Esqueceu a senha?

Dízimo: Uma benção de Deus!

por Enviado por email - sex dez 23, 8:20 am

dizimo

O dízimo representa a décima parte do fruto do nosso trabalho consagrada a Deus. É uma expressão da fé, do amor e da gratidão do cristão pelo favor divino que lhe assegura a vida e o sustento espiritual e material. Essa ordenança da Lei mosaica (Levítico 27.32), que no Antigo Testamento assegurava o sustento dos sacerdotes e dos levitas, já era praticada antes de Moisés. Abraão e Jacó, por exemplo, entregavam o dízimo de tudo o que possuíam (Gênesis 14.18-20; 28.22). Além de ser uma ordenança, o dízimo sempre envolveu bênçãos de prosperidade, conforme Provérbios 3.9,10 e Malaquias 3.10-12.

No Novo Testamento, não há nova regra para o dízimo. Jesus não condenou nem ab-rogou essa prática; apenas criticou o comportamento hipócrita dos religiosos que davam dízimo para se autopromoverem, sonegando o mais importante da Lei: o juízo, a misericórdia e a fé (Mateus 23.23).

O Senhor se agrada daquele que dá voluntariamente e com alegria (2 Coríntios 9.7), e não daquele que apenas cumpre uma obrigação religiosa, por medo de atrair uma maldição ou de ir para o inferno.

O cristão genuíno é conhecido pelo amor, pela fé, pela obediência e pela submissão ao Todo-poderoso. É impossível desassociar o dízimo e as ofertas de certas virtudes fundamentais da vida cristã. Logo, dar o dízimo atesta se o cristão crê em Deus e na Sua Palavra, se reconhece que Ele é o Provedor, se lhe é grato e se deseja contribuir para o evangelismo e o estabelecimento efetivo do Reino de Deus em cada coração.

A despeito disso, existem muitos cristãos que não percebem que dar o dízimo é um privilégio. Eles não conseguem entregar nem 10% do seu salário à causa do evangelho. Esse apego ao dinheiro demonstra um materialismo exacerbado e até avareza, um pecado de idolatria (Colossenses 3.5). E foi para evitar isso que o Senhor instituiu o dízimo.

Quando devolvemos a Deus os 10% que Ele requer para que haja mantimento em Sua casa, estamos dizendo que Ele é o Senhor da nossa vida, que reconhecemos que tudo que somos e temos vem dele e pertence a Ele; somos apenas os mordomos.

O cristão que entrega o dízimo demonstra ter visão espiritual, fé nas promessas de Deus, compromisso com a igreja, com sua liderança e com a causa do evangelho, e será ricamente abençoado pelo Senhor.

Pr. Altair via zap.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

21 Comentários

Comentários 1 - 21 de 21Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Ai de vós, guias cegos! (..)
    Mateus 23:16

  2. Desculpa, mas dízimo nunca foi dinheiro!

    1. Deuteronomio 14:22-26

  3. Sou dizimista. Mas vejo que o apelo ao dízimo em muitas igrejas segue um certo legalismo e até coerção. Veja o próprio artigo, o não dizimista é visto como avarento. Acho que isso é questão de fé.

  4. Dízimo não é prática para a nova aliança,nunca foi ensinado após a morte de Cristo(Este viveu sob a lei)quando passamos a viver sob o novo testamento.Os dízimos de Abraão e Jacó foram voluntários e anteriores à nova aliança.A volta do dízimo aconteceu no séc.IV por questões políticas

  5. A paz do Senhor Jesus Cristo a CACP. As ocorrências anteriores a Lei não apoiam o ato de dizimar,pois,se for por essa premissa,então teríamos que nos circuncidar,pois essa ordenança é anterior a Lei.

    1. Ninguém entende que a circuncisão esteja em vigor hoje pelo fato de ter sido ordenada por Deus a A braão antes da doação da Lei,assim como sacrifício de animais e o próprio sábado. Agora,porque somente o dízimo deve ser guardado pela igreja? non sequitur!!!

  6. Ninguém entende que,pelo fato da circuncisão ter sido ordenada por Deus a Abraão anterior a doação da Lei,que essa ordenança esteja vigor para nós hoje,assim como o sacrifício de animais e o próprio sábado. Agora,porque somente o dízimo deve ser guardado pela igreja? falta uniformidade.

    1. Veja os textos: Mateus 23.23 e Mateus 5.20

    2. Perfeito Franklin. O Shabbat Gen 2-3, possui um conteúdo ético, moral e espiritual muito mais forte que o dízimo, pois o dízimo foi instituído como ordenança apenas a Israel. Se o cristão se enquadra no dízimo, teria que atribuir ao sábado um dia santo especial.

  7. Sr.Moderador: Leia Gálatas 4:4

  8. Vinícius Briel Costa sex dez 23 at 12:26 pm Desculpa, mas dízimo nunca foi dinheiro!

    “Os presbíteros que administram bem a igreja são dignos de dobrados HONORÁRIOS, principalmente os que se dedicam ao ministério da pregação e do ensino.” 1 Tm 5:17

    1. Vinícius, se o seu padrão lhe pagasse o seu salário em “arroz, feijão, batata, pó de café, açucar etc etc ” conforme a qualidade e marca que bem lhe aprouvesse o sr. continuaria com este seu discurso anti-dizimista ? e no seu 13ª terceiro lhe pagasse com um saco de mandioca ?

    2. Porquanto, afirma a Escritura: “Não amordaces a boca do boi quando estiver debulhando o cereal”, e ainda, “digno é o trabalhador do seu salário”. …vv 18

      Por acaso é com bois que Deus está preocupado? 1 Coríntios 1~ 9:9

  9. Franklin de Oliveira Lima sáb dez 24 at 10:24 am Agora,porque somente o dízimo deve ser guardado pela igreja?

    a mesma resposta que eu dei ao individuo denominado “venicius”, serve para o sr. também, vai lá lê e tenta fazer uma replica.

    1. Eu não sou contra a remuneração de líderes eclesiásticos, pelo contrário, até acho que os senhores deveriam ganhar muito bem pelos serviços prestados a igreja,pois são dignos. Mas,a questão em pauta aqui é DÍZIMOS,e não dobrados honorários.

  10. Ora,Cristo veio cumprir a Lei,e esse cumprir tinha sentido amplo. A Lei determinava que dízimos deveríam ser dado aos levitas.Logo dar dízimos a Cristo seria descumprir a Lei. Abraão não cumpriu e nem descumpriu,pois ainda não existia Lei quando ele ofertou 10%dos despojos a Melquisedeque.

  11. O dizimo é uma benção sim. é um ato de amor e gratidão pelo que deus nos dá

  12. Sr. Moderador porque o senhor não aplica as regras de hermenêutica para interpretar a bíblia? o senhor não é um apologista?

    1. Franklin de Oliveira Lima dom dez 25 at 5:27 pm “a questão em pauta aqui é DÍZIMOS”

      então leia mt 23:23 “deveis fazer isso [dizimo] sem omitir aqueles.”
      precisa de muita hermenêutica para interpretar isso ?

  13. Paz de Cristo… Deus vê tudo, recompensa a todos e nos conhece… Sei que nosso trabalho não em vão no Senhor. Assumamos a postura de que, se 90% não resolve nossos problemas os 10% muito menos, mas sendo fiel Deus, nada nos falta. DEUS abençoe a todos.

Comentários 1 - 21 de 21Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement