Esqueceu a senha?

E agora, Sr Monteiro?

por Pr. João Flávio Martinez - qua fev 27, 11:15 am

Dr Mason (especialista em Judaísmo) e Sra. White (Profetisa da IASD) concordam – “Os Fariseus eram imortalistas” – Sérgio Monteiro, apologista adventista, está equivocado!

DISSE O APOLOGISTA ADVENTISTA SÉRGIO MONTEIRO: “Perguntei ao Renato Stencio (meu orientador de mestrado): ‘Tem algum lugar que Ellen White diga que os fariseus criam na imortalidade da alma? ‘ Porque se ela disse eu vou lá e falo: ‘não! ok! Estou errado! Coloco de lado os estudos acadêmicos. Eu digo que creio, digo que ela foi inspirada…”

RESPONDE EG WHITE: “…Entre a multidão que ouvia os ensinos de Jesus, havia muitos fariseus… A doutrina de um estado consciente de existência entre a morte e a ressurreição era mantida por muitos dos que ouviam as palavras de Cristo…”. Livro Parábolas de Jesus, EG White, Pags. 76 e 263.

Os que desejavam um sinal da parte de Jesus tinham tão endurecido o coração na incredulidade, que não Lhe discerniam no caráter a semelhança de Deus. Não viam que Sua missão se achava em harmonia com as Escrituras. Na parábola do rico e Lázaro, Jesus disse aos fariseus: “Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que algum dos mortos ressuscite.” Luc. 16.31. Nenhum sinal dado no céu ou na terra os beneficiaria. Livro O Desejado de Todas as Nações. O verdadeiro sinal – Pág. 407

Será que o Apologista adventista Sérgio Monteiro vai abandonar os estudos “acadêmicos” ou EG White???

DR STEVEN MASON, UM DOS GRANDES ESPECIALISTAS EM JUDAÍSMO DO SEGUNDO TEMPLO, DECLARA:

” Josefo concorda com os fariseus e os essênios sobre a imortalidade da alma. Como os fariseus, ele visualiza um novo corpo para o estado futuro, mas ele também inclui um estado intermediário de desincorporação”. (MANSON, S. Flávio Josefo sobre os Fariseus: Um Estudo Composição-Crítica, p. 160)

Todos os três elementos da descrição de Josefo sobre os fariseus em 2.163 parecem bastante claros. Todos eles concordam com seus próprios pensamentos sobre a alma, a saber: toda alma é imortal; castigo eterno aguarda o ímpio; e um novo corpo aguarda o bom. (FLAVIUS JOSEPHUS ON THE PHARISEES, MASON, LEIDEN • NEW YORK • K0BENHAVN • KOLN 1991)

Qual a relevância disso tudo? Simples, Paulo (At 23.8) se identifica com a fé dos Fariseus na questão da vida após a morte, ou seja, o Apóstolo acreditava na imortalidade da alma.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. no tempo 4:04 ~ 4:06 mostra no que Monteiro realmente acredita : “ellen G. White”, e é hilário o malabarismo desde individuo tentando de todas as formas tentar explicar as bobagens que falou … mordeu a chumbada. o recado foi dado para esse individuo, boa sorte !

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement