Esqueceu a senha?

Dort e o Arminianismo

por Artigo compilado - ter set 02, 11:04 pm

Synode_te_Dordtrecht

Nota: O artigo é bastante complexo e é necessário a leitura complementar dos links distribuídos no texto, para uma maior compreensão.

——————————-

Aos calvinistas que argumentam que o Sínodo de Dort condenou o Arminianismo, eu tenho a dizer o seguinte:

Como as afirmações de Dort já tinham sido condenadas há mais de 1.000 anos, este Sínodo não tinha autoridade ou competência para julgar o Arminianismo.

“Agostinho recusou tirar de sua doutrina da predestinação a conclusão que Deus predestinou alguns para a vida eterna e outros para a condenação, ou a conclusão relacionada que Cristo morreu somente pelos eleitos. Estas conclusões, entretanto, seriam tiradas – e opostas! – com considerável frequência posteriormente. O primeiro teólogo que legitimamente pode ser chamado de “predestinacionista” é o sacerdote gaulês do séc. V – Lucidus, cujas opiniões foram condenadas no Concílio de Arles (473). De particular importância são suas afirmações que Cristo não morreu por todos os homens, que a graça divina é irresistível e que aqueles que se perdem, se perdem pela vontade de Deus. Esta condenação foi apoiada por Orange II (529), que especificamente anatemizou qualquer um que acreditava que alguns são predestinados ao mal por Deus. Embora alguns tenham argumentado que a condenação do concílio foi direcionada contra Agostinho, permanece o fato que Agostinho não ensinou explicitamente uma doutrina da dupla predestinação.” (Alister McGrath, Iustitia Dei: A History of the Christian Doctrine of Justification, p. 160)

Como podemos ver, três pontos do Calvinismo de Dort foram condenados em Arles:

  • A Eleição Incondicional,
  • A Graça Irresistível e a
  • Expiação Limitada.

Poderíamos até dizer que todos os Cinco Pontos do Calvinismo foram negados, uma vez que a Depravação Total foi rejeitada e a Perseverança dos Santos não chegou a ser afirmada.

E visto que Arles adotou um Semipelagianismo (veja também o que é pelagianismo), que também é condenado pelo Arminianismo, pode-se levantar suspeita sobre a ortodoxia desse Concílio. Coube a Orange (529) condenar o Semipelagianismo, mas este Concílio manteve as condenações contra certas porções da teologia de Agostinho (os três pontos do Calvinismo).

Que através do pecado do primeiro homem, a livre escolha ficou tão pervertida e enfraquecida que consequentemente ninguém é capaz de amar a Deus como deve, ou crer em Deus, ou fazer qualquer coisa para Deus que seja bom, exceto se a graça da misericórdia de Deus precedê-lo (praeveniret] (Fp 1.6, 29; Ef 2.8; 1Co 4.7; 7.25; Tg 1.17; Jo 3.27). Mas não apenas não cremos que alguns foram predestinados ao mal pelo poder divino, mas também, se há alguém que crê em algo tão perverso, dizemos a estes, com toda abominação, seja anátema.” (Documents of the Christian Church, ed. por Henry Bettenson e Chris Maunder, p. 65).

Enfim, o Arminianismo foi condenado por pessoas cujas crenças tinham sido condenadas um milênio antes. Ou de outra forma, o Arminianismo foi condenado por pessoas que o consenso cristão primitivo as classificou de heterodoxo.

Paulo Cesar Antunes do site arminiano.com em 03/09/2014


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

9 Comentários

Comentários 1 - 9 de 9Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. A tal de “depravacao total” comparada com “Se vos sendo maus sabeis dar boas dadivas aos vossos filhos …” Apesar de tudo o homem/mulher tem capacidade de optar em ser salvo. “qual de vos sendo maus dara a seu filho um escorpiao, uma cobra ou uma dara uma pedra para comer?

    1. Não faço um cavalo de batalha sobre estas questões. Se a salvação dependesse de precisão doutrinária creio que ninguém seria salvo, mas graças a Deus pela sua graça em Cristo Jesus. 

    2. Só dando uma pincelada em seu comentário sobre a depravação total, vejo que você conhece muito pouco a respeito dela. Depravação total não significa depravação absoluta, o homem não é tão ruim quanto pode ser, mas tem a ver com extensão. O homem não caiu a nível de satanás.

    3. O pecado atingiu e maculou todas as faculdades do homem: seu pensamento, seu intelecto, seu coração, seu sentimento, seu desejo. De sorte que neste atual estado ele é incapaz de por si só se voltar para Deus.

  2. “O Pai faz cair chuva e sol sob bons e maus e justo e injustos” – se Ele da essas condicoes climaticas ao “eleito” e ao “nao-eleito” e Ele nao tem vontade de dar salvacao para quem quer ? Jo.3:16.

  3. Em Apocalipse, Jesus disse que odiava “as obras/doutrina” dos nicolaitas, mas nao disse que odiava “os nicolaitas” e seriam castigados caso nao arrependessem.  Como poderia Ele odiar e nao odiar???
    se arrependessem (os depravados total) seriam perdoados! Jo.3:16

  4. concluo: o calvinismo eh um absurdo e uma obtusidade sem tamanho ! Uma nesciedade ! Eh uma palhacada tipo “tres patetas” do mau !!!

  5.  A palavra de Deus diz claramente que espiritualmente o homem está morto em seus delitos e pecados Ef. 2:1. Me diz: Como um morto pode crer, sem a ação vivificadora do Espírito Santo nele?Se há ainda alguma coisa boa no mundo é devido a graça comum que restringi o mal e o pecado.

  6. Hebreus 2:3
    “Como escaparemos nós, se não atentarmos para uma tão grande salvação, a qual, começando a ser anunciada pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram”
    Enquanto estamos atentando para a salvação,seremos salvos,mas se não atentarmos,podemos perde-la.

Comentários 1 - 9 de 9Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement