admitam serem hiper, mas professam-se como genuinamente calvinistas). O não-hiper calvinista afirma que Deus ama verdadeiramente a todos os homens e que o “todos” de João 3:16 é verdadeiramente “todos”, e isto soa encorajador, exceto que, pelo outro lado da sua boca, ele diz que Deus só salva os eleitos e que não há possibilidade para os não eleitos serem salvos, e que o “amor” de Deus para com os eleitos é certamente diferente do Seu amor pelos eleitos. Certamente os não eleitos, ouvindo tal argumentação seriam forçados a dizer: “Que tipo de amor estranho é este? Deus está zombando de mim? Deus está brincando comigo como um gato brinca com um rato [ferido, para terminar de matá-lo]? A Bíblia promete que ‘para que todo aquele que nele creia não pereça‘, mas os calvinistas me dizem que só se eu for um dos eleitos é que eu serei soberanamente regenerado e receberei o ‘dom da fé’ e se eu não for um dos eleitos, então estou tão morto em minhas transgressões e pecados que não há nada que eu possa fazer para ser salvo, que eu não posso crer em Cristo e que a iluminação que Deus me dá não é eficaz para minha salvação. Que amor é este?” Claro que o calvinista logo responderá: “quem é você que responde contra Deus! Deus é Deus e Ele pode fazer o que quiser e Lhe agradar”. Claro que Ele pode fazer o que quiser e Lhe agradar, mas esta questão se Deus genuinamente quer que todos os homens sejam salvos e se é possível para eles serem salvos tem a mais séria e eterna consequência e responder à questão sobre o que constitui o amor de Deus não é nem irracional nem anti-escriturístico.

David Cloud,
Fundamental Baptist Information Service, P.O. Box 610368, Port Huron, MI 48061, 866-295-4143


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

6 Comentários

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Amém. Que texto maravilhoso deste tão amado pastor David Cloud. Realmente, o amor de Deus é imenso e dado a todos, pena que muitos não entendem. Mas para aqueles já experimentaram sabem que Deus não limita seu amor apenas a poucos. O calvinismo é mais uma de muitas heresias.

  2. O calvinismo dá enfase a “soberania” de Deus; será que Deus pensa assim também? O Verbo de Deus (Jo.1:1) deixou seu trono na glória, e veio aqui se humilhar e tornar-se servo de todos.
    por que será no calvinismo, Deus não quer salvar a todos? será que não tem espaço no céu ? 

    1. Deus não quer que o homem peque, mas este peca. Deus quer que todos sejam salvos, mas todos não serão. Então o problema é que o homem frustra os planos de Deus? Não, mas a vontade que advém do caráter de Deus, nesses casos a santidade e bondade de Deus e não os seus planos.

    2. eu fico admirado com a ambiguidade, e o jogo de palavras ! Deus salvará a todos os que quiserem ser salvos, o convite é livre João 3:16 

    3. “todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” Rm10:13. Qualquer pessoa no leito de morte ou em outra situação critica se ele invocar o Nome do Senhor, seja o Pai, ou Jesus ou o Espirito Santo, a alma da pessoa se salva. Exemplo dos malfeitores ao lado da cruz, um quis ou não. 

  3. “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” Mt 5:7 O que falta na tese calvinista é misericórdia, porque na parábola do bom pastor, se Jesus tem 100 ovelhas e uma se desgarra, Ele deixa as 99 e vai em busca da extraviada. 

Comentários 1 - 6 de 6Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário