Esqueceu a senha?

Era o varão Moisés mui manso?

por Norman Geisler - qui maio 15, 12:08 am

Moises quebrando tabua

NÚMEROS 12:3 – Como pôde Moisés fazer essa declaração a respeito de si mesmo?

PROBLEMA: Números 12:3 diz: “Era o varão Moisés mui manso, mais do que todos os homens que havia sobre a terra”. A posição tradicional quanto ao Pentateuco é a de que foi Moisés o autor dos cinco livros. Mas como pôde ele fazer essa declaração sobre si mesmo? Ele não estaria cheio de orgulho?

SOLUÇÃO: Certamente ninguém afirmaria que Jesus estava sendo jactancioso ou orgulhoso quando disse: “sou manso e humilde de coração” (Mt 11:29). Jesus estava apenas declarando fatos. De igual modo, Moisés não estava se vangloriando ou se enchendo de orgulho pela sua mansidão. Não, ele estava simplesmente declarando um fato, porque isso era crucial para se Entender o significado dos evento que ele estava narrando.

            O capítulo 11 de números relata que depois que o Espírito do Senhor veio sobre Eldade e Medade, fazendo-os profetizar, Josué aproximou-se de Moisés e disse: “Moisés, meu senhor, proíbe-lho” (Nm 11:28). A resposta de Moisés é uma perfeita ilustração de sua mansidão: “Tens tu ciúmes por mim? Quem dera todo o povo do Senhor fosse profeta, que o Senhor lhes desse o seu Espírito!” (Nm 11:29). Moisés demonstrou ter o caráter de um homem manso, que não se irou porque Deus estava usando outros para profetizar; demonstrou ser humilde, não interessado em sua própria glória, mas somente na glória do Senhor.

Quando Moisés foi confrontado por Miriã e Arão (12:1), ele não respondeu em defesa própria. Esta é uma característica da mansidão. Por que Moisés não falou com eles? Por que não lhes falou com franqueza? Por que Deus teve de falar com Miriã e Arão, em favor de Moisés? A explicação encontra-se em Nm 12:3. Moisés não estava lá para glorificar-se a si mesmo. Se ele tivesse respondido em sua própria defesa, estaria justificando as queixas que eles tinham feito contra a sua pessoa. Mas Moisés não era o líder do povo por ter tido qualquer espécie de ambição, nem por ter confiado em si mesmo, nem por exercer uma obstinada busca de subir ao poder. Ele foi escolhido por Deus. Assim, a passagem em questão é uma declaração quanto ao caráter de Moisés, que está simplesmente atestando um fato. Não é uma afirmação cheia de orgulho.

Extraído do livro MANUAL POPULAR de Dúvidas, Enigmas e “Contradições” da Bíblia. Norman Geisler – Thomas Howe


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement