Esqueceu a senha?

Dízimo e Manutenção Eclesiástica

por Pr. Natanael Rinaldi - sáb out 16, 9:35 pm

OBJEÇÃO: O Apóstolo Paulo preferia que os líderes da Igreja se auto-sustentassem.

“Embora ele (Paulo) não tenha condenado os que recebiam sustento pela obra em tempo integral, também não ensinou que tal sustento fosse ordenado por Deus, para difusão do Evangelho.”… “Para Paulo, a expressão ‘viver do evangelho’ significava ‘viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça’”.

Resposta: Ora, ora, alguém se propõe escrever contra o sustento ministerial e dolosamente declara: Dizer que “a expressão ‘viver do evangelho’ significava ‘viver segundo os princípios da fé, do amor e da graça’, é interpretar o texto sem o contexto. O texto citado é (1 Coríntios 9.14) – “Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho”. O contexto, parte que vem antes ou depois do contexto esclarece o texto de 1 Co 9.14. Leiamos o contexto: (1 Co 9.5-13). Outros textos: (Gl 6.6) ; (1 Tm 5.17-18); (2 Co 11.8-9).


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Advertisement