Esqueceu a senha?

Feliciano recomenda juízo a Maria do Rosário

por Artigo compilado - qua jun 19, 12:26 pm

Com um discurso inflamado, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, Marco Feliciano (PSC-SP), ameaçou nesta quarta-feira (19) uma rebelião da bancada evangélica caso o governo interfira na votação do projeto conhecido como “cura gay”.

Ao negar que a votação da proposta tenha sido uma provocação às manifestações que tomam as ruas de vários Estados, o deputado disparou ataques a ministra Maria do Rosário (Direitos Humanos ) que prometeu mobilizar o governo para evitar que a proposta avance na Casa.

Feliciano recomendou “juízo para a dona ministra”, disse que ela “mexe onde não devia” e recomendou que ela procure a presidente Dilma Rousseff porque “o próximo ano” tem eleições.

O projeto permite a psicólogos oferecer tratamento para a homossexualidade –a chamada “cura gay”, segundo os críticos da ideia, e terá que passar por outras duas comissões da Casa. Feliciano nega que a proposta tenha essa linha.

“O governo sempre tenta barrar [projetos ]. Isso acontece com todos os projetos, não é somente com esse. É o jogo político”, disse. “Queria aproveitar e mandar um recado: dona ministra Maria do Rosário dizer que o governo vai interferir no Legislativo é muito perigoso. É perigoso dona ministra principalmente porque ela mexe com a bancada inteira”, afirmou.

Extraído do site da Folha em 19/06/2013


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

1 Comentário

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. E da- lhe Feliciano pra cima deles!

Comentários 1 - 1 de 1Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement