- CACP – Ministério Apologético - http://www.cacp.org.br -

Egípcio acusado de insultar o Islã é solto

 

O comediante Bassem Youssef, um dos mais famosos do Egito, foi interrogado neste domingo (31) acusado de insultar o presidente do país, Mohamed Mursi, e o islã.

Youssef se apresentou à polícia depois que uma ordem de prisão foi expedida contra ele no sábado, devido a processos abertos por simpatizantes de Mursi. Ele foi solto mediante o pagamento de uma fiança de 15 mil libras egípcias (cerca de US$ 2.200).

O comendiante ficou famoso após a queda do ditador Hosni Mubarak, em 2011, com um programa humorístico transmitido pela internet. Hoje, seu programa é transmitido pela televisão egípcia.

A prisão de Youssef levantou questionamentos sobre a liberdade de expressão no Egito. “É um passo em direção à tentativa de restringir manifestações críticas”, disse Heba Morayef, diretor egípicio da Human Rights Watch, organização internacional de defesa aos direitos humanos.

Recentemente, cinco ativistas políticos foram presos acusados de incitar a violência contra a Irmandade Muçulmana, grupo que levou Mursi ao poder nas eleições egípcias do ano passado. Além de Youssef, outras figuras proeminentes da mídia egípcia foram interrogadas sob acusação de terem insultado o presidente.

Extraído do site folha.com.br no dia 31/03/2013

[1] [2]Compartilhar [3]