Esqueceu a senha?

EUA mata terrorista iraniano

por Artigo compilado - sex jan 03, 9:37 am

Com informações do site G1 em 03/01/2020

Líderes iranianos prometem vingança após morte de general da Guarda Revolucionária

Bombardeio americano matou Qassem Soleimani, chefe de uma unidade da Guarda Revolucionária iraniana, em Bagdá. Aiatolá Ali Khamenei e o presidente Hassan Rouhani falaram em retaliação.

O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, e o presidente iraniano Hassan Rouhani falaram em vingança nesta sexta-feira por causa da morte de Qassem Soleimani, chefe de uma unidade da Guarda Revolucionária iraniana. O general foi vítima de um ataque aéreo americano no Aeroporto Internacional de Bagdá, no Iraque, na quinta.

O Pentágono informou que o bombardeio tinha a missão de matar o general iraniano e foi uma ordem do presidente Donald Trump.

“O martírio é a recompensa por seu trabalho incansável durante todos estes anos (…) Se Deus quiser, sua obra e seu caminho não vão parar aqui e uma vingança implacável espera os criminosos que encheram as mãos com seu sangue e a de outros mártires”, afirmou o aiatolá Khamenei em sua conta no Twitter em farsi.

Em comunicado divulgado pela TV, Ali Khamenei declarou que “todos os inimigos devem saber que a jihad de resistência continuará com uma motivação dobrada, e uma vitória definitiva aguarda os combatentes na guerra santa”. O Irã geralmente se refere a países e forças regionais opostos a Israel e aos EUA como uma frente de “resistência”.


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário