Esqueceu a senha?

Frei Betto: “Lula ainda é o Messias do Brasil”

por Artigo compilado - ter dez 08, 3:31 pm

O conhecido escritor Frei Betto é famoso por suas posições em favor do comunismo desde a década de 1960. Nascido Carlos Alberto Libânio Christo, é um dos membros mais notáveis da Juventude de Esquerda Católica.

Ele vai constantemente a Cuba e já defendeu Fidel Castro em livros e artigos. O mais famoso, “Fidel e a religião” vendeu mais de 3 milhões de exemplares em todo o mundo. Convenientemente, jamais falou sobre a perseguição religiosa na ilha governada pelos irmãos Castro.

Ex-padre dominicano, Betto deu uma entrevista ao site Brasil 247, que defende com unhas e dentes o atual governo petista, onde fez comparações que chocam qualquer cristão. Ignorando os anos de história que mostram que um dos pilares do comunismo é o ateísmo, o Frei tentou comparar a situação atual do Brasil com a última ceia de Jesus com seus apóstolos.

Lula ainda é o Messias que, na esperança de muitos, poderia salvar o Brasil do retrocesso, e promover a partilha do pão e do vinho, da comida e da bebida”, defende o Frei. “Dilma, a discípula que deveria dar ouvidos ao Mestre. Temer, o apóstolo que aguarda pacientemente a oportunidade de ocupar o lugar do Mestre. Renan, o discípulo que ora fica ao lado do Mestre, ora de Caifás. E Cunha, o Judas, que se vendeu por 30 dinheiros…”, resume.

Em seu devaneio teológico, influenciado por anos de militância na chamada teologia da libertação, ele ainda insiste que tanto o Papa Francisco quanto Jesus “são de esquerda”.

Sobre o Salvador, ele justifica “morreu como prisioneiro político: preso, torturado, julgado por dois poderes políticos e condenado à pena de morte dos romanos, a cruz”. Uma leitura que ignora tanto as profecias messiânicas do Antigo Testamento quanto a divindade de Cristo!

Frei Betto já participou diretamente do governo petista (entre 2003 e 2004). Suas críticas aos companheiros são tímidas e jamais abordam a questão da corrupção em que o partido se envolveu nesses 13 anos ocupando a presidência do país.

Pelo contrário, o padre comunista insiste que a riqueza de Lula foi ganha “honestamente”. “Isso não é ilegal nem é pecado. Os acusadores que apresentem o ônus das provas”, desafia.

Por outro lado, ataca a atuação de políticos evangélicos no país. “Qualquer participação é legítima, desde que não queira impor ao conjunto da sociedade valores e preceitos que são próprios de um determinado segmento religioso. Isso é fundamentalismo”, condena.

Extraído do site gospelprime.com.br em 08/12/2015


Cada autor é responsável pelo conteúdo do artigo.

7 Comentários

Comentários 1 - 7 de 7Primeira« AnteriorPróxima »Última
  1. Realmente, “tudo a ver” comunismo com amor ao próximo, orar pelos inimigos e oferecer a outra face. Isso que me intriga: os caras estudam teologia e não discernem nem o basicão. É o que mais se vê por aí.

    1. o problema que o seu “basicão” não contempla exortação ou admoestação, nunca leu estas palavras na Bíblia? cristandade/teologia não significa tolerar impiedades e iniquidades. 
      a sua ambiguidade é deveras fascinante : ou você é muito simplório ou um fingido mal intencionado. 

    2. Pelo que eu li o visitante vai á favor do texto e contra o comunismo do padre e lula JCP.., os caras estudam teo.., basicao…, tá falando do padre ou NÂO!!!? 

    3. pode ser que esteja falando sobre o padreco comunista, mas deixou ambiguidade, as pessoas tem que aprender a ser claras e especificas, senão, não se comunica direito. o falecido apresentador chacrinha dizia: ” – quem não se comunica se estrumbica”. 

  2. Isso me faz lembrar do tempo da inquisição:

  3. olha não sei como esse Lula ainda consegue tanto puxasaquismo.Um cidadão que era metalurgico e hoje tem essa fortuna.Cadeia nele

  4. É brincadeira um negocio desse. Esse Frei tá fora da realidade. Com certeza deve fazer parte do esquema da PT.

Comentários 1 - 7 de 7Primeira« AnteriorPróxima »Última

Deixe seu comentário

Advertisement