Esqueceu a senha?

Fantasmas existem?

por Artigo compilado - seg nov 13, 11:29 am

Não, fantasmas não existem. Os mortos não podem voltar para nos assombrar. É pecado invocar ou tentar estabelecer contato com fantasmas.

Um fantasma é supostamente o espírito de um defunto, separado de seu corpo, que ainda tem contato com o mundo dos vivos. Mas a Bíblia diz que os mortos não têm contato com os vivos (Jó 7.9-10). Quem está morto não pode voltar.

A Bíblia ensina que depois da morte enfrentamos o juízo de Deus (Hebreus 9.27-28). Ou vamos para o Céu, ou vamos para o inferno. Não existe um “purgatório”.

Na história do rico e de Lázaro, o homem rico, que estava no inferno, pediu que Abraão mandasse Lázaro, que estava no Céu, a seus irmãos para os avisar a mudar de vida. Mas Abraão disse que enviar um morto de volta à terra não iria mudar a atitude de seus irmãos (Lucas 16.29-31). Fica claro que o rico não podia evitar ou sair do inferno. Por isso, não existem fantasmas ruins que voltam para nos assombrar. A parábola também revela que Deus não usa os mortos para nos ajudar. Fantasmas bons também não existem.

Fantasmas na Bíblia

Deus proibiu toda a prática que tenta estabelecer contato com os mortos.Isso inclui invocar fantasmas. Não devemos pôr nossa confiança nos mortos; eles não nos podem ajudar mais (Deuteronômio 18.10-12). Quando precisamos de ajuda, devemos nos virar para Deus.

O único relato de um fantasma na Bíblia foi quando o rei Saul consultou uma médium que invocou o falecido profeta Samuel. Saul estava desesperado, porque estava em pecado e Deus não lhe dava orientação. Mas quando o suposto espírito de Samuel apareceu, ele condenou Saul e anunciou que ele iria morrer. A Bíblia não diz se o fantasma era mesmo o profeta Samuel, mas esse caso revela que Deus não aprova consultar fantasmas. Saul morreu por causa de sua desobediência (1 Crônicas 10.13-14).

Outro caso em que os mortos apareceram aos vivos foi durante a transfiguração. Jesus tinha subido a um monte com três discípulos. Lá, ele foi transfigurado e seu rosto brilhou como o sol. Apareceram Moisés e Elias. Elias não havia morrido, pois foi transladado ao céu sem ver a morte. Já Moisés sim, tinha morrido século antes – e ambos conversaram com Jesus (Marcos 9.2-4). O texto mostra a imortalidade da alma, mas não a mediunidade com os mortos, já que tal prática não ocorreu, nem uma mensagem veio do mundo do além. Também observamos que não foram Moisés e Elias que vieram ao mundo físico, mas Jesus que se transfigurou-se, ou seja, Ele quem foi. Então, podemos concluir que eles não eram fantasmas e nem uma mediunidade ocorreu.

E os casos “reais” de contato com fantasmas?

Os fantasmas não existem, mas há várias situações que podem explicar esses relatos de “fantasmas”:

  • Invenção– existem muitas histórias inventadas só para assustar ou ganhar fama
  • Engano– às vezes interpretamos errado aquilo que vemos
  • Distúrbio mental– pessoas usando drogas ou com doenças mentais “veem” coisas que não existem
  • Demônios– os demônios são enganadores e podem fingir ser fantasmas; quem consulta os mortos ou se envolve em práticas ocultas corre o perigo de ser enganado por demônios

—————

Adaptado do site respostas.com.br/ em 13/11/2017


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

12 Comentários

Comentários 1 - 12 de 12Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. os espíritos imundos (demônios) ao que parece gostam passar por lugares áridos, ruínas, casas abandonadas e similares (“…PASSA POR LUGARES ÁRIDOS PROCURANDO DESCANSO…” Mt.12:43) Pois eles tem MEDO DO JUIZO FINAL Mt.8:29 Tg 2:19b se passam por “fantasmas” e engana a muitos.

  2. Então quem apareceu conversando com Jesus? Não era o defunto de Moisés? Ou será que era um demônio?

    1. leia o artigo novamente o artigo, está falando sobre isso, vc não lê direito e vem comentando bobagem.

  3. “Também observamos que não foram Moisés e Elias que vieram ao mundo físico”

    Pedro, que viu Moises e Elias, foi com Jesus tb?

    “os mentirosos não herdarão o reino dos ceus”, diz o apocalipse.Alerta aos boca suja pseudo apologetas aqui

    1. você pode espernear quanto quiser … mas entenda que “fantasmas” “Isso non eczisteeeeee!!! …
      e saiba você que Jesus nunca aceitou ser chamado de “fantasma”

      ” – Gritaram é um fantasma ! … “[Jesus] Coragem! Sou eu. Não tenham medo ! ” Mateus 14:27

    2. e se existe algum “boca sujo e pseudo” esse alguém é o sr. vulgo “conhecer” … que não conhece nada .. um pobre borboleta “inguinorante” (kkkkk);

    3. “Pedro, que viu Moises e Elias, foi com Jesus tb”

      ?

      a pergunta permanece, o senhor não a respondeu, vomitou apenas

    4. “e saiba você que Jesus nunca aceitou ser chamado de “fantasma”
      .Verdade.Fantasma é a denominação grosseira dada pelo senso comum, do qual o sr é adepto, para as aparições espirituais.Esse tercho que o sr usa da Bíblia nem serve como exemplo visto que aí é jesus em carne e osso

    5. Fantasmas … isso non ecziste ! és una tapeaçòn !

      http://www.cacp.org.br/na-transfiguracao-elias-e-moises-falaram-realmente-com-jesus-2/

  4. Muitos casos de Fantasmas são de pura Imaginação ou alucinação.

  5. Ainda podem ocorre sonhos que se pensam se reais em que o humano pensa que esta acordado mais Não esta,sonha com um Fantasma e assim pensa que foi real.

  6. seu problema vulgo sr “conhecedor” é que não lê o artigo com honestidade mas fica arrotando comentários “inguinorantes”, ao invés do sr. deixar de ser um anarquista virtual mas fosse um pesquisador e não um pseudo e suposto “conhecedor” não estava com tantas dúvidas assim.

Comentários 1 - 12 de 12Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement