Esqueceu a senha?

Exemplos de profecias não cumpridas no Mormonismo

por Pr. Natanael Rinaldi - sáb out 18, 6:46 pm

Mormon-before-PaintingE

  1. a) Envolvimento da Inglaterra na guerra civil americana:

“Na verdade, assim diz o Senhor concernente às guerras que logo virão, a começar pela rebelião de Carolina do Sul, que eventualmente terminará com a morte e sofrimento de muitas almas; e tempo virá em que as guerras se esparramarão sobre todas as nações a começar deste lugar. Pois eis que os Estados do Sul se dividirão contra os Estados do Norte, e aqueles pedirão auxílio a outras nações, mesmo a Grã- Bretanha, como é chamada, e pedirão auxílio de outras nações a fim de se defenderem contra outras nações, e então as guerras se esparramarão sobre todas as nações” (grifo nosso). (DOUTRINA E CONVÊNIOS, SEÇÃO 87.1-3, edição 1950, p.87, autor Joseph Smith, editora A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias).

Não houve interferência da Inglaterra (ou Grã Bretanha) na guerra civil americana, nem envolvimento de outras nações.

 

  1. b) A construção da cidade de Nova Jerusalém e o Templo pela geração de JSJ:

“Uma revelação de Jesus Cristo ao seu servo Joseph Smith Filho e seis élders, quando estes uniram seus corações e ergueram suas vozes ao alto. Sim, a Palavra do Senhor com respeito à sua Igreja, estabelecida nos últimos dias, como que pela boca de seu Profetas, para a restauração do seu povo e para o ajustamento dos seus Santos que permanecerão sobre o Monte Sião, o qual será a cidade Nova Jerusalém. A qual cidade será construída a começar pelo terreno do Templo, que foi designado pelo dedo do Senhor, nos limites ocidentais do estado de Missouri, e dedicado pela mão de Joseph Smith Filho e outros com quem o Senhor se comprazia. Na verdade esta é a Palavra do Senhor, que a cidade Nova Jerusalém seja construída pela congregação dos Santos, começando deste lugar, o lugar do Templo, o qual será erigido nesta geração. Pois na verdade esta geração toda não passará, sem que seja construída uma casa ao Senhor, e uma nuvem descansará sobre ela, a qual será a glória do Senhor que encherá a casa” (DOUTRINA E CONVÊNIOS, SEÇÃO 84.1-5, edição 1950 – pg. 157, autor Joseph Smith, editora A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias) (grifo nosso).

Essa profecia foi publicada no Diário de Discursos (Vol. 9 – pg. 71; Vol. 10 – pg. 344; Vol. 13 – pg. 362). Dada a certeza de que esta profecia haveria de cumprir-se durante a geração de 1832, cidades e templos não foram construídos naquela geração no estado de Missouri. Nada se cumpriu.

 

  1. c) Sião, no Missouri, não poderia cair, nem ser removida de seu lugar:

“E agora Sião prosperará se fizer estas coisas, e se esparramará e se tornará gloriosa, muito grande e muito terrível. E as nações do mundo honrá-lo-ão e dirão: Certamente Sião é a cidade do nosso Deus, e certamente Sião não poderá cair, nem ser removida do seu lugar, pois Deus ali está e a mão do Senhor ali está; E pela força do seu poder ele jurou que seria a salvação e sua torre alta. Portanto, na verdade, assim diz o Senhor, que Sião regozije, pois isto é Sião – O PURO DE CORAÇÃO” (Doutrina e Convênios Seção 97:18-21, edição de 1950).

Joseph Smith Jr. estava em Kirtland, Ohio, quando esta profecia foi feita, e não tinha conhecimento de que Sião havia sido removida duas semanas antes da assim chamada revelação.

 

  1. d) A data da segunda vinda de Jesus:

“O Presidente Smith então afirmou…. que era a vontade de Deus que os que foram a Sião resolvidos a dar suas vidas, se necessário, seriam ordenados ao ministério, e sairiam para podar a vinha pela última vez, pois a vinda do Senhor estava perto e que o cenário seria desfeito em 56 anos(History of Church Vol.02, edição 1978 – pg. 182) – grifo nosso.

Basta ao leitor somar 56 anos a 1835, data da revelação, e chegará ao ano de 1891, data final para a vinda de Cristo, o que não ocorreu.

 

  1. e) Os inimigos de Joseph Smith Jr. seriam destruídos ao procurar matá-lo.

“E assim profetizou José, dizendo: Eis que o Senhor abençoará este vidente; e aqueles que procurarem destruí-lo serão confundidos, porque a promessa que obtive do Senhor sobre o fruto de meus lombos, será cumprida. E eis que tenho a certeza de que esta promessa será cumprida. E seu nome será igual ao meu, e será também chamado pelo nome de seu pai. E ele será semelhante a mim porque aquilo que o Senhor fizer através de sua mão, pelo poder do Senhor, guiará meu povo à Salvação. Sim, assim profetizou José: Certo estou disto, como estou certo da promessa de Moisés: pois que o Senhor me disse: Preservarei tua descendência para sempre” (2Néfi 3.15-16; O Livro de Mórmon, edição 1981, pg. 7) – grifo nosso.

A profecia não se cumpriu. Joseph Smith foi morto à bala, na prisão de Carthage, Illinois, em 27 de junho de 1844.

 

1.2.5 A Morte do Profeta

Joseph Smith Jr. não morreu como mártir, como afirmam os mórmons. É dito que ele declarou alguns dias antes de sua morte: “Eu vou como o cordeiro para o matadouro” (D&C 135:4). Compare com Isaías 53:7. Mártires morrem sem resistência, como Estêvão em Atos 7:59-60. Joseph Smith Jr., porém, morreu num tiroteio, matando duas pessoas antes de morrer (D&C, Vol. VII, pp.100-103).

 

1.2.6 A Sucessão do Profeta

Brigham Young, que era o presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, foi escolhido como o sucessor de Joseph, e levou os mórmons para o oeste do Vale do Lago Salgado, em Utah (Salt Lake City). A sede da igreja dos mórmons continua sendo lá até hoje. Com a morte do profeta, houve muitas dúvidas sobre quem seria seu sucessor. Depois que Brigham Young assumiu a liderança, dezenas de facções menores começaram a existir. Muitas delas reuniram-se em 1860, para formar a Igreja Reorganizada de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, sob a liderança de Joseph Smith III, filho do fundador.

 

1.4 – A Organização da Igreja e Fatos Subsequentes

No dia 6 de abril de 1830, Joseph Smith e cinco outras pessoas reuniram-se para organizar a “Igreja de Cristo”, hoje conhecida como Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Sob a liderança de Joseph Smith, ela começou em Fayette, Nova York, moveu-se para Kirtland, Ohio, depois para lndependence, Missouri, e finalmente , para Nauvoo, Illinois.

Pelo ano de 1844, a cidade de Nauvoo era a maior do Estado de Illinois. Foi lá que Joseph Smith concorreu para a presidência dos Estados Unidos (ibidem, Vol. VI, pp. 268-270), quando alguns mórmons apóstatas levantaram a opinião pública contra ele, causando grandes tumultos. Por esta causa, Joseph foi preso, e depois liberto por mórmons na Câmara Municipal de Nauvoo. Mais tarde ele foi preso novamente, e desta vez por traição. Ele foi então levado à prisão em Carthage, Illinois (Ibidem, Vol. VI, pp. 453-474), onde no dia 27 de junho de 1844, uma multidão furiosa arrebentou as portas da prisão e matou o profeta com seu irmão Ilyrum (Ibidem, Vol. VI, pp. 612-622).


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Falsas profecias nunca seriam cumpridas,quem der a data da volta de Jesus é um falso profeta,pois Jesus não disse a data que voltaria,ele disse que apenas deus sabe,mais ninguém,as únicas coisas que ele disse foi dos sinais que viriam dos céus e da terra 

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement