Esqueceu a senha?

Deus foi justo ao punir a família de Acã junto com ele?

por Norman Geisler - ter jun 24, 11:04 am

shofar_still_life

JOSUÉ 7.15, 24 – Deus foi justo ao punir a família de Acã junto com ele?

PROBLEMA: Quando Acã cometeu um crime passível da pena de morte perante Deus, a Bíblia diz que seus filhos foram apedrejados junto com os pais “por todo o Israel”, que, “depois de apedrejá-los, queimou-os” (v. 25). Contudo, as Escrituras declaram que Deus não pune os filhos pelos pecados de seus pais (Ez 18:20), nem destrói o justo com o ímpio (Gn 18:23).

SOLUÇÃO: Há duas respostas para este problema.

Alguns argumentaram que os filhos de Acã não sofreram a pena de morte junto com ele, mas simplesmente foram trazidos até o local da punição, para que o evento lhes servisse de advertência. Em favor disso, várias observações são feitas A primeira é que em parte alguma do texto é dito que alguém mais, além de Acã, tenha também cometido o crime. Deus declara que será tido como culpado “aquele que for achado com a cousa condenada” (v. 15). Também, somente Acã confessou: “Verdadeiramente pequei contra o Senhor” (v. 20) e “cobicei os” (v. 21).

A segunda é que o texto declara que “Israel o apedrejou” (v. 25). A referência a “queimou-os” (v. 25) refere-se à prata, ao ouro e à capa que ele tinha tomado (veja vv. 21 e 24).

A terceira observação feita é que apedrejar toda a família de Acã por esse crime seria uma clara violação da lei do AT, que diz enfaticamente que “o filho não levará a iniqüidade do pai” (Ez 18:20).

O problema mais sério com esta posição é que o versículo 25 diz “e, depois de apedrejá-los, queimou-os”. Apedrejar objetos sem vida é algo que não faz muito sentido. Pelo contrário, isso parece ser uma referência a Acã e à sua família.

Outra posição reconhece que a família de Acã foi apedrejada com ele, mas argumenta que eles eram cúmplices no crime, e assim foram punidos por seus próprios pecados, não pelo de Acã. Esta posição observa o seguinte:

Primeiro, argumenta-se que seria altamente improvável Acã ter feito o que fez e escondido o material roubado na tenda da família sem que os familiares ficassem sabendo.

Segundo, a culpa da família fica precisamente explícita porque ela toda foi punida. Como era proibido punir alguém pelos pecados de outrem, a família deve ter pecado junto com ele, pois em caso contrário os familiares não teriam sido punidos também.

Terceiro, Deus tem o direito de tomar a vida, já que foi ele quem a deu (Dt 32:39). Jó corretamente declarou: “o Senhor o deu, e o Senhor o tomou; bendito seja o nome do Senhor!” (Jó 1:21).

Quarto, não é feita referência alguma a crianças pequenas na família de Acã; porém, mesmo que houvesse, Deus tem a soberania e o direito de tomá-las, e às vezes o faz por meio de enfermidades, sem que haja qualquer implicação de que elas sejam culpadas. Além disso, os pais sendo mortos, as crianças ficariam sem estes para as cuidarem. Seria um ato de maior misericórdia, por parte de Deus, levá-las para junto de si. Isso porque as crianças que morrem antes da idade em que são responsáveis são salvas (veja os comentários de 2 Samuel 12:23); não há problema quanto ao seu destino eterno.

Extraído do livro MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e “Contradições” da Bíblia. Norman Geisler – Thomas Howe


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement