- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

EG White convida os adventistas para comer pururuca

[1]

Ellen White, escrevendo a um adventista que se opunha ao uso de carne de porco, disse:

“Vi que vossos pontos de vista concernentes à carne de porco não causarão dano se o retiverdes para vós mesmos; mas em vosso julgamento e opinião fizestes desta questão um teste, e vossas ações têm mostrado claramente vossa fé neste assunto. Se Deus requer que Seu povo se abstenha da carne de porco, Ele o convencerá sobre isso. Ele está justamente tão disposto a mostrar a Seus Filhos sinceros o dever, como a mostrar o dever a indivíduos sobre quem Ele Não colocou o encargo da Sua obra. Se for dever da igreja abster-se da carne de porco, Deus revelará isso a mais de dois ou três. Ele ensinará à Sua igreja o dever” (Testemonies, vol.1, páginas 206 e 207).

Tudo o que aqui transcrevo é muito estranho, sem nexo e contraditório. Quero, porém, destacar estas palavras: “Se Deus requer que Seu povo se abstenha da carne de porco, Ele o convencerá sobre isso… Se for dever da igreja abster-se da carne de porco, Deus revelará isto a mais de dois ou três. Ora, a abstenção da carne de porco não era uma ordenação da lei mosaica referente à saúde?  Por que os adventistas continuam defendendo esta doutrina com todas as suas forças? Por que Ellen White se expressou desta maneira? Por quê?

[2] [3]Compartilhar [4]