Esqueceu a senha?

França não descarta terrorismo em queda de avião

por Artigo compilado - qua mar 25, 3:35 pm

França não descarta terrorismo como causa na queda de avião

Havia alemães, espanhóis e turcos a bordo; 150 pessoas morreram. Airbus da Germanwings ia da Espanha para a Alemanha e caiu nos Alpes

As autoridades da França começam a investigar as causas que levaram à queda do voo 4U9525, que ia de Barcelona (Espanha) a Düsseldorf (Alemanha) com 150 pessoas a bordo, nos alpes franceses nesta terça (24). O governo francês não descarta nenhuma hipótese, incluindo até mesmo o terrorismo, informou à Agência Efe o porta-voz do Ministério do Interior, Pierre-Henry Brandet.

‘Vamos averiguar todas as pistas, incluindo o terrorismo, embora essa última hipótese não seja nossa prioridade’, disse o porta-voz, explicando que, segundo os primeiros indícios, o avião realizou uma ‘trajetória anormal’ antes de cair.

 Veja o que já se sabe e o que ainda precisa se esclarecido: 

A que horas exatamente o avião partiu e quando a queda ocorreu?

A aeronave começou o procedimento de decolagem às 9h55 (horário local de Barcelona) na pista do aeroporto El Prat e 35 minutos depois, aproximadamente, começou a perder altura.

Onde ocorreu a queda?

Nos alpes franceses, próxima a Digne-les-Bains, na região de Alpes-de-Haute-Provence. Os destroços estão a 2.000 metros de altitude, em um local de difícil acesso. Clique para ver ampliada a foto do local do acidente feita por um jornal.

Há sobreviventes?

O governo francês diz que, pela força do impacto e pela cena encontrada no local do acidente, há poucas esperanças de localizar sobreviventes.

Quais eram as nacionalidades dos passageiros do voo?

Ainda não foi divulgada uma lista de passageiros, mas segundo as informações da companhia Germanwings, havia 67 alemães, 45 espanhóis e um número não confirmado de turcos entre as 150 vítimas do acidente. Não haveria franceses.

Eram 144 passageiros, dois pilotos e quatro tripulantes.

Pode haver brasileiros entre as vítimas?

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores do Brasil, até o momento não há informações da presença de nenhum brasileiro no avião. O Itamaraty diz que o consulado brasileiro em Barcelona está checando a lista de passageiros com as autoridades europeias.

O gerente de exportação Rafael Rebello, que mora em Barcelona, conta que desistiu na última hora de comprar passagem para o voo 4U9525. O brasileiro diz que o preço da companhia levou a “mudar a data e ir por outra companhia”.

A caixa-preta do avião já foi encontrada?

Sim. O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, fez o anúncio: “A caixa-preta estará sujeita a uso imediato nas próximas horas para permitir que a investigação avance rapidamente”, disse. “Foram tomadas medidas para garantir a segurança na zona de queda para a investigação ser realizada nas melhores condições.”

O avião se chocou nos alpes? Qual foi a razão da queda?

Ainda não se sabe os detalhes sobre os motivos da queda. Investigações ainda precisam apontar quais eram precisamente as condições da aeronave.

Já foi informado, no entanto, que a queda do avião durou 8 minutos. A aeronave perdeu contato com o tráfego aéreo francês quando estava a 6 mil pés de altura.

Já foi feito o resgate dos corpos dos passageiros?

Não. O tenente-coronel Jean-Paul Bloy, que participa das buscas, disse ao site “Haute-Provence” que os detritos estão espalhados por uma área de cerca de um hectare, de difícil acesso. A área é muito íngreme. Há uma dúzia de detritos grandes, o resto é muito fragmentado”, acrescentou. Ele disse que “pode levar vários dias para retirar os corpos da zona de queda.”

Como é a Germanwings, a empresa que fez o voo?

É uma filial de baixo custo do grupo aéreo alemão Lufthansa, que está prestes a transferir para ela a maioria de seus voos dentro da Alemanha e da Europa. Foi criada pela empresa Eurowings em 2002, foi comprada em 1º de janeiro de 2009 pela Lufthansa, que detém 100% de seus ativos. A ideia é ser mais competitivo no mercado de passagens de menor preço.

A Germanwings nunca tinha tido “perda total de uma aeronave”, de acordo com um porta-voz da empresa.

Mas a Lufthansa enfrenta problemas atualmente?

A queda ocorre em meio à retomada da temporada de greve dos pilotos da empresa, que negocia há um ano o convênio coletivo com os pilotos sem ter chegado ainda a um acordo sobre o sistema de aposentadorias antecipadas, que até agora era totalmente pago pela empresa aos membros do coletivo. A Lufthansa não quer permanecer com o total dos custos.

Qual era o modelo do avião que caiu?

Um Airbus A320. Até fevereiro de 2015, a empresa alemã Airbus já havia recebido mais de 7.597 pedidos de aeronaves da família A320, tendo entregue 3.889 deles. Atualmente, estão em operação 3.660 unidades, diz a construtora.

Foi um acidente ou pode ter sido um atentado terrorista?

A porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca, Bernadette Meehan, em comunicado, disse não haver “indícios de relação com o terrorismo neste momento”.

Vejo muitos casos de acidentes áereos no noticiário. Está mais perigoso viajar de avião?
Na verdade não. O que acontece é que há mais pessoas viajando de avião e, assim, mais acidentes tendem a acontecer. O ano passado teve um número recorde de passageiros – 3,3 bilhões de pessoas em 27 milhões de voos, segundo um relatório da Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA).

Ocorreram 21 acidentes fatais no ano passado, mas este número é o mais baixo da história em termos de perdas de aeronaves e número total de voos. Equivale a dizer que houve um acidente para 4,4 milhões de voos em 2014.

Fonte: EFE e G1


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

3 Comentários

Comentários 1 - 3 de 3Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. se se foi mesmo um ataque terrorista, a OTAN com certeza vai fazer ataque nuclear em cima dos cabeças quentes do islã do E.I. – uma guerra sem escalas. 

  2. ÚLTIMA FORMA !  
    DIZ QUE AGORA FOI OBRA DO CO-PILOTO DESPENCAR O AVIÃO ! 
    VAMOS AGUARDAR AS NOTICIAS … 

  3. A afirmação da Procuradoria de Marselha de que Lubitz derrubou, de maneira “DELIBERADA” o avião, dizem que por motivo fútil. 

Comentários 1 - 3 de 3Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement