Esqueceu a senha?

Execução de jornalista americano

por Artigo compilado - qua ago 20, 2:37 pm

terrorista miolo-foley-still-Reprodução-KTLA

O Estado Islâmico (EI) divulgou nesta terça-feira (19) um vídeo que mostraria a morte do jornalista americano James Foley, em represália pelos ataques aéreos dos Estados Unidos contra forças jihadistas no norte do Iraque. Foley trabalhava na cobertura da guerra civil na Síria quando despareceu perto da cidade de Taftanaz, no norte do país, em novembro de 2012. Um relatório de maio de 2013, da Columbia Journalism Review, apontava a possibilidade de que ele estivesse sendo mantido preso em Damasco.

No vídeo, intitulado “Uma mensagem para a #America (do #Estado Islâmico)”, publicado na Internet, o EI mostra um homem de capuz vestido de negro que parece cortar a garganta do jornalista.

“Este é James Wright Foley, um cidadão americano”, diz um homem que seria um militante do Estado Islâmico, falando em inglês com sotaque britânico. “O governo americano liderou as agressões contra o Estado Islâmico. Vocês conspiraram contra nós e ultrapassaram limites na interferência nos nossos assuntos. Agora, sua força aérea está nos atacando diariamente no Iraque, e seus ataques têm matado muçulmanos”.

O vídeo também mostra um homem ajoelhado, identificado como o jornalista americano Steven Sotloff. O grupo jihadista afirma que o futuro de Sotloff “depende da próxima decisão de Obama”. Sotloff desapareceu na Síria em agosto de 2013.

Uma publicação na página “Free James Foley” (“Libertem James Foley”) no Facebook, comentou as notícias desta terça feira. “Sabemos que muitos estão à espera de confirmações ou respostas. Por favor sejam pacientes e esperem até que tenhamos mais informações, e mantenham a família Foley em seus pensamentos e orações”.

Fonte: O Globo


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

Deixe seu comentário

Comentários fechados neste artigo.

Advertisement