Esqueceu a senha?

Do legalismo adventista a liberdade cristã

por cacp - sáb set 15, 3:05 pm

Entrevista com Francisco Belvedere Neto ex-adventista hoje convertido a Cristo.

CACP: 
Como você conheceu a Igreja Adventista do Sétimo Dia?

Belvedere: 
Meu pai nasceu em berço adventista. Meus avós eram adventistas fervorosos. Meu pai abandonou a seita com aprox.18 anos de idade. Meu tio ( irmão do meu pai) é um pastor adventista muito famoso a nível mundial dentro da IASD. Quando nasci, por meu pai não professar nenhuma religião, e minha mãe ser católica não praticante meu pai me levava aos sábados à Escola Sabatina para que eu aprendesse uma pouco sobre a Bíblia. Porém, por motivos que eu desconhecia, ele não dava autorização para que eu me batizasse e me tornasse membro da Igreja, apesar de minha constante insistência. Meu contato mais profundo com a IASD se deu, quando vim morar em Curitiba, quando me aprofundei mais nas doutrinas ASD e comecei a ler Ellen White. Foi quando eu entrei em uma profunda crise espiritual.

CACP:
 Como foi essa crise espiritual?

Belvedere:
 Tudo começou quando eu estava em um acampamento de carnaval, quando foi lido um trecho de um livro de Ellen White, onde ela afirmava que não era licito a um cristão ir a Teatros, Cinemas ou Circos. Eu achei aquilo, antibiblico e fui conversar com o pastor que me deu uma explicação absurda. Ele disse que se Jesus voltar e eu estivesse em um cinema e alguém la dentro estivesse praticando algum pecado, eu seria condenado juntamente com aqueles pecadores. Eu tinha 13 anos de idade e pouco conhecia das Escrituras, mas o pouco que eu conhecia me faziam entender que aquilo era uma heresia, embora eu não soubesse ainda o que era uma. Passado isso, eu comecei a buscar a saber mais coisas sobre o fim dos tempos. Lembro-me quando na igreja no sábado de manhã, fomos “alertados” que possivelmente a lei dominical estaria para ser aprovada, e o pregador ainda leu um trecho que trata desse assunto no livro O Grande Conflito da Sra.White, como se estivesse lendo um verso da Bíblia. Isso foi em 1996. O motivo do alarde foi uma noticia qualquer com relação a o dia de domingo, não lembro ao certo o que era. Mas foi o suficiente para me deixar quase que em pânico, pois, para os adventistas, Lei Dominical = Perseguição. Bem, a minha crise espiritual veio mesmo quando li o livro O Grande Conflito e fiquei impressionado com o que lá estava. Apartir daquele momento eu não ousava cogitar a possibilidade de me unir a outra igreja ou de duvidar da inspiração de Ellen White, pois tinha a convicção de que a única Igreja verdadeira era a IASD. Porém, eu comecei a ver contradições da sra.White com a Bíblia, só que não conseguia enxergar a verdade. Eu a julgava com a mesma autoridade dos autores Bíblicos, e comecei a ficar confuso.

CACP: 
Quando você pôde concluir que Ellen White era uma falsa profetiza?

Belvedere:
 Quando vi com meus próprios olhos o que as Escrituras diziam a respeito da Lei e do Sábado.Só que as coisas não pararam por ai. Eu comecei a ter contato com Testemunhas de Jeová, que tem ensinamentos parecidos. Como eu não sabia que o fundador das TJs havia tido influencia de adventistas, comecei a ficar confuso: Como que dois grupos tão (aparentemente) diferentes tinham tais pontos em comum? Será que tais ensinos seriam verdade? Comecei a achar que a verdade teria que estar em um desse dois grupos. Depois quando fui descobrir o vinculo de Russell com um adventista compreendi melhor as coisas.

CACP:
 Como se deu sua conversão?

Belvedere:
 Chegou a um ponto em que eu já não iriam mais voltar atrás dos ensinos de Ellen White. Eu já havia pego os TJs em contradição e comecei a visitar varias igrejas evangélicas. No dia 11/04/99 eu fui visitar a Igreja Metodista, onde comecei a conversar com um pastor, a quem expliquei minha experiência anterior ele me explicou algumas coisas. No dia 28/04/99 recebi a visita de um grupo de Evangelismo Explosivo da igreja, que me explicaram como ser Salvo. Naquele momento eu respondi ao apelo e recebi a Jesus Cristo como meu Salvador pessoal e passei confiar nele para a vida eterna. Hoje eu sou um Salvo por Jesus Cristo Meu Senhor, o qual se manifestou e carne para destruir as obras do diabo.

CACP:
 Como está sua vida hoje?

Belvedere:
 Hoje eu sou diácono da igreja, estou cursando bacharelado em Teologia na Faculdade Evangélica do Paraná. Pretendo seguir o Ministério Pastoral.

CACP:
 Trace um perfil do Adventismo hoje e seu perigo para os Evangélicos.

Belvedere:
 O Adventismo hoje está usando uma tática proselitista muito sutil. O falso ecumenismo. Eles chamam os membros das demais igrejas que eles consideram apostatas de irmãos, divulgam eventos de Igrejas Evangélicas em suas rádios, vão cantar nos cultos das outras igrejas, mas sempre preparados para oferecer seus “estudos bíblicos” para cristãos já convertidos. Eles atraem atenção dos irmãos para suas rádios , com musicas de cantores gospel, mas sorrateiramente nos intervalos entre um programa e outro eles bombardeiam os irmãos com suas doutrinas. Que fique aqui um aviso aos Pastores , Lideres e membros das mais diversas denominações: Cuidado com colégios, rádios e programas adventistas, pois são os principais meios por onde eles conseguem minar a cabeça dos incautos com pouco conhecimento bíblico com suas heresias.

Nome: Francisco Belvedere Neto – Idade:21 Anos

Igreja: Igreja Metodista Central de Curitiba 


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Que Pena, Querido Amigo que você tenha esta visão, Pensei como você um dia, mas o Senhor conhece os Seus Um dia você volta, Um grande Abraço..

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário